Janaína Paschoal, que “ganhou” em último lugar concurso da USP, disse que não irá recorrer da decisão

JANAÍNA PASCHOAL PEGA O ÚLTIMO LUGAR EM CONCURSO PARA PROFESSOR TITULAR DA USP
Mônica Bergamo em 15/9/2017

A advogada Janaína Paschoal foi a última colocada em um concurso que escolheu os dois novos professores titulares de Direito Penal da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo.

Uma das vagas que ela disputava era a de Miguel Reale Júnior, que se aposentou. Janaína assinou junto com ele o pedido de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff. A outra era a de Vicente Greco Filho, que também se aposentou.

Janaína concorreu com Alamiro Velludo e Ana Elisa Liberatore, que ficaram com as vagas, e Mariângela Magalhães Gama.

Janaína, que defendia a tese “Direito Penal e Religião: As várias interfaces de dois temas que aparentam ser estanques”, teve notas entre 6,4 e 7,2. Alamiro, o primeiro colocado, teve notas entre 9,3 e 9,6.

Ela segue como professora-adjunta da universidade.

***

Em sua conta do Twitter, Janaína disse que não recorrerá da decisão: “Como disse, durante o concurso, apesar da reprovação, não vou recorrer. A banca estabelece seus critérios e é soberana”.

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: