O barraco tucano promete: FHC bate em Dória e Dória devolve

Fernando Brito, via Tijolaço em 24/3/2017

Primeiro, Dória recebeu o confete de seus partidários da elite paulistana, mesmo negando que vá trair Geraldo Alckmin.

Aí, Fernando Henrique tomou as dores do traído, espanou Aécio para o monturo e disse que gestor – como Dória se proclama “não inspira nada, tem que ser líder“ e disse que Geraldo, o traído, é quem está mais bem posicionado para ser o candidato tucano.

Então, Dória diz que não é a primeira vez que FHC se engana sobre ele, pois antes não acreditava que ele pudesse ser candidato à Prefeitura de São Paulo.

Não poderia, claro, se Alckmin não o tivesse patrocinado e enfiado goela abaixo do partido.

Quem se enganou, ao que parece, foi Geraldo, que acreditou em sua criatura e agora faz de tudo para aturar a cria.

O caráter do “rapaz” que faz 60 anos em dezembro é um primor.

Tão pouco, tão pouco que sou forçado a concordar com ele sobre FHC estar enganado.

***

FHC ABANDONA DÓRIA E DEIXA CLARO QUE NÃO O APOIA
Via Brasil 247 em 24/3/2017

Em entrevista aos jornalistas Pedro Venceslau e Tonia Machado (leia aqui), o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso deixou claro que não pretende apoiar o candidato João Dória Júnior, escolhido pelo PSDB para disputar a Prefeitura de São Paulo.

Sua posição neutra sinaliza apoio informal a Andrea Matarazzo, que poderá ser candidato pelo PSD ou vice na chapa de Marta Suplicy, do PMDB.

Confira, abaixo, a pergunta e a resposta:

Em São Paulo, Alckmin apoiou João Dória nas prévias da capital e isso causou um racha. O senhor vai subir no palanque dele?
Nunca subi em palanque nenhum, nem quando era presidente. Fui favorável à [pré] candidatura do Andrea [Matarazzo] e pedi ao governador que mantivesse a neutralidade Ele insiste que não tomou partido, mas parece que tomou. Se tomou, criou um problema para ele mesmo. Eu disse para o Andrea não sair [do PSDB] e esperar a convenção. Se ele saiu, não posso apoiar quem está fora, A lei não permite. A situação é delicada.

Leia também:
O desespero de Alckmin para conter o inevitável: a traição de Dória rumo ao Planalto
Dória retira R$30 milhões de obras contra enchentes e mobilidade para gastar com consultorias
Luis Nassif: Entra em campo o fator João Dória
Gestão Dória: Alunos da rede municipal de SP estão sem uniforme e material escolar
Após aumento da velocidade por Dória, marginais têm 60% mais acidentes
Gestão Dória desmonta serviço de atendimento e prevenção do HIV
Agora vai: MBL fará campanha por Dória para presidente
Por que Dória não se fantasiou de bombeiro para combater o incêndio em Paraisópolis?
Secretário da Fazenda de Dória aponta redução da dívida municipal na gestão Haddad
Dória recebeu R$951 mil de agência do governo federal chefiada por amigo
Gestão Dória afirma “enxugar” fila de exames com Corujão, mas não revela dados atuais de espera
O piti de Dória em entrevista ao Valor mostra o truculento que vive sob o botox
Descoberto o esquema de Alckmin e Dória para dar remédio quase vencido à população
O rei do engodo: João Dória coloca até cemitérios à venda em São Paulo
Além de fechar farmácias do SUS, Dória quer privatizar o Samu
Para “doar” remédios a programa de Dória, Alckmin reduz impostos de farmacêuticas
Na saída para o Carnaval, Alckmin dá isenção de ICMS para “doadores” de Dória
Há um ano, Bruno Covas, vice do Dória, forjou vídeo para “provar” que sítio era de Lula
Por que Dória não tira Lula da mente e da boca?
Dória veste sua fantasia definitiva no Carnaval: populista bobo vaiado
João Dória apaga elogios a Eike Batista no Twitter e quer censurar entrevista
Imperdível: João Dória entrevista Eike Batista
Dória, um Jânio com 100 anos de atraso
Enquanto corta leite das crianças, Dória prevê gastar R$100 milhões com propaganda
Quem é “cara de pau”, seu Dória?
Dória recebeu R$951 mil de agência do governo federal chefiada por amigo
Lula desmente Estadão e interpela na Justiça Dória Jr., o Trump tupiniquim
Dória: “Se for prefeito, vou vender o Pacaembu, Interlagos e o Anhembi.”
Gestão tucana: Ação publicitária em site de moda custou R$301 mil ao governo Alckmin
Choque de gestão: Alckmin paga R$1,5 milhão a Dória Jr., pré-candidato à Prefeitura de São Paulo
FHC é o homem do ano na Nova Iorque de Miami
Além do blogueiro dos R$70 mil, João Dória Jr. recebe mais de R$500 mil por mês do governo Alckmin
Sócia de blogueiro dos R$70 mil é casada com assessor que trabalhava dentro do Palácio de Alckmin
Blogueiro dos R$70 mil será investigado?

2 Respostas to “O barraco tucano promete: FHC bate em Dória e Dória devolve”

  1. Aristóteles Barros da Silva Says:

    Cuidado! Farinha do mesmo saco. Estão tentando tirar o foco das mutretas que pretendem para prejudicar o povo brasileiro!

  2. Rogério Guimarães Oliveira Says:

    Os antigos já diziam: “quem cria cascavel dentro de casa morre de picada”. É uma curiosidade da vida selvagem política assistir a troca de bicadas antropofágicas que se passa dentro do ninho tucano. A sensação para os próximos rounds é que, entre penas e sangue, só vai sobrar um exemplar da espécie.

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: