Temer recusa-se a responder perguntas da PF: Um rato é sempre um rato

Fernando Brito, via Tijolaço em 9/6/2017

Michel Temer seguiu a orientação que deu à defesa de seu ex-pupilo Rodrigo Rocha Loures, o homem da mala da JBS: ficou calado no “interrogatório” por escrito feito por delegados federais com a famosa lista de 82 perguntas, enviando documento em que se recusa a respondê-las ao ministro Luiz Edson Fachin.

É direito de qualquer investigado de se recusar a responder perguntas antes de transformado em réu, mas o pedido de dilação do prazo que Temer dirigiu ao STF mostra que, como é de seu caráter, Temer usou de uma manobra desleal para ganhar tempo na provável ação judicial de que será objeto o seu relacionamento com Joesley Batista e o grupo JBS.

Temer é um homem incapaz de qualquer defesa moral e política, embora possa e vá, como está demonstrando, usar de mil ardis para a defesa jurídica e parlamentar.

O ocupante da Presidência da República já não se importa em parecer um rato perante a opinião pública, talvez porque saiba que todos já perceberam que ele o é.

***

MICHEL TEMER NÃO RESPONDE QUESTÕES DA PF E CRITICA CONTEÚDO DAS PERGUNTAS
Defesa do presidente enviou ao STF 48 razões para ele não prestar esclarecimentos ao órgão.

Via O Globo em 9/6/2017

A defesa do presidente Michel Temer enviou uma petição ao Supremo Tribunal Federal (STF) na sexta-feira, dia 9/6, criticando as 82 perguntas enviadas pela Polícia Federal sobre a delação de Joesley Batista, dono do frigorífico JBS, e de outros executivos da empresa. A defesa pede ainda o arquivamento do inquérito que, aberto após a Operação Patmos, investiga Temer por suspeita de corrupção passiva, obstrução da Justiça e organização criminosa.

Em 14 páginas dirigidas ao ministro do Supremo Luiz Edson Fachin, relator da Lava-Jato, os advogados do presidente apresentam 48 razões para Temer não responder às questões da PF. De acordo com a defesa, o presidente foi “coadjuvante de uma comédia bufa, encenada por um empresário e criminoso confesso e agora está sendo objeto de uma inquirição invasiva, arrogante, desprovida de respeito e do mínimo de civilidade.”

“O questionário é um acinte à sua dignidade pessoal e ao cargo que ocupa, além de atentar contra vários dispositivos legais, bem como contra direitos individuais, inseridos no texto constitucional.”

A Polícia Federal enviou o questionário ao presidente com autorização de Fachin. As perguntas foram remetidas com um prazo inicial de 24 horas para Temer responder, mas a janela foi prolongada para até esta sexta-feira. As 82 perguntas se referem, principalmente, à conversa entre o presidente e Joesley Batista que foi gravada pelo empresário durante um encontro fora da agenda oficial. Entre outras questões, a PF pediu a Temer para esclarecer o que ele quis dizer com a frase “Tem que manter isso”, após o dono da JBS dizer que estava bem com ex-deputado federal Eduardo Cunha.

O documento enviado pela defesa ao STF na sexta-feira, dia 9/6, porém, alega que as autoridades estão mais preocupadas em comprometer o presidente do que mostrar a verdade dos fatos.

Leia também
Advogado de Temer admite que “apenas” R$1,25 milhão teria sido propina

Uma resposta to “Temer recusa-se a responder perguntas da PF: Um rato é sempre um rato”

  1. magda f santos (@magdafsantos) Says:

    POR FAVOR NAO OFENDAM OS RATOS OU AS RATAZANAS POIS ELE E BEM PIOR QUE ISSO, TENDE MAIS PARA UM ESCORPIAO PEÇONHENTO!!

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: