TRF dá razão a Lula e diz que Moro cerceou defesa

DESEMBARGADOR MANDA SÉRGIO MORO REFAZER AUDIÊNCIA POR CERCEAR DEFESA DE LULA
Via Revista Fórum em 6/6/2017

Decisão do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) deu razão à defesa de Lula por considerar que houve cerceamento da defesa nos depoimentos de Emílio Odebrecht e do ex-executivo da empreiteira Alexandrino Alencar, que ocorreram na segunda-feira, dia 5/6, em Curitiba.

A defesa foi informada na parte da manhã que a acusação juntara mídias com a delação premiada dos dois depoentes para a audiência que ocorreria às 14h. Pediram a Moro que adiasse a sessão para dar tempo de a defesa conhecer os documentos e se preparar para o depoimento. Moro recusou.

Os advogados de Lula entraram então com pedido de habeas corpus no TRF 4. Na decisão, o desembargador João Pedro Gebran Neto primeiro explicou por que não tomou a decisão antes das 14h e adiou os depoimentos, alegando que o processo só foi distribuído para ele às 13h22. Porém manda que seja “repetido o ato (depoimentos) após as defesas tomarem conhecimento do conteúdo integral das mídias anexadas”. E fixa o prazo de três dias para que a defesa tome conhecimento do que foi anexado e os depoimentos ocorram novamente.

É bom lembrar que até este momento, praticamente todas as decisões do juiz Sérgio Moro vinham sendo aceitas pelo TRF-4. O desembargador que concedeu a liminar já foi acusado de ser padrinho do filho de Moro, o que desmentiu, mas admitiu ter amizade com o juiz de Curitiba.

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: