Leandro Fortes: As provas irrefutáveis contra Lula

RUMO AO GUARUJÁ
Leandro Fortes em 23/4/2017

Para entender o desespero do juiz Moro, dos procuradores youtubers e da mídia capitaneada pelo Jornal Nacional, basta ver o mais novo rato parido pela montanha da Lava-Jato contra o ex-presidente Lula.

Trecho tirado da Folha de S.Paulo, a partir de mais uma informação de Léo Pinheiro, da OAS, conseguida no pau-de-arara das delações premiadas:

“Entre os documentos entregues estão o registro de que dois carros em nome do Instituto Lula passaram pelo sistema automático de cobrança dos pedágios a caminho do Guarujá entre 2011 e 2013. Não há, no entanto, documento que comprove que as viagens tiveram como destino o apartamento”.

REPITO: Dois registros de pedágio, entre 2011 e 2013, de dois carros do Instituto Lula, que cometeram a grave transgressão de ir ao Guarujá.

Difícil dizer o que é mais patético: uma investigação que segue adiante com informações desse tipo ou uma mídia que se presta a publicar uma merda dessa sem fazer um único comentário crítico.

***

PROVAS IRREFUTÁVEIS
Leandro Fortes em 23/4/2017

Fonte segura me garante que Léo Pinheiro entregou ao juiz Moro cópia de um bilhete de cinema comprado por um funcionário do Instituto Lula, em Santos, em 2011.

Para os envolvidos, o bilhete prova que o dito servidor estava apenas fazendo hora para, em seguida, buscar Lula no tríplex do Guarujá.

Depois disso, creio, não há outra coisa a fazer senão prender Lula, de preferência, numa cruz.

7 Respostas to “Leandro Fortes: As provas irrefutáveis contra Lula”

  1. Aristóteles Barros da Silva Says:

    Pessoal> enquanto os cães ladram, a caravana passa. Lembrem-se LULA PRESIDENTE EM 2018 e, estamos conversados! O resto é conversa pra boi dormir.

  2. Isabel Cristina Santana Says:

    O que me assusta é que há babacas suficiente pra acrediutar numa bobagem dessa.

  3. magda f santos (@magdafsantos) Says:

    É absolutamente incrível os que pensam (?) e fazem os “instrutores” da lava jato!! Quando não ha novidade elas são inventadas como se todos fossem imorais como eles!!

  4. Jandyra Abranches Says:

    O juizeco está acabando com o Brasil tentando alucinadamente atingir o Presidente Lula.

  5. Claudio Corrêa Says:

    Moro, Dallagnol, Lava jato e a Grande Imprensa, de perseguição política à patuscada regiamente paga com o meu, o teu, o nosso dinheirinho suado.
    Prendam logo o homem preventivamente até o termino das eleições de 2018, depois soltem com um pedido de desculpas, tipo “erramos”.
    Se essa questão não envolvesse a Democracia, a Economia e as Instituições do Estado brasileiro, poderíamos até levar no humor e dizer que em Curitiba “se cobrir, vira Circo, se cercar, um Hospício”.

  6. Eliane Barroso Says:

    Seria uma piada se não fosse tão grotesco o abuso de autoridade desse juizeco!!!!

  7. Geraldo Lobo Says:

    Só que cruz não segura nem ninguém, ao contrário, cria mais multinacionais de cunho religioso. Tem que ser ratoeira, das grandes, que caibam três quartos duas salas, banheiro e cozinha, coisa confortável com TV e ar condicionado grátis. No Guarujá, de preferência, pra que ele se lembre das tramoias que perpetrou e não volte a cometê-las depois que for eleito, de novo. Mas, pode ser em Ipanema também, já que a bandidagem descobriu que temos por aqui uma ou duas dezenas de bancos e começou a dinamitar um a um, a começar pela Caixa Econômica, Praça da Paz. Não se arriscam em bombar (aqui o verbo estaria, em tese, corretíssimo, já que é isso que fazem na realidade) o Itaú (que tem umas cinco agências) ou o Bradesco (que tem outras tantas) porque devem ser seus acionistas maiores . . .

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: