Com números, Dilma prova que governos do PT bancaram transposição

Via Brasil 247 em 9/3/2017

Em seu site, a presidente deposta pelo golpe, Dilma Rousseff (PT), mostrou números que provam que a transposição do Rio São Francisco foi bancada e executada pelos governos petistas.

“Ainda sobre o projeto de integração do rio São Francisco, cabe ainda as seguintes observações. Os governos Lula e Dilma empenharam 92,40% e pagaram 87,50% da execução do projeto de integração do São Francisco, antes do golpe de 2016. Confira os dados no quadro abaixo”, diz a nota.

Em texto publicado anteriormente, Dilma Rousseff já havia criticado os que tentam usurpar a grande obra dos governos do PT. “A oposição de outrora comemora como se fosse um feito do governo Temer a chegada da água no sertão, noticiada no final de semana. Mentira. O projeto só não foi entregue por Dilma porque os setores mais atrasados da política brasileira, aliados às parcelas mais indignas da imprensa nacional e as velhas oligarquias, além de conservadores e políticos oportunistas – do PSDB e DEM e muitos do PMDB – arquitetaram e promoveram o golpe de 2016”, dizia o texto publicado no dia 7 de março.

Abaixo, a tabela postada por Dilma e que mostra a verdade sobre a transposição:

Clique na imagem para ampliá-la.

Uma resposta to “Com números, Dilma prova que governos do PT bancaram transposição”

  1. Geraldo Franco Says:

    Tomara que esses números batam certinho. Só queria ver os golpistas clamado a si os direitos das águas baratas que TODOS estarão bebendo brevemente.

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: