Bom sinal: Reinaldo “rola-bosta” Azevedo e Gilmar Mendes estão “p” da vida com o STF

Gilmar_Mendes121_Reinaldo_Azevedo

Gilmar e Reinaldo estão juntos no golpe.

DERROTADO NO GOLPE, REINALDO SE REVOLTA COM STF
Via Brasil 247 em 17/12/2015

O blogueiro de Veja.com, Reinaldo Azevedo, não gostou do resultado do julgamento do Supremo Tribunal Federal na quinta-feira, dia 17/12, que, praticamente, enterrou o golpe liderado por Eduardo Cunha contra a presidente Dilma Rousseff.

“Eu combati, sim, a indicação de ambos. No caso de Dias Toffoli, há muito apontei a seriedade de seus votos. Hoje, não é diferente. Igualmente, destaque-se a qualidade do trabalho do relator, Edson Fachin. Elogio porque concordam comigo? Não! Elogio porque se amparam em textos legais. Roberto Barroso tem opiniões. Nada mais. Marco Aurélio tem opiniões e ironias. Celso de Mello não conseguiu nem mesmo dizer em que artigo da Constituição se amparava”, criticou.

Segundo o blogueiro, “ministros do Supremo estão brincando com fogo”. “É uma pena que seja a carne alheia a queimar caso sejam bem-sucedidos na sua irresponsabilidade”, afirmou.

***

DERROTADO, GILMAR APONTA “BOLIVARIZAÇÃO DO STF”
Via Brasil 247 em 18/12/2015

O ministro do Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, comentou na sexta-feira, dia 18/12, a decisão da corte por barrar o rito do processo da presidente Dilma Rousseff estabelecido pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB).

“Existe um projeto de bolivarização da Corte. Assim como se opera em outros ramos do estado, também se pretende fazer isso no tribunal e, infelizmente, ontem tivemos mostras disso”, afirmou.

Gilmar chamou de “artificialismo” a decisão contrária à proposta de Eduardo Cunha. “Vamos fazer artificialismos jurídicos para tentar salvar, colocar um balão de oxigênio em quem já tem morte cerebral”, comentou.

Assim como o relator, Luiz Edson Fachin, e o ministro Dias Toffoli, Gilmar Mendes foi voto vencido ao defender a validade da eleição em voto secreto para formação da comissão especial do impeachment, e a formação da chapa avulsa, indicada pela oposição.

O voto de Fachin teve os principais pontos contestados pela maioria dos ministros do STF, numa divergência aberta pelo ministro Luís Roberto Barroso, que foi acompanhado por Teori Zavascki, Rosa Weber, Luiz Fux, Cármen Lúcia, Marco Aurélio Mello e Ricardo Lewandowski.

Ficou definido que a Câmara autoriza, mas é o Senado que decide se instaura o processo de impeachment. E só depois de o Senado decidir, a presidente Dilma seria afastada do cargo. “Decidir sobre o afastamento do presidente é função privativa do Senado”, reforçou Lewandowski (leia mais).

Leia também:
Coletânea de textos: Gilmar Mendes, o defensor-geral do retrocesso
Após resistir às chantagens e ao banditismo, finalmente Dilma iniciará seu 2º mandato
Câmara já discute quem será o substituto de Eduardo Cunha na presidência da Casa
Direita brasileira: Não aprendem nada, não esquecem nada

Renan Calheiros responsabiliza Temer por grande parte da crise política
Paulo Moreira Leite: Povo tirou país do abismo
Recordar é viver: A mídia soltou rojões por Eduardo Cunha
Paulo Moreira Leite: STF virou Fachin e Cunha do avesso
Cunha e golpistas perderam: Saiba como foi a votação do rito do impeachment no STF
O STF dirá: “Sim, Cunha é criminoso, mas nós somos covardes?”
Dilma fala em “golpe” e em “invenção de motivos”
Tem como impichar a burguesia?
Finalmente, Janot pede afastamento de Cunha da Câmara de Deputados
11 a 9: Apesar da tropa de choque golpista, Conselho de Ética decide investigar Cunha
Saiba quem são os golpistas da tropa de choque que blinda Eduardo Cunha na Câmara
Bandidagem: Ex-relator do processo contra Cunha diz que teve medo de ser morto
Uma comissão à imagem e semelhança de Eduardo Cunha
Um novo cenário na batalha do impeachment
Moniz Bandeira sobre o impeachment: “Wall Street está por trás da crise brasileira”
Governo ilegal e ilegítimo trará onda de revoltas
As diferenças do processo de impeachment de Dilma e de Collor
Eduardo Cunha vai ser afastado pelo STF
Ex-relator de Cunha na Comissão de Ética diz que recebeu oferta de propina
Quem orientou a tropa de choque de Eduardo Cunha foi um servidor da Corregedoria
Janio de Freitas: Eduardo Cunha no Planalto
Guilherme Boulos: O impeachment, Temer e Dunga
Lula denuncia golpe em evento internacional
Deputado protocola pedido de impeachment de Michel Temer
Em 12 anos, novo líder do PMDB aumentou patrimônio em 56 vezes
Bandidagem: Um terço da comissão especial pró-impeachment responde por crime no STF
Temer assinou decretos de pedaladas fiscais: Matéria do Estadão provocou a carta
Vídeo: Temer não pode brincar senão lascam impeachment nele
Carta de Temer a Dilma revela um homem vaidoso, magoado e disposto a tudo
Michel Temer terá de decidir como pretende entrar para a história
Paulo Moreira Leite: Michel Temer gastou R$10,7 bilhões sem saber por quê?
Fora Cunha: 205 milhões de brasileiros nas mãos de um psicopata
A ficha suja dos defensores do impeachment de Dilma
Na lata de lixo da História, há um lugar especial para o PMDB atual
STF: Fachin freia golpe de Eduardo Cunha
Gregório Duvivier: O certo, o justo e o imbecil
Mauro Santayana: O impeachment e a divisão da oposição
Paulo Pimenta responde carta de Michel Temer: “Meia aliança é meia traição.”
STF: Fachin freia golpe de Eduardo Cunha
O pior dia para Eduardo Cunha deflagrar o impeachment
Truco no Congresso: Eduardo Cunha blefa sobre impeachment de Dilma
Leandro Fortes: A direita brasileira é louca por Cunha
Cunha deflagrou o golpe após sinal que Janot pediria seu afastamento
A farsa de Cunha, jihadista da direita corrupta

4 Respostas to “Bom sinal: Reinaldo “rola-bosta” Azevedo e Gilmar Mendes estão “p” da vida com o STF”

  1. Marcos Ferreira Pinto Basto Says:

    Nesta confusão provocada pela irresponsabilidade criminosa do Eduardo Cunha, culpo muito o PT e Lula por não terem liderado um movimento nacional para correr com esse ladrão muito corrupto do congresso nacional! Têm os meios para fazer um movimento nacional, não o fizeram por algum interesse escuso.

  2. daysens Says:

    Havia, no passado, um certo jargão que nos definia como país não sério.
    Infelizmente, a despeito de estarmos em pleno século XXI e de termos superado tantas dificuldades, enquanto povo, constatamos que há, ainda, alguns, que teimam na velha visão e velha prática.
    Fico perplexa ao ver o chamado”Cunha”, que tem contra si tantas e gravíssimas acusações, continuar falando e agindo como se um fosse Deus Grego da Moralidade Absoluta, acima do bem e do mal. Enfim, como se fosse o exemplo maior da moralidade deste País.
    Há que se dar um basta a todo esse teatro do absurdo, urgentemente. Que o Povo fique atento!!!!!!

  3. Valder Santos Says:

    INTERESSANTE VÊ QUE GILMAR MENDES DIZ QUE OS QUE VOTARAM PARA BARRA A MANOBRA DE CUNHA É ILEGAL, ILEGAL SERIA DEIXA DE OBEDECER UM RITO QUE JÁ FOI USADO NO CASO DO IMPEACHMENT DE COLLOR, PORTANTO JÁ EXISTE PARÂMETRO LEGAL, PARA DEIXA QUE FOSSE LEVADO ADIANTE UM RITO INVENTADO POR CUNHA QUE ALEM DE TER SIDO OPORTUNISTA AO PEDIR O IMPEACHMENT, QUIZ CRIAR UMA COMISSÃO QUE NÃO LEVAVA EM CONTA O CONTRADITÓRIO, POIS UMA COMISSÃO ELABORADA APENAS COM MEMBROS DA OPOSIÇÃO NÃO TERIA ISENÇÃO NEM CUIDADO DE SE INVESTIGAR OS FATOS E SIM SERIA MERAMENTE PARA EXECUTAR O IMPEACHMENT. SE EU TINHA ALGUMA DUVIDA DE QUE GILMAR MENDES É UM MEMBRO DA DIREITA NO SUPREMO, E QUE NÃO LEVA EM COTA O QUE ESTA CERTO OU ERRADO PARA DAR SEU VEREDITO QUANDO ESTE SE REFERE A ESQUERDA, AGORA NÃO TENHO NEM UMA.

  4. pintobasto Says:

    Que se pode esperar desses dois, expoentes máximos do lixo humano que emporcalha a sociedade brasileira? Essa fuinha deslambida cheia de traumas que vêm desde a infância que o tornam um terráqueo muito azedo, não tem um artigo onde não destile todo o veneno que guarda na cornadura muito frágil, tão frágil que não aguenta um par de chifres. Está livre disso também porque não existe mulher no mundo que suporte um problemático arremedo de jornalista de esgoto.
    E Gilmar Mendes, um cangaceiro que tirou o curso de direito e virou doutor por algum milagre pedagógico alemão, prestou-se a trabalhos sujos na Privataria Tucana e foi premiado com a nomeação para ministro do STF, um cangaceiro no alto do poder judiciário. Quantos crimes já cometeu como cangaceiro ministro? Dois bem conhecidos!
    Dois lixos cheios de veneno!

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: