Fernando Horta: Os paneleiros e o rombo de R$170 bilhões nas contas pública de 2016

Fernando Horta em 11/8/2017

Dilma anunciou um déficit no orçamento de R$96 bilhões em 2015, já com uma série de medidas para conter o problema.

Panelas foram às ruas, gente que nunca estudou economia falava que “o país é como uma casa, tem que viver com seu orçamento”.

Penalizaram os mais pobres, os programas sociais, a educação e tudo mais.

Temer assumiu prometendo austeridade. Cortou nos mais pobres, cortou benefícios sociais e deu tudo isto para latifundiários, para parlamentares e anistiou dívidas.

Em 2016, Temer anunciou um rombo de R$170 bilhões (44% a mais que Dilma).
Governo anuncia rombo de R$170 bilhões nas contas públicas em 2016

Em 2017 e 2018, o governo anuncia rombo de NOVOS R$159 bilhões.
Planejamento propõe déficit de R$159 bilhões para 2017 e 2018

E tem degenerado político que fala que o governo “está recuperando o país”…

Edit 1: O PIB em 2015 foi de 5,9 trilhões de reais. Calculem o quanto significava o déficit.

Edit 2: Como lembrou o Cláudio Louro II, o percentual correto do aumento do rombo de Temer em relação à Dilma é de 77% e não 44% como está no original.

Leia também:
Rombo de R$159 bilhões: Para Dilma, o que era mentira, virou escândalo

Uma resposta to “Fernando Horta: Os paneleiros e o rombo de R$170 bilhões nas contas pública de 2016”

  1. Marco Sousa Says:

    E ai, COXADA, já deu para sentir o ROMBO, ou melhor, o FUMO???

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: