Alckmin sabota por dentro o PSDB de Aécio e Serra

Alckmin_Doria03_Serra_Aecio

Via Brasil 247 em 13/1/2016

O terremoto político causado pela Operação Lava-Jato provocou dois efeitos na oposição capitaneada pelo PSDB. Se, por um lado, gerou nos tucanos a percepção de perspectiva de poder, de outro, abriu uma guerra interna que poderá deixar graves feridas.

O primeiro movimento ocorreu há poucos dias, quando o senador Álvaro Dias, do Paraná, anunciou que estava trocando o PSDB pelo PV. Seu objetivo é disputar a presidência da República em 2018 e Álvaro decidiu sair quando percebeu que o senador Aécio Neves (PSDB/MG) tentará controlar a máquina tucana de acordo com seus interesses.

Agora, ficam evidentes também as hostilidades entre o grupo do governador Geraldo Alckmin e os de Aécio e do senador José Serra. Ao que tudo indica, Alckmin prepara seu desembarque do PSDB, com destino ao PSB, que ficou relativamente órfão após a morte de Eduardo Campos. No PSB, Alckmin também disputaria a Presidência da República, fragmentando ainda mais o bloco tucano.

O primeiro sinal de que Alckmin hoje sabota por dentro o próprio PSDB foi a anúncio de que o empresário João Dória Júnior seria seu candidato à prefeitura de São Paulo. Ultraelitista, Dória é o protótipo do chamado “coxinha” e seria um nome inviável até no bairro dos Jardins. Recentemente, o colunista José Simão ironizou a escolha afirmando que Dória teria como plataforma a criação de faixas exclusivas para Land Rovers.

A ira tucana contra os movimentos de Alckmin, que antes parecia contida, extrapolou. Blogs ligados ao senador Aécio e ao vereador Andrea Matarazzo, que pretendia disputar a prefeitura com o apoio de José Serra, acusam Alckmin de estar sabotando o PSDB – o que é verdade. Afinal, com Dória, Alckmin joga para perder em São Paulo.

Mas qual seria a lógica disso? Em primeiro lugar, enfraquecer Aécio e Serra. Em segundo, por baixo dos panos, articular o crescimento de um dos seus principais quadros na política paulista: Gabriel Chalita, que é secretário do prefeito Fernando Haddad. Alckmin tem incentivado Chalita a trocar o PMDB pelo PDT para que ele seja vice de Haddad. Assim, se Haddad vier a ser o candidato do PT ao governo de São Paulo em 2018, Chalita assumira a prefeitura.

Dias atrás, Alckmin também fez gestos em relação ao MST, sinalizando que pretende suavizar a sua imagem de direitista associado a instituições como a Opus Dei. Seria uma tentativa de tentar ampliar seu eleitorado. Não será surpresa se, depois de Álvaro Dias, ele vier a ser a próxima dissidência do PSDB.

Leia também:
Coletânea de textos: Alckmin e sua mediocridade
Coletânea de textos: FHC, o vendilhão da Pátria
Coletânea de textos: Quem tem Cunha, tem medo
Coletânea de textos: Lista de Furnas, Mariana, Aécio Neves e o brilho de sua carreira
Coletânea de textos: José Serra, o Zezinho entreguista
Coletânea de textos: Trensalão tucano e a grande quadrilha
Coletânea de textos: A mídia como ela é… golpista e manipuladora
Coletânea de textos: Álvaro Dias, Beto Richa, Banestado e outros personagens da República do Paraná
Coletânea de textos: Os coxinhas marchadores, o fascismo e o impítiman
Coletânea: 470 textos que farão você pensar 13 vezes antes de votar em qualquer tucano

Uma resposta to “Alckmin sabota por dentro o PSDB de Aécio e Serra”

  1. Jose Hugo Ferreira de Souza Says:

    Os tucanalhas não passam de oportunistas. Agora, querem esconder o bicos e as plumagens. Todavia, o que Jazz é o PSB, coitada da Erundina e dos socialistas históricos, Campos destruiu o partido e hoje com França é a sepultura.

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: