Manifestantes cercam Haddad e Suplicy e gritam: “Aqui é a terra dos coxinhas.”

Via Revista Fórum em 24/10/2015

O jornalista e amigo Bruno Torturra acaba de reproduzir no seu perfil do Facebook um vídeo feito pelo Fluxo que dá a dimensão do grau de intolerância dos manifestantes antipetistas.

Eles foram até a Livraria Cultura, na entrevista ao vivo que o prefeito Fernando Haddad deu à Rádio CBN, para agredir verbalmente e ameaçar o prefeito Haddad.

Foi um show de horrores, como você pode ver abaixo. Mas no meio de toda a barbárie, uma cena é reveladora. Uma mulher de meia idade, completamente ensandecida, grita: “Aqui é trabalho, aqui é terra dos coxinhas”.

Você pode ficar puto, com raiva, mas eu lhe recomendo dar risada.

Afinal, esse pessoal só pode estar brincando.

Eles não podem estar fazendo tudo isso pra que a gente lhes leve a sério. Até porque isso significaria processar cada um deles por constrangimento público.

Aliás, o prefeito e o ex-senador Suplicy bem que poderiam pensar se não é o caso.

***

CBN_Logo02_Troca

PREFEITO HADDAD CALA A CBN, A RÁDIO QUE TROCA A NOTÍCIA
Boa parte das promessas não se realizou: quá, quá quá!
Paulo Henrique Amorim, via Conversa afiada em 24/10/2015

O prefeito Fernando Haddad não tem o que temer.

Foi à CBN – a rádio que troca a notícia – enfrentar um pelotão de fuzilamento com a âncora Fabiola Cidral.

A Fabiola tem uma vocação: tomar o lugar o William Bonner e interromper o entrevistado, falar mais do que ele e truncar a resposta quando começa a ser entubada.

Foi o que o Bonner fez, quando falou mais do que a Dilma.

A Fabiola, com aquela vozinha de vítima de gripe suína, deve ter esse sonho secreto.

A Fabiola levou para atirar no Haddad uma estrela da GloboNews, que em boa hora saiu da Fel-lha: a Renata Lo Prete.

Ela vai ficar na campana do William Traaack no jornal da globo, aquele que não tem hora pra começar.

Renata Lo Prete fez uma pergunta sobre o que o Haddad prometeu na campanha.

A certa altura, a Lo Prete, com aquela vozinha de cana rachada, disse assim: boa parte não saíram…!

Boa parte não “saíram”, Lo Prete?

Que feio!

O Kamel não vai gostar!

O Waaack vai contar pra todo mundo…

Haddad mostrou, por exemplo, que a promessa mais difícil, construir hospitais, foi e será cumprida!

Nenhum, NENHUM prefeito fez três hospitais em São Paulo, simultaneamente.

E o Haddad fez um e vai entregar mais dois.

A Fabiola e a Lo Prete são, como demais os colonistas pigais, uma espécie de “lampião da moralidade”.

Elas acendem a luz sempre que o PT desliza.

Sobre o PSDB… não vem ao caso.

O Haddad, aí, de novo, deu uma surra.

Ele criou uma estrutura de combate à corrupção, sob o comando de um membro do Ministério Público – Roberto Porto –, que já desbaratou uma quadrilha que roubou R$500 milhões da Prefeitura.

Ele já multou R$200 milhões.

Demitiu, botou os gatunos na cadeia e vai buscar todo o dinheiro de volta.

A Lo Prete se esqueceu que “boa parte” dos Governos Cerra e Kassab (quando vice do Cerra)… boa parte não FIZERAM nenhum combate à desenfreada corrupção corrente.

E essa corrupção desenfreada ela não denunciava quando trabalhava na Fel-lha e tratava o Cerra com tapete vermelho, numa colona chamada Painel…

O Haddad não tem o que temer.

Dessa turma não sai nada.

Só gritam.

Com vozinha fanhosa.

Em tempo: a CBN encheu a plateia de adversários raivosos do Haddad, que berravam e vaiavam. Haddad também não tinha o que temer. E disse à Lo Prete, por exemplo, que defender a moral de um homem público – honesto – é um dever do governante, porque a moral de um homem público não é patrimônio dele – mas, nosso, da sociedade. É um raciocínio muito sofisticado para uma colonista, como ela, que usa a palavra “agregada”. A não “agrega” nada de original…

Leia também:
Nasce uma nova classe: A lumpemburguesia
Os sites e os blogueiros que fazem a cabeça da mulher que agrediu Suplicy
Coletânea de textos: Prefeito Fernando Haddad enfrenta a máfia demotucana

2 Respostas to “Manifestantes cercam Haddad e Suplicy e gritam: “Aqui é a terra dos coxinhas.””

  1. Eliane Barroso Says:

    Louca, o seu lugar é no hospício! E a terra dos coxinhas é a terra das grande maracutaias, vide SABESP. Isso não é trabalho!

  2. Eliane Barroso Says:

    Louca, seu lugar é o hospício! A terra dos coxinhas é a terra que acolhe grandes maracutais, isso sim, e isso não tem na tem nada a ver com trabalho: Vide SABESP!!!!

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: