Chiliques firmam Dória como candidato a presidente… do MBL

Fernando Brito, via Tijolaço em 29/3/2017

A Folha dá manchete para mais um chilique de João Dória Jr., em sua estratégia de aparecer como o novo Fernando Collor da política, crescendo tal como este cresceu com a desmoralização da política feita por José Sarney.

Desta vez, quando um rapaz mencionou o nome de Dilma na inauguração de moradias populares no bairro do Grajau, em São Paulo, Dória partiu para a gritaria:

“Olha aqui, vou aproveitar para dizer para você, que veio aqui tentar estragar a festa dessas famílias, que elas não estão de acordo com você. Golpista é quem rouba dinheiro público, golpista é quem rouba o povo. Vai embora procurar sua turma. Vai procurar sua turma lá em Curitiba”.

Acontece que Dilma foi, sim, a maior responsável pela obra, como pode ser lido no próprio site da Prefeitura da São Paulo, em setembro de 2014, quando ela era a presidente:

Para cada unidade habitacional foram aportados R$4.000 pela Casa Paulistana, programa municipal; R$20 mil pelo Casa Paulista, programa do Estado; e R$76 mil pelo programa Minha Casa Minha Vida, do governo federal. Os apartamentos terão cerca de 50 m², com dois dormitórios, cozinha, sala e área de serviço. Os apartamentos serão destinados a famílias com renda de até três salários mínimos mensais.

Portanto, mais de três quartos do valor da obra foi responsabilidade de Dilma Rousseff, seguida de Geraldo Alckmin, que bancou 20%. A prefeitura, agora de Dória, deu apenas 4% e certamente parte disto na gestão de Fernando Haddad.

Quer dizer: Dória foi pior do que Michel Temer na inauguração da transposição do São Francisco. Porque, além de mesquinho, foi agressivo e grosseiro.

E primário, com umas coisas – para usar a linguagem do meu tempo – na base do “é ou não é?, “vai ou não vai?”.

Vai firmando, assim, a imagem de um radicaloide que só falta partir, como um galinho de briga cercado de seguranças para “a porrada” com qualquer um que o desagrade.

Dória vai se tonando o Kinzinho cheiroso, uma “versão pastelão” de liderança política que só empolga os ricos e e os histéricos.

Palerma, não entende que é uma porcaria que usam e jogam fora.

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: