Leandro Fortes: Memorial do rola-bosta

Leandro Fortes em 23/5/2017

Eu invejo a maneira como muita gente, sobretudo na esquerda, entra em modo republicano assim que uma figura abjeta como Reinaldo Azevedo cai em desgraça.

Invejo, juro, essa pureza d’alma, essa compaixão cristã, essa energia namastê.

Porque, impuro que sou, depois de ouvir os diálogos de Reinaldo com Andrea Neves, aquela conversa de comadres ornamentada com troca de poemas decorados de almanaques de farmácia, não vi nenhuma relação repórter/fonte.

Vi, sim, um bajulador compulsivo com uma bandida revelada numa prosa imoral, como bem cabe a ambos.

Vi o irresponsável de extrema-direita de sempre, o rato que estimulou o ódio de classe e a indigência jornalística para se projetar no esgoto a céu aberto da mídia e, com isso, ganhar o dinheiro e a fama que jamais atingiria pelos méritos profissionais, repórter medíocre e irrelevante que sempre foi.

Agora, querem transformá-lo num mártir da liberdade de imprensa.

Então, apenas para registro, deixo aqui minha opinião definitiva sobre esse episódio: eu quero mais é que Reinaldo Azevedo e sua turba de dementes se afoguem na merda, para sempre.

Leia também:
Rodrigo Janot anexa grampos de conversa de Reinaldo Azevedo com Andrea Neves em inquérito

7 Respostas to “Leandro Fortes: Memorial do rola-bosta”

  1. COPACABANA EM FOCO Says:

    Quem tem a VEJA não morre pagão.

  2. Rogério Guimarães Oliveira Says:

    Transcrevo a seguir meu comentário à matéria do Consultor Jurídico sobre este exato tema do “affair Reinaldo x Andrea”
    NÃO ERA FONTE, NEM CONVERSA JORNALÍSTICA. FALA SÉRIO!
    Rogério Guimarães Oliveira (Advogado Sócio de Escritório – Civil)
    24 de maio de 2017, 15h33
    A tentativa de reverter os efeitos de uma vergonhosa conversa privada gravada entre Reinaldo Azevedo e Andrea Neves, que é o cérebro-de-saias do Aécio, pessoa que coordenava toda a atividade mental do tucano bicudo, esbarra em 5 traves.
    A) Aquilo não foi uma conversa entre um jornalista e a sua fonte! Eles estavam, na verdade, romanticamente combinando e editando o que Reinaldo “amiguinho”, quando voltasse a ser jornalista, publicaria na Veja, para “administrar”, calculadamente, efeitos da publicação sobre desdobramentos políticos em curso.
    B) Aprendi na faculdade de jornalismo que esta conversa não é jornalismo. Nem aqui, nem na China. O Reinaldo, na melhor das hipóteses, estava ajustando um petardo a favor de seus amigos irmãos Neves, para obter efeitos políticos a eles. Não foi uma conversa com fonte, nem foi jornalismo real. Foi, isto, sim, o velho jornalismo marron de esgoto praticado pela Veja, revista esta que o próprio Reinado qualificou, com razão, de “nojenta”. Trocando em miúdos pastosos: mais uma farsa-fraude que veio à tona.
    C) Fonte jornalística é aquele que sabe de algo e passa a informação ao jornalista, que a publica. Conversinhas carinhosas, trocas de poemas e combinações sobre o que vai ou não sair na Veja, isto é outra coisa, Reinaldo!
    D) Não deixa de ser irônica e vexatória a situação do Reinaldo, ao chamar a própria revista onde escrevia e que lhe pagava o salário de “nojenta”, qualificando assim a si mesmo, já que era um dos que nela publicava textos.
    E) Para lembrar: quando Lula teve gravadas suas conversas com Dilma, com seus familiares e com seus próprios advogados, o Reinaldo achou “tudo-blém”. Que tal agora a posição de gravado?
    F) Nojento, Reinaldo, foi também o seu papinho de fim-de-noite com a Andrea.

  3. Erasmo Silva Says:

    Estou com você meu amigo, quando fizeram com lula e Dilma só o povo para defender, agora aparece essa mídia golpista tentando protege-lo; o que posso falar: Grampo na orelha dos outros e cotonete!!!!

  4. magda f santos (@magdafsantos) Says:

    FAÇO MINHAS SUAS PALAVRAS!!

  5. Geraldo Franco Says:

    Brilhante e bem formulada posição de quem entende do assunto, sem nele chafurdar, como os demais a quem comenta. Volte sempre!

  6. gustavo_horta Says:

    Republicou isso em Gustavo Hortae comentado:
    EU TAMBÉM SÓ QUERO QUE ESTE MERDA SE JUNTE AOS SEUS IGUAIS, SE AFUNDE NA MESMA MERDA DE QUE VEIO!!!
    “AÉCIO, O QUERIDINHO DOS OPERADORES DA LAVA JATO”
    > https://gustavohorta.wordpress.com/2017/05/23/aecio-o-queridinho-dos-operadores-da-lava-jato/
    ACHO QUE AECIO E TEMER VÃO DURAR MUITO TEMPO AINDA…É SÓ LEMBRAR DE QUANTO TEMPO DUROU O CUNHA.
    E a canalha quadrilha continua “por aí” – com cacofonia mesmo – apoiada pela mídia (até aí sem surpresa), mas também por uma quantidade significativa de coxinhas traidores hipócritas (insistem em afirmar que é “tudo farinha do mesmo saco”.
    Que triste, que merda.

  7. gustavo_horta Says:

    EU TAMBÉM!!!
    “AÉCIO, O QUERIDINHO DOS OPERADORES DA LAVA JATO”
    > https://gustavohorta.wordpress.com/2017/05/23/aecio-o-queridinho-dos-operadores-da-lava-jato/
    ACHO QUE AECIO E TEMER VÃO DURAR MUITO TEMPO AINDA…É SÓ LEMBRAR DE QUANTO TEMPO DUROU O CUNHA.
    E a canalha quadrilha continua “por aí” – com cacofonia mesmo – apoiada pela mídia (até aí sem surpresa), mas também por uma quantidade significativa de coxinhas traidores hipócritas (insistem em afirmar que é “tudo farinha do mesmo saco”.
    Que triste, que merda.

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: