A lista dos brasileiros em paraísos fiscais

Paraiso_Fiscal06

Altamiro Borges em seu blog em 8/2/2016

No final de janeiro, no curso da provocativa fase “Triplo X”, da Operação Lava-Jato – que teve como único intento incriminar o ex-presidente Lula –, a Polícia Federal apreendeu uma lista com os nomes de centenas de ricaços brasileiros que remeteram grana para paraísos fiscais espalhados pelo mundo. As planilhas, com os registros das contas offshore e de seus respectivos donos, estavam armazenadas nos computadores da filial nacional da empresa panamenha Mossack Fonseca. A notícia atemorizou muitos sonegadores e foi encarada como um tiro pela culatra. Eles temeram os famosos – e seletivos – vazamentos da PF. Para seu alívio, porém, nada vazou e a imprensa simplesmente já esqueceu a lista.

Na ocasião, a expectativa entre os investigadores era de que as planilhas da Mossack detalhassem um esquema de evasão de capitais e lavagem de dinheiro não apenas dos suspeitos de corrupção na Lava-Jato, mas também em outras áreas. “A Mossack é bem mais ampla que o caso Lava-Jato. A empresa não só apresentou indícios de aparecer em outras investigações já deflagradas como provavelmente vai se descobrir muita coisa. Não podemos descartar que surjam provas para outras investigações”, afirmou o delegado Igor Romário Paula, que esteve à frente das ações da Polícia Federal na operação.

A Mossack é conhecida mundialmente como uma “fábrica de laranjas”. Fundada no Panamá em 1977 e com filiais em 40 países, ela é especialista na abertura de offshore. A partir dos grampos telefônicos feitos pela Polícia Federal, a força-tarefa concluiu que a empresa oferece diversos serviços ilícitos, como a venda de “laranjas” e de empresas offshore com a finalidade de ocultar a real titularidade dos proprietários brasileiros. Também há indícios de que ela facilitaria a abertura de contas no exterior. Em decisão proferida sobre a 22ª fase da Lava-Jato, o juiz Sérgio Moro alegou que a Mossack serviu a “agentes envolvidos no esquema criminoso da Petrobras, que a usaram para lavagem de dinheiro”.

Ainda na ocasião, o coordenador da força-tarefa em Curitiba, o carrasco Deltan Dallagnol, fez as suas midiáticas ameaças: “Aconselharia os donos dessas offshore a procurar espontaneamente o Ministério Público, tendo em mente o que aconteceu na Lava-Jato. Quem procurou primeiro obteve acordos melhores”. Pela legislação brasileira, manter valores no exterior não é crime, mas donos de recursos acima de US$100 mil são obrigados a comunicar à Receita e ao Banco Central. No submundo do crime da lavagem internacional de capitais, as empresas offshore são abertas exatamente com o objetivo de ocultar dinheiro sem procedência, preservando a identidade de seus verdadeiros donos.

Desde o final de janeiro, a Polícia Federal e o Ministério Público Federal, tendo à frente o juiz Sérgio Moro, já permitiram o vazamento de um bocado de factoides – sempre com o objetivo de incriminar Lula e outros petistas. Nesta ação seletiva, que visa atrair os holofotes da imprensa com propósitos nitidamente políticos, os ricaços com contas em paraísos fiscais – entre eles, banqueiros, ruralistas, industriais, barões da mídia e estrelas globais – podem dormir tranquilos. Nada vai vazar – a exemplo do que já ocorreu com as contas do HSBC na Suíça e com os fraudadores da Operação Zelotes!

Leia também
Coletânea de textos: Sonegação é crime, estúpido!

2 Respostas to “A lista dos brasileiros em paraísos fiscais”

  1. John Jahnes Says:

    PARODIANDO Stanislaw Ponte Preta, (Sérgio Porto – 1923/1968)
    – Quando aquele cavalheiro nervoso entrou no hospital dizendo “eu sou JUIZ, eu sou JUIZ”, o médico tirou o estetoscópio do ouvido e quis saber: “Fora esse, qual o outro mal do qual o senhor se queixa?”
    – Quando aquele cavalheiro nervoso entrou no hospital dizendo “eu sou PROMOTOR, eu sou PROMOTOR”, o médico tirou o estetoscópio do ouvido e quis saber: “Fora esse, qual o outro mal do qual o senhor se queixa?”
    – No Brasil, EM QUALQUER GOVERNO DE POLITICOS TUCANOS, as coisas acontecem, mas depois, com um simples desmentido, deixaram de acontecer.
    – Pode-se dizer a maior besteira, mas se for dita em latim POR UM JUIZ OU PROMOTOR, muitos concordarão.
    – LAVA JATO É UMA DESSAS INVESTIGAÇÕES ONDE A POLÍCIA FEDERAL cruza cabra com periscópio pra ver se consegue um bode expiatório.
    – Ou restaure-se a moralidade ou locupletemo-nos todos!
    ( http://www.releituras.com/spontepreta_lalau.asp )
    ( https://www.youtube.com/watch?v=jYUozI5gV8k )

  2. Antônio Inácio de Lima Says:

    Por que em segredo de justiça? Se LULA tivesse conta no HSBC da Suiça,o seu nome já teria sido delatado pela PF e .

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: