Ausência do Brasil na reunião do G20 mostra o isolamento de Temer após vexames

Temer, sem prestígio e com a imagem arranhada no exterior, não fará falta no G20.

O próprio Itamaraty teria recomendado ao presidente de facto, Michel Temer, que evitasse sair do país para o encontro do G20.

Via Correio do Brasil em 2/7/2017

A série de vexames a que o Brasil foi submetido na viagem do presidente de facto, Michel Temer, a Moscou e Oslo, no mês passado, pesou na decisão de deixar uma lacuna aberta na reunião das 20 mais relevantes economias do mundo em Hamburgo, na Alemanha. O encontro ocorrerá na semana que vem.

Diplomatas do Itamaraty, ouvidos em condição de anonimato pela reportagem do Correio do Brasil, no domingo, dia 2/7, disseram que houve uma recomendação informal do Itamaraty para que o peemedebista, investigado em uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) por corrupção passiva e formação de quadrilha, entre outros crimes, se mantivesse longe do cenário internacional. O ambiente externo segue tóxico para o representante brasileiro.

Consultas rápidas aos demais países presentes ao encontro deixaram subentendido que a presença de Temer não era bem vista. Os líderes mundiais ficariam em posição delicada na hora da foto.

“Nenhum dos líderes do G20 sentiria-se confortável ao lado de Temer. Sua imagem saiu muito arranhada dos recentes encontros na Rússia e na Noruega”, disse o diplomata, ao CdB. Sem credibilidade junto aos brasileiros, “a presença de Temer torna-se irrelevante na tomada de decisões do grupo”, acrescentou.

Protestos no G20
A reunião do G20, sem o Brasil, será cercada de segurança. Observando os protestos antiglobalização que estão sendo organizados em Hamburgo antes da reunião do G20 nesta semana, a chanceler alemã, Ângela Merkel, disse neste domingo que os líderes terão que focar em desenvolvimento econômico inclusivo e sustentável em vez de sua própria prosperidade. Merkel evitou tocar na ausência de Temer.

Em seu podcast semanal, a chanceler alemã disse que a conferência do G20 vai mergulhar em questões caras aos manifestantes, como distribuição de riquezas e o consumo de recursos. Ao mesmo tempo que discorrerá sobre questões correlatas como mudanças climáticas. O livre mercado, proteção ao consumidor e garantia aos padrões sociais também estão em pauta.

“Não é apenas sobre crescimento [econômico] mas, em vez disso, sobre crescimento sustentável. Nós teremos que apresentar uma situação vantajosa para todos. Os assuntos obviamente giram em torno da questão: como nós atingimos o desenvolvimento inclusivo ou sustentável?”, questionou.

Manifestantes
Merkel, que visa um quarto mandato na eleição de 24 de setembro, destacou questões como: “O que estamos fazendo com nossos recursos? Quais são as regras para a distribuição de riqueza? Quantas pessoas estão participando? E quantos países são capazes de lucrar com isso?”

Dezenas de milhares de manifestantes protestaram contra a reunião debaixo de chuva em Hamburgo no domingo, dia 2/7, em uma prévia do encontro de 7 e 8 de julho, onde 21 mil policiais de toda a Alemanha protegerão a reunião das 20 maiores economias do mundo.

As autoridades alemãs estão se preparando para problemas em Hamburgo, temendo que os protestos se tornem violentos como os que ocorreram fora da conferência do G8, em Gênova, Itália, em 2001, quando uma pessoa foi morta a tiros e centenas se feriram.

A manifestação de domingo, dia 2/7, foi organizada por um grupo chamado “Onda de protesto G20”, com 50 mil a 100 mil manifestantes esperados para comparecerem no centro de Hamburgo. Outras manifestações nesta semana foram chamadas de “Bem-vindo ao inferno” e “G20 não é bem-vindo”.

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: