Temer gasta R$100 milhões em campanha pela reforma da Previdência

Campanha do governo Temer sobre a reforma da Previdência.

Via Portal UOL em 11/7/2017

Pressionado pela baixa popularidade, o presidente Michel Temer (PMDB) já gastou, em 2017, R$100 milhões com uma campanha publicitária para defender a necessidade da reforma da Previdência, uma das principais bandeiras do governo.

Os gastos são quase dez vezes maiores do que o orçamento previsto para essa campanha. Os dados estão disponíveis no portal da LAI (Lei de Acesso à Informação) do Ministério da Transparência, Fiscalização e Controle.

A reforma da Previdência, que ainda tramita no Congresso Nacional, é defendida pelo governo Temer como essencial para diminuir parte do rombo nas contas públicas. A equipe econômica do governo estimou o deficit previdenciário em R$149 bilhões, o maior desde 1995.

Por conta da polêmica envolvendo as mudanças propostas pelo governo, como o estabelecimento de uma idade mínima para aposentadoria, o Planalto dedicou boa parte do orçamento destinado a ações de utilidade pública para a campanha sobre a reforma da Previdência.

O dinheiro gasto entre janeiro e junho de 2017 com a publicidade sobre a reforma é o equivalente a 55% de todo o orçamento para campanhas publicitárias do governo neste ano. O orçamento previsto pela Secom (Secretaria de Comunicação da Presidência da República) para 2017 era de R$180 milhões. É também maior que os gastos do governo com programas sociais como os que preveem a defesa dos direitos das mulheres.

Inicialmente, a campanha estava prevista para custar R$13 milhões. Esse dado foi disponibilizado pelo governo em atendimento a um pedido de acesso à informação via LAI. Dados atualizados mostram, contudo, que apenas entre janeiro e junho de 2017, foram gastos R$100,06 milhões.

Os meios que mais receberam recursos foram: TV (R$57,4 milhões), rádio (R$19,3 milhões), mídia exterior (R$10,7 milhões), internet (R$4,9 milhões), jornal (R$4,5 milhões) e revista (R$3,08 milhões). Os dados disponibilizados pelo governo não permitem, porém, verificar quais foram os principais veículos beneficiários das verbas.

O valor gasto com a propaganda da reforma da Previdência é quase cinco vezes maior que o custo da campanha veiculada em 2016 durante o processo que terminou na aprovação da PEC (Proposta de Emenda Constitucional) do teto dos gastos públicos, outra medida polêmica defendida pelo governo. Naquela ocasião, o governo gastou R$17 milhões em publicidade sobre o tema. Esse dado foi fornecido pelo governo em resposta a um pedido de acesso a informação via LAI.

Em comparação, essa publicidade também é superior a gastos em programas sociais como os relacionados à defesa dos direitos da mulher, por exemplo. De acordo com dados do Siafi (Sistema Integrado de Administração Financeira), os sete programas governamentais destinados a isso consumiram R$28 milhões entre janeiro e junho de 2017.

[…]

Uma resposta to “Temer gasta R$100 milhões em campanha pela reforma da Previdência”

  1. magda f santos (@magdafsantos) Says:

    SE ESSE INCOMPETENTE GOLPISTA ENTREGASSE O CARGO E PARASSE DE GASTAR PARA SE MANTER NO PODER DAVA PARA PAGAR ESTE “CRIADO ´DEFICIT DA PREVIDENCIA” E SOBRAVA PARA DAR DINHEIRO PARA A EDUCAÇAO E A SAUDE!!

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: