Ato no Santander Cultural contra a censura termina com bombas e militantes do MBL escondidos atrás da polícia

Brigada Militar diz que agiu para evitar confronto entre “grupo A” e “grupo B”. Foto: Guilherme Santos / Sul21.

Via Sul21 em 12/9/2017

O ato organizado pela comunidade cultural porto-alegrense contra a suspensão da exposição Queermuseu – Cartografias da Diferença na Arte Brasileira, pelo Santander Cultural, após uma campanha capitaneada pelo Movimento Brasil Livre (MBL), chegou ao fim, no início da noite de terça-feira, dia 12/9, em meio a bombas de gás lançadas por um pelotão do choque da Brigada Militar. A manifestação, que iniciou às 15h30, transcorreu pacificamente. A intervenção da Brigada ocorreu no início da noite, quando integrantes do MBL voltaram até o local e, segundo relatos de manifestantes, começaram a fazer provocações.

Segundo o tenente-coronel Eduardo Amorim, comandante do 9° Batalhão da Polícia Militar, havia dois grupos na praça Alfândega, que ele denominou de “grupo A” e “grupo B”, quando ocorreu uma briga entre os dois. “O grupo A tinha menos pessoas que o grupo B. O pessoal (da Brigada) já sabia quem eram essas pessoas do grupo A, separou e afastou elas. No momento em que afastou, o grupo B veio pra cima da Brigada. Em um determinado momento, jogaram algo no Batalhão de Choque. Para evitar o uso de um bastão ou algo neste sentido, utilizaram um instrumento de menor potencial ofensivo que é a granada para dispersar as pessoas e evitar um confronto”. O “grupo A”, referido pelo tenente-coronel, era formado pelos integrantes do MBL.

Duas pessoas foram detidas pela Brigada e autuadas por resistência e desobediência. Foto: Guilherme Santos / Sul21.

Ainda segundo Amorim, neste processo, duas pessoas foram detidas. “Algumas pessoas começaram a jogar pedras nos brigadianos que conseguiram identificar duas delas, abordar e tirar. Foi feito um termo circunstanciado por resistência e desobediência e depois elas foram liberadas”.

A reportagem do Sul21 registrou o momento em que dois manifestantes foram detidos pela Brigada. O segundo detido estava registrando, com uma câmera, a detenção da primeira pessoa pelo choque da Brigada e questionou quais eram os motivos da mesma. O vídeo também registra o momento em que um brigadiano lança spray de pimenta contra um grupo de jornalistas que tentou se aproximar do local onde ocorreram as detenções.

***

SANTANDER FECHA EXPOSIÇÃO DE ARTE APÓS PRESSÃO E HOSTILIDADES DO MBL
Milton Ribeiro, via Sul21 em 10/9/2017

O MBL conseguiu fechar a exposição Queermuseu – Cartografias da Diferença na Arte Brasileira, de arte contemporânea, apresentada pelo Santander Cultural em Porto Alegre. Sabe-se que o MBL está fazendo vários ataques à arte e à cultura em diversas cidades do país. Tomando por realidade o que é simbólico, acusaram as pinturas da exposição de promoverem a pedofilia e de atacarem o catolicismo. Então, em reaçāo, passaram a frequentar a exposição Queermuseum, hostilizando os visitantes que apenas desejam ver e refletir sobre os objetos e pinturas expostos. Desta forma exerciam censura à exposição e aos visitantes. A direção do Santander curvou-se às pressões e acaba de suspender a mostra. Vence assim a ignorância daqueles não conseguem discernir arte de crença, sarcasmo de realidade. Abaixo, a triste nota da instituição.

Obra de Rogério Nazari.

NOTA DO SANTANDER CULTURAL SOBRE A EXPOSIÇÃO QUEERMUSEU

Nos últimos dias, recebemos diversas manifestações críticas sobre a exposição Queermuseu – Cartografias da Diferença na Arte Brasileira, inaugurada em agosto no Santander Cultural. Pedimos sinceras desculpas a todos os que se sentiram ofendidos por alguma obra que fazia parte da mostra.

O objetivo do Santander Cultural é incentivar as artes e promover o debate sobre as grandes questões do mundo contemporâneo, e não gerar qualquer tipo de desrespeito e discórdia. Nosso papel, como um espaço cultural, é dar luz ao trabalho de curadores e artistas brasileiros para gerar reflexão. Sempre fazemos isso sem interferir no conteúdo para preservar a independência dos autores, e essa tem sido a maneira mais eficaz de levar ao público um trabalho inovador e de qualidade.

Desta vez, no entanto, ouvimos as manifestações e entendemos que algumas das obras da exposição Queermuseu desrespeitavam símbolos, crenças e pessoas, o que não está em linha com a nossa visão de mundo. Quando a arte não é capaz de gerar inclusão e reflexão positiva, perde seu propósito maior, que é elevar a condição humana.

O Santander Cultural não chancela um tipo de arte, mas sim a arte na sua pluralidade, alicerçada no profundo respeito que temos por cada indivíduo. Por essa razão, decidimos encerrar a mostra neste domingo, 10/9. Garantimos, no entanto, que seguimos comprometidos com a promoção do debate sobre diversidade e outros grandes temas contemporâneos

2 Respostas to “Ato no Santander Cultural contra a censura termina com bombas e militantes do MBL escondidos atrás da polícia”

  1. heloizahelenapiasblog Says:

    achei este ato, horrendo e sem escrúpulos, cada um deve ficar em s quadrado, cada um c ss pensamentos, nada mjustifica a violenciaz impetrada pelos jovéns, foi rui d+
    ________________________________

  2. Geraldo Lobo Says:

    UNS TALVEZ DISSESSEM QUE DEVERIA SER POR SANTIMÔNIA ESSA JOGADA DO MBL PRA SER VISTO NA IMPRENSA, MAS NÃO; INSISTO: É UMA MANOBRA TESTE PILOTO DE SUAS COMPETÊNCIAS NAZISTAS PELO CLARO É ÓBVIO DE SUA AÇÃO, SUBSIDIADA PELA BRIGADA DA PM LOCAL, QUE DE ANTEMÃO SE SABE E SE CONCEBE NAZI-FASCISTA POR DEFINIÇÃO! É PRA TESTAR DE QUE LADO ESTARÃO QUANDO A CAUSA DO LULA SUBIR EM JULGAMENTO FINAL, E MOSTRAR AO POVO QUÃO FORTES SE APRESENTAM. CUIDEM-SE VS AÍ DO SUL. PRECATEM-SE E PREPAREM-SE PARA AS PRÓXIMAS TENTATIVAS DE ACIRRAREM-SE ÂNIMOS.

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: