Compra de votos: Temer libera mais de R$1,3 bilhão a deputados às vésperas de votação de sua denúncia

PLANALTO ACELERA REPASSES A DEPUTADOS
Governo manda ministros apressarem liberação de emendas parlamentares; decreto prorroga prazo para pagamento de despesas empenhadas
Via Estadão on-line em 1º/7/2017

O Palácio do Planalto determinou aos ministros que apressem a liberação de emendas parlamentares da base aliada e ainda prorrogou o prazo para pagamento de despesas empenhadas e não executadas de anos anteriores. A quitação se esgotava na sexta-feira, dia 30/6, e foi estendida até 30 de novembro. A medida foi publicada em uma edição extraordinária do Diário Oficial da União um dia depois da leitura na Câmara da denúncia contra o presidente Michel Temer por corrupção passiva.

O Estado apurou que o Planalto pediu celeridade no repasse de cerca de R$1 bilhão em emendas, que já pode ser distribuído a deputados e senadores. A decisão pode beneficiar mais de 300 parlamentares com recursos destinados a obras e projetos em suas bases eleitorais. Congressistas considerados “traidores”, que votaram contra o governo em projetos estratégicos para Temer, e da oposição podem ficar com suas emendas “na gaveta”.

[…]

Uma resposta to “Compra de votos: Temer libera mais de R$1,3 bilhão a deputados às vésperas de votação de sua denúncia”

  1. Geraldo Lobo Says:

    POR AÍ SE NOTA E VÊ CLARAMENTE O QUANTO ESSE CARA É DEPENDENTE PSICOLÓGICO DE DUAS OU TRÊS CENTENAS DE POLITICASTROS.

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: