Por onde andam os “revolucionários” fantasiados?

Diogo Costa em 11/3/2017

Em junho de 2013 eles brotavam das sombras, de preto dos pés a cabeça e quebrando e incendiando tudo. Denunciavam o ‘Estado Opressor’ num momento em que o país vivia um regime com normalidade democrática e consideráveis liberdades públicas.

Surgiram num momento em que o país crescia 3% ao ano com inflação controlada e quase pleno emprego, além de investimentos públicos e privados na crista da onda. Por que não aparecem agora quando o país sofre as agruras de um golpe de estado?

Por que não aparecem agora que o ‘Estado Opressor’ de fato se tornou opressor e ilegítimo? Por que não aparecem agora quando a classe trabalhadora sofre ataques cotidianos contra seus direitos e quando o desemprego e a carestia avançam de forma galopante?

Não aparecem por uma razão muito simples: a fracassada e patética tática Black Bloc – os tais de fantasiados do junho de 2013 – nunca foi e nunca será revolucionária. É uma tática reacionária com pretensos signos progressistas e por onde passa arrasa com a esquerda.

Aqui fala alguém que disse isso de forma insistente e sistemática desde o junho de 2013. Ou seja, não falo somente hoje por oportunismo ou coisa que o valha. Os alertas foram dados lá no início, quando os fantasiados abriram a caixa de Pandora.

Uma resposta to “Por onde andam os “revolucionários” fantasiados?”

  1. Aristóteles Barros da Silva Says:

    Ninguém me tira da cabeça que esses caras foram pagos pela FIESP ET CATERVA para representar aquilo tudo que compôs o golpe sórdido que nos infelicita!

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: