Delação: Maggi negociou vaga no TCE de Mato Grosso por R$4 milhões

Conselho recebeu dinheiro, mas vendeu a vaga, diz delator.

Renan Melo Xavier, via Poder360 em 25/8/2017

O ministro da Agricultura, Blairo Maggi (PP), teria negociado por R$4 milhões uma vaga de conselheiro no TCE (Tribunal de Contas do Estado) quando governou Mato Grosso. A informação é do também ex-governador Silval Barbosa, em delação homologada pelo STF (Supremo Tribunal Federal).

O delator afirmou que Maggi negociou, em 2009, para o então conselheiro Alencar Soares permanecer no Tribunal. A ideia, disse Silval, era segurar a vaga até a indicação de um nome de confiança de Maggi.

Soares estaria pensando em se aposentar à época. Mas ficou no cargo até 2012.

Segundo Silval, o conselheiro já havia vendido a vaga para Sérgio Ricardo, que hoje ocupa uma vaga no TCE, por R$8,5 milhões, sendo que R$2,5 milhões haviam sido adiantados. Ainda assim, Soares teria acertado o pagamento de R$4 milhões para ficar no tribunal.

De acordo com o Silval Barbosa, Maggi teria ordenado ao então secretário de Fazenda do Mato Grosso, Eder Moraes, que providenciasse o pagamento. Moraes teria procurado o empresário Júnior Mendonça.

Maggi descobriu em 2012 que Alencar Soares e Sérgio Ricardo voltaram a negociar a vaga, conforme o delator. Desta vez, por um valor “entre R$10 milhões e R$12 milhões”, disse.

[…]

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: