Oposição perde votos e não tem mais número suficiente para o golpe

Impeachment_Placar02

MÍDIA “ENCOLHE” PLACARES PRÓ-GOLPE. PROPAGANDA FEZ SEU PAPEL, MAS AGORA VALE A VERDADE.
Fernando Brito, via Tijolaço em 15/4/2016

Não se deixou, aqui, de fazer a advertência. “Placar do impeachment” é peça de propaganda.

E, sendo promovidos pela grande mídia, não é difícil imaginar em favor de qual voto seria a promoção.

O objetivo, claro, era e é estimular o adesismo a Temer e Cunha.

As “favas contadas” empurram deputados a participar do lado, em tese, vencedor.

Mas, hoje à noite, após terem superado o “número mágico” de 342 votos, Folha e Estadão tiveram de recuar, embora o velho quatrocentão ainda mantenha a contagem acima do necessário para o impedimento.

Também em O Globo, o simpático Jorge Bastos Moreno – a todos e mais simpático ainda a Temer, como se viu no episódio da carta do vice-presidente – já começa a postar várias “viradas” de voto.

Monica Bergamo, na Folha, fala numa “escapatória” de deputados que não querem ser “linchados” pela mídia apelando para um “nem Cunha, nem Dilma”. O que, óbvio, representa não votar pelo impeachment, que é quem precisa dos votos.

A história da gravidez – a gravidez é verdadeira, a história não – de Clarissa Garotinho é desmentida por qualquer um que vá ver como, hoje, Garotinho e seu ex-pupilo são incompatíveis.

Óbvio que, a esta altura, ninguém sabe o que vai dar.

Este blog, ao contrário do deputado Paulinho da Força, não participa de “bolões” do impeachment e por isso nem tocou na história de ontem da tal frente anti-impeachment que teria 185 votos.

Ter posição clara e marcada não me exime de dizer a verdade, mesmo que um ou outro possam achar derrotismo.

Derrotista não luta 16 horas por dia.

A disputa não está definida e isso torna mais importante a ação de cada um.

Mostrá-la decidida foi arma da direita.

Não está.

Domingo não será o dia em que possamos exorcizar o golpismo.

Mas pode, ainda, ser o dia em que possamos provar que o inferno não é inevitavelmente vitorioso.

Leia também
Vídeo: O discurso de Lula ao acampamento da democracia em Brasília
Dilma: “Nossa democracia não pode ser violentada”.
Vídeo: O discurso de Dilma contra o golpe que o povo brasileiro não assistiu
Se você é contra o golpe, antes de entrar em desespero pense nisso…
Secretário-geral da OEA chega ao Brasil para combater o golpe
Deu no New York Times: Impeachment é liderado por políticos corruptos e hipócritas
Cálculo simples: O placar do impeachment e a manipulação da imprensa
Articulados por Lula, 186 deputados assinam frente parlamentar contra o golpe

2 Respostas to “Oposição perde votos e não tem mais número suficiente para o golpe”

  1. Selma Schiedeck Says:

    Pois é. Compareceram e os que tinham se comprometido conosco nos traíram. Desde o início achei a margem pouca. Deu no que deu.

  2. Jésus Araújo Says:

    Meu caro blogueiro Fernando Brito, que fracasso de previsão, Os deputados não fugiram (a ausência foi mínima) e o placar humilhante. Foi traição geral. Que correu nos bastidores?

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: