Em 2016, revista Veja dobrou seu faturamento com publicidade do governo Temer

MÍDIA TRADICIONAL ENCOLHE NA PUBLICIDADE ESTATAL, MAS VEJA DOBRA EM 2016
Via Poder360 em 5/7/2017

Em 2016, com apenas duas exceções, os veículos da mídia tradicional – TV, jornal, revista ou internet – receberam menos dinheiro da publicidade federal do que em 2015. Os únicos dois veículos que ganharam verba comparativamente foram as revistas Veja e Época.

A Época teve 1 crescimento de 17,8%. Ganhou R$3,4 milhões em 2015 e R$4 milhões no ano passado. Mas o grande destaque foi o salto da revista Veja, que mais do que dobrou o faturamento com propaganda estatal em 1 ano. Passou de R$5,1 milhões no último ano completo de governo Dilma para R$11,2 milhões em 2016.

O avanço foi registrado um ano depois de o governo petista cortar 78% da verba da revista. Em 2014, Veja havia recebido R$23 milhões do governo federal. Nos quatro primeiros meses de 2016 (1/3 do ano), enquanto Dilma ainda ocupava a cadeira de presidente, a revista recebeu R$1 milhão em dinheiro da propaganda federal. Nos 8 meses restantes, ganhou R$10 milhões.

Os dados completos da administração federal são inéditos. Foram obtidos pelo Poder360 por meio da Lei de Acesso à Informação. As informações sobre propaganda da União eram coletadas e organizadas pelo IAP (Instituto de Acompanhamento da Publicidade). O órgão paraestatal teve seu financiamento interrompido em março de 2017.

[…]

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: