Cynara Menezes: O “muro comunista” acabou, mas os muros capitalistas continuam lá

EUA_Muro_Mexico01

O muro entre os EUA e o México. Foto: Ilcp.

Via Socialista Morena em 20/12/2015

O pré-candidato da direita nos EUA, o xenófobo Donald Trump, prometeu, se eleito, ampliar o muro já existente entre seu país e o México: quer que TODA a fronteira entre os EUA e o vizinho passe a ser cercada. A princípio ele propôs um muro de 3200 quilômetros, mas após engenheiros demonstrarem que seria preciso um volume de concreto suficiente para erguer seis novas pirâmides de Giza, ele reduziu a extensão à metade.

Lá se vão 26 anos (completados em novembro) desde que o muro de Berlim caiu em nome do “fim do comunismo”. Desde então, o capitalismo ergueu outros muros, nenhum deles derrubado em nome de qualquer luta pela democracia. Os muros que continuam de pé em geral separam ricos de pobres. No Brasil, chegaram a construir um muro separando o morro Santa Marta da zona Sul do Rio.

Será que, na verdade, o problema não está nos muros em si, mas em quem os constrói? Veja muros pelo mundo que não sofrem tantas críticas quanto o muro de Berlim, com toda a razão, sofria.

O muro entre os Estados Unidos e o México continua lá.

O muro que separa os palestinos de Israel continua lá.

.

O muro que separa ricos e pobres no Peru continua lá.

O muro em Buenos Aires entre a favela Rodrigo Bueno e o chique Puerto Madero continua lá.

O muro entre o Marrocos e a Espanha que impede os imigrantes de entrar continua lá.

.

Os muros, por Eduardo Galeano:

Leia também:
Coletânea de textos: EUA são a verdadeira ameaça à paz mundial

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: