Após reunião sobre os frigoríficos, Temer leva embaixadores a rodízio de carne importada

Temer passou cerca de uma hora no local do rodízio, que custou por pessoa R$119,00. Foto: Agência Brasil.

O presidente convidou embaixadores para jantar em uma churrascaria de Brasília após reunião sobre a Operação Carne Fraca.

Via Estadão on-line em 19/3/2017

Em um gesto político para tentar minimizar os efeitos negativos da Operação Carne Fraca sobre a venda de carne brasileira, o presidente Michel Temer jantou neste domingo, dia 19/3, em uma churrascaria de Brasília acompanhado de ministros e embaixadores e representantes de 27 países. A carne bovina que Temer comeu, porém, não era de origem brasileira, segundo funcionários do próprio restaurante. Somente as carnes suínas e de frango servidas no local são nacionais. A carne bovina é importada da Argentina, Uruguai e Austrália.

Temer e a comitiva participaram de um rodízio. O Palácio do Planalto reservou uma mesa para 80 pessoas. O preço do rodízio por pessoa foi de R$119,00. O valor incluía carnes, um bufê de saladas, acompanhamentos e sushi. A bebida era à parte. Temer comeu carne bovina e frango, queijo coalho assado, acompanhado de uma típica caipirinha brasileira. Na mesa, também foi servido vinho tinto, dessa vez nacional, da vinícola Casa Valduga, produzido em Bento Gonçalves, no Rio Grande do Sul.

A comitiva sentou em uma grande mesa no centro do salão principal da churrascaria, localizada no Lago Sul, área nobre de Brasília. Temer estava no centro da mesa, ladeado pelos embaixadores da China e de Angola no Brasil. Entre os ministros presentes estavam Moreira Franco (Secretaria Geral da Presidência), Blairo Maggi (Agricultura), Marcos Pereira (Indústria, Comércio Exterior e Serviços). O ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes, não estava presente.

[…]

Leia também
Para entender a Operação Carne Fraca
Para exportadores, ação da PF favorece EUA e Austrália
Citado na Carne Fraca, Serraglio traz legado ao Ministério da Justiça

Operação Carne Fraca: Veterinário preso é contra a corrupção e chamava Lula de ladrão
Ministro da Justiça de Temer aparece em grampo da Operação Carne Fraca
Brasil se assusta com carne que chega a sua mesa, mas fecha os olhos para discussão sobre abate
Leonardo Stoppa: Interesse dos EUA na derrubada dos frigoríficos brasileiros

Ação da PF contra setor de carnes ocorre após Brasil conquistar mercado nos EUA
A República do Paraná prepara-se para destruir outro setor econômico

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: