Para pôr fim aos cobradores, Dória estuda tarifa mais cara em dinheiro

onibus21_terminal

Ônibus no terminal João Dias, na zona sul de SP: Prefeitura estuda cortar cobradores.

Via Folha on-line em 6/2/2017

O prefeito João Dória (PSDB) estuda implantar uma tarifa maior nos ônibus de São Paulo para o passageiro que optar pelo pagamento em dinheiro.

A medida seria uma espécie de primeiro passo para a supressão dos cobradores nos ônibus na cidade, plano que é cogitado desde a gestão Paulo Maluf (1993-1996), mas que, por causa de protestos da categoria e em decorrência de imbróglios judiciais, nunca saiu do papel.

Com a tarifa diferenciada, Dória quer reduzir ainda mais o já pequeno percentual de pessoas (6%) que fazem o pagamento em dinheiro dentro dos ônibus. A ideia é chegar a próximo de zero, tornando a função de cobrador inútil.

A polêmica e a repercussão negativa em torno do reajuste nas passagens de integração entre ônibus, metrô e trem neste início de ano, porém, segundo auxiliares do prefeito, podem retardar ou até mesmo fazer com que a administração opte por outra estratégia.

Dória decidiu congelar a tarifa em R$3,80, mas, ao lado do governador Geraldo Alckmin (PSDB), seu padrinho político, optou por um reajuste acima da inflação para o bilhete de integração, o que foi barrado pela Justiça.

[…]

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: