As diferenças do processo de impeachment de Dilma e de Collor

Dilma_Charge02_Aroeira

Gustavo Castañon, lido no Esquerda Caviar em 11/12/2015

O VICE
Collor:
Itamar era reconhecido generalizadamente como homem honesto e nem falava com a imprensa no processo.
Dilma: Temer é reconhecido generalizadamente como corrupto e chefe do partido mais corrupto do país, líder do golpe.

O FATO
Collor:
Ficou provado que Collor tinha recebido dinheiro do operador da corrupção do governo para pagar despesas pessoais.
Dilma: Está provado que a “pedalada” foi no mandato passado, e só se configuraria crime se o congresso assim interpretar. Não é desvio de dinheiro público e é praticada no Brasil todos os anos desde o início do Banco do Brasil há 200 anos.

A REPRESENTAÇÃO
Collor:
Representava a si mesmo e a classe média alta viúva da ditadura, que em grande parte o abandonou.
Dilma: Representa o maior e mais capilarizado partido do país, um dos únicos orgânicos. Ainda representa boa parte dos movimentos sociais.

A SOCIEDADE CIVIL ORGANIZADA (OAB, CNBB, ABI, Sindicatos, UNE…)
Collor:
Todas pelo impeachment.
Dilma: Todas contra o impeachment.

OS JURISTAS
Collor:
Todos pelo impeachment.
Dilma: Maioria ampla contra a legalidade do impeachment.

O CONGRESSO
Collor:
os mais honestos apoiavam o impeachment.
Dilma: os piores quadrilheiros, bandidos e psicopatas do país apoiam o impeachment.

O APOIO
Collor:
Isolado.
Dilma: Dois terços dos governadores, sociedade civil, mais da metade dos partidos, Nordeste, esquerda.

RESULTADO
Collor:
fortalecimento da democracia.
Dilma: metade da sociedade brasileira descobrindo que nossa democracia é uma farsa.

CONCLUSÃO
Vai dar merda dessa vez. Muito grossa.

Leia também:
● “Situação agora é diferente”, diz autor de pedido de impeachment de Collor
O erro colossal que é confundir Dilma com Collor

Uma resposta to “As diferenças do processo de impeachment de Dilma e de Collor”

  1. Mauro Garcia (@pemaurong) Says:

    Estão bem evidentes, as diferenças. É, até bem racional; mas, tem gente que, parece, é meio irracional… preferem correr o risco de voltar desgraça que era nas décadas de 80-90 ou, talvez, até milhão de vezes pior…

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: