Temer suspende aumento do Bolsa Família por falta de dinheiro

Via Folha on-line em 30/6/2017

O governo Michel Temer decidiu suspender o reajuste do Bolsa Família que pretendia anunciar em julho. O presidente queria conceder um aumento de 4,6% no benefício como um dos instrumentos para ganhar popularidade, mas a área econômica avaliou que, em meio à crise financeira, não há espaço no Orçamento para isso.

Temer se reuniu na noite de quinta-feira, dia 29/6, com o ministro Osmar Terra (Desenvolvimento Social), que comanda a pasta responsável pelo programa. No encontro, ficou definido que não seria possível anunciar o reajuste neste momento, como planejado.

Segundo assessores do presidente, a decisão sobre o aumento do benefício foi adiada, sem data para que a discussão seja retomada. O Ministério do Desenvolvimento Social já comunicou à Caixa que não haverá mudança no valor dos pagamentos.

O plano original do governo era anunciar um reajuste do Bolsa Família de 4,6% – um ponto percentual acima da inflação registrada nos últimos doze meses. Em maio, o ministro Osmar Terra disse à Folha que o aumento seria oficializado em julho.

Nos últimos meses, entretanto, as contas do governo pioraram, principalmente por dificuldades de arrecadação. As receitas ficaram abaixo do esperado e a equipe econômica de Temer passou a cobrar um controle maior de gastos para evitar que a meta fiscal do ano seja descumprida.

Auxiliares afirmam que o presidente não havia dado sinal verde para a concessão do aumento, tratado como certo pelo Ministério do Desenvolvimento Social. Temer consultou a área econômica do governo, que atestou que o reajuste não caberia no Orçamento deste ano e criaria dificuldades também para fechar as contas de 2018.

[…]

2 Respostas to “Temer suspende aumento do Bolsa Família por falta de dinheiro”

  1. magda f santos (@magdafsantos) Says:

    LOGICO ELE GASTOU TUDO EM COMPRA DE APOIO E JANTARES!!

  2. Claudio Corrêa Says:

    As malas pretas de Temer, Aécio e da base aliada no Congresso para aprovar as Reformas Golpistas estão liberadas, já o auxílio do “andar de baixo” da sociedade, esse foi pro saco. A babá de Michelzinho, paga com recursos públicos, pode ficar sossegada, o dela também tá garantido.

    Nos 13 anos de governos petistas, nunca faltaram recursos pro Bolsa Família, pois os pobres constavam como prioridade no orçamento do governo federal.
    #CanalhaCanalhaCanalha

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: