Por que o PSDB se cala diante da corrupção no Paraná?

Beto_Richa32

“Todos os escândalos de corrupção têm pessoas próximas a Richa. Mistério…”
Requião Filho, via Blog do Esmael em 2/4/2015

Estamos cansados de tanta incoerência e tantos escândalos de corrupção no Paraná. O PSDB Nacional pediu o impeachment de Dilma por menos do que tenta agora o atual DESgoverno do Paraná. Encaminhei um ofício aos líderes do PSDB nacional – Álvaro Dias, Aécio Neves e Carlos Sampaio – solicitando um posicionamento e uma atitude em relação à contradição adotada pelo governador Beto Richa. Após a aprovação da Lei de Diretrizes Orçamentárias, ele copiou a manobra nacional para adequar o resultado ao rombo das contas que promoveu no estado em 2014, para garantir a aprovação do Tribunal de Contas. Ele não cumpriu o que prometeu e agora quer anular o que disse jogando para nós, deputados estaduais, a aprovação desta imoralidade.

É necessária uma interferência imediata da cúpula do PSDB no Estado do Paraná, no intuito de vetar que o governador aplique tal manobra, considerada ilegal e imoral com a população paranaense. A atitude adotada pelo DESgovernador PSDBista não apenas coloca em xeque o discurso de seu próprio partido, mas é capaz de rotular como “mentiroso” todo o trabalho realizado pelo PSDB Nacional para evitar as alterações propostas pelo Executivo Federal.

O atual DESgoverno traiu o povo do Paraná. Após anos de propaganda mentirosa e um dos maiores estelionatos eleitorais da história política do Paraná… o famoso “o melhor está por vir” quando ele sabia que o Estado estava quebrado e agora cobra de nós paranaenses a conta de sua incompetência. Ontem entrou em vigor o aumento de impostos para mais de 95 mil produtos de consumo popular (alimentos, medicamentos, produtos de higiene e uso doméstico, calçados, vestuário, madeira, eletrodomésticos, dentre outros). Esse é o resultado do primeiro “pacotaço” do governador, aprovado em comissão geral na Assembleia Legislativa, no dia 10 de dezembro do ano passado!

O segundo pacotaço que levou o Paraná a praticamente uma greve geral e teve que ser retirado às pressas da ALEP, com a promessa que não voltaria a ser apresentado e o que voltasse seria discutido agora volta fatiado, camuflado e sem ter sido discutido com a sociedade. A manobra continua. Vem aí o próximo capítulo da novela “O pacotaço”. O cenário será o mesmo, a Assembleia Legislativa do Paraná.

Além de todas estas incongruências, a corrupção se avizinha do Palácio Iguaçu. Notícia em cima de notícias demonstram que o Desgovernador não sabe escolher seus amigos e conselheiros. Todos os escândalos de corrupção, misteriosamente e de maneira suspeita, envolvem pessoas próximas ao governador… envolve do primo ao copiloto de seu carro de corrida passando pelo fotografo tatuado.

Está na hora dos políticos do Paraná mostrarem que estão do lado do povo e deixarem sua marca, ou serão fatalmente eliminados nas próximas eleições, como em paredões de reality shows, seguindo esquecidos e anônimos no meio da multidão.

Chega de enrolação!!! Vamos lançar um movimento contra a corrupção no Paraná, um moimento à favor da investigação das ligações entre os escândalos que tornam o nosso Estado notícia no Jornal Nacional e suas ligações com o atual governo.

Vamos divulgar e noticiar os nomes daqueles que se opõe à corrupção e aqueles que se calam diante dela.

A distância entre o discurso e a prática é grande. Fala-se muito em combate a corrupção, mas as atitudes não correspondem aos discursos.

Queremos CPI da Receita, queremos a CPI da Corrupção.

Termino a coluna de hoje com um texto de Maiakovski para a reflexão de vocês.

“Na primeira noite eles se aproximam
e roubam uma flor
do nosso jardim.
E não dizemos nada.
Na segunda noite, já não se escondem:
pisam as flores,
matam nosso cão,
e não dizemos nada.
Até que um dia,
o mais frágil deles
entra sozinho em nossa casa,
rouba-nos a luz, e,
conhecendo nosso medo,
arranca-nos a voz da garganta.
E já não podemos dizer nada.”

Requião Filho é advogado, deputado estadual pelo PMDB, vice-líder da oposição na Assembleia Legislativa do Paraná, especialista em políticas públicas.

Leia também:
Doleiro confirma ter financiado Álvaro Dias, mas, para a mídia, o tucano “não vem ao caso”
Álvaro Dias prevaricou?
“Coincidências tucanas”: Informante da Lava-Jato é suplente de Dias, parente de Moro e dono da Globo/PR
Álvaro Dias também andou no jatinho do mesmo doleiro, mas não virou notícia. Por quê?
Vídeo: Estudantes expulsam senador Álvaro Dias após palestra sobre “ética”
Luciano Martins Costa: O jatinho do doleiro e os limites da indignação da imprensa
Álvaro Dias surtou de vez
Justiça condena Álvaro Dias por não pagar pensão a filha fora do casamento
Álvaro Dias, o Tio Patinhas do Paraná, há anos omite sua fortuna
Álvaro Dias sobre o governo tucano no Paraná: “Gastaram fortunas em publicidade enganosa.”
Pelo Twitter, Álvaro Dias diz não temer abutres… Ele não teme a si próprio
Pinóquio do Paraná: Receita Federal flagra o ficha suja Álvaro Dias no Imposto de Renda
BotoxGate: O milionário Álvaro Dias esteve na privataria tucana da Telepar
8 perguntas para Álvaro Dias: Tem cheque do Cachoeira na venda das casas?
A Veja entregou o milionário tucano Álvaro Dias sem querer
Vídeo: Para Álvaro Dias, o pastor-estuprador Marcos Pereira é um enviado de deus
Paraná: Ademar Traiano, um presidente da Assembleia Legislativa a serviço de Beto Richa
Massacre: Polícia do tucano Beto Richa deixa centenas de servidores públicos feridos no PR
Após mais de 200 feridos, Assembleia do PR aprova confisco de dinheiro dos servidores
O relato de um jornalista de Curitiba sobre a pancadaria policial de 29 de abril
“Beto Richa não tem mais condições de governar o Paraná.”
Desenhando: Protestos contra o PT × protestos contra o PSDB
Cuidado, direitopata!: Eurico Schwinden, vulgo Brasilianas, é um troll desqualificado e pau-mandado dos tucanos
O assaltante de banco Aloysio Nunes justifica massacre de Curitiba: PM cumpriu seu papel
Com saldo de mais de 200 servidores feridos, governo do Paraná culpa manifestantes
Paraná: “Ajuste fiscal” na porrada e na bala
A história dos PMs que se recusaram a bater nos professores era boa demais para ser verdade
Em vídeo, governo do Paraná comemora o massacre contra professores
Hei de vencer, mesmo sendo professor
Guilherme Boulos: A legitimidade da greve dos professores
Luciano Martins Costa: O “confronto” de Curitiba
O infame Beto Richa, o governador do Paraná
Paraná: Genealogia de um massacre
Após uma semana do massacre, Alep condecora Richa com título de “Governador dos Trabalhadores”
Após repercussão negativa, Alep cancela título de “Governador dos Trabalhadores” a Richa
Paraná: Cai o responsável pelo massacre de Richa
República do Paraná tenta cartada final
Bandeira de Mello: Beto Richa tem de responder pelo massacre; a sanção natural é seu impeachment
Beto Richa recebeu R$2 milhões em desvio da Receita, diz jornal
Auditor comprova verba de corrupção em campanha do tucano Beto Richa
PSDB prova do próprio veneno
Richa diz que esposa não é corrupta porque “tem berço” e é religiosa
Os amigos complicam Beto Richa
Operação Publicano: O mais novo escândalo tucano esquecido

3 Respostas to “Por que o PSDB se cala diante da corrupção no Paraná?”

  1. Luiz Parussolo Says:

    A história é longa sobre a formação do PSDB.
    Lá nos idos do império os barões do café, do leite e da cana de açúcar criaram os filhinhos de barões, esses barõezinhos criaram positivistas e comtistas criaram o filhinhos de Comte; esses criaram os filhinhos os filhinhos amigos dos gringos americanos, não mais franceses e de Karl Marx; esses criaram os filhinhos do pó e da cachaça; esses criaram o PSDB. Todos hereditariamente amigos do alheio, do erário, do escravagismo, do ecletismo, do edonismo, do xenofilismo, do poder e inimigos mortais do trabalho e da criação por não portar apriorismo e razão.

  2. pintobasto Says:

    Só dá ladrão por todo o Brasil, mas um dia aparece um novo Lampião para fazer uma limpeza na Nação! Até rima!

  3. Eliane Barroso Says:

    E eles vão confessar as suas mazelas???? Se estivéssemos falando de pessoas íntegras, até podia ser, mas não é o caso!!! Eles preferem esconder tudo lá embaixo do tapete!

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: