TSE aprova criação do legítimo “partido coxinha” do país

Novo_Partido02_Diretrizes

Sintoma desses tempos de avanço conservador, o “Novo” se posiciona à direita da direita e tem Rodrigo Constantino como intelectual orgânico.

Najla Passos, via Carta Maior em 17/9/2015

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou na terça-feira, dia 15/9, a criação do Partido Novo, o 33º do país, que será representado pelo número 30. Embora se apresente como o partido capaz de fazer política de uma forma vanguardista, o “Novo” é a verdadeira síntese destes tempos sombrios de avanço conservador e despolitização levada ao extremo.

Seus “valores” parecem não fazer muito sentido, mas dialogam com o sentimento difuso dos revoltados on e off-line que andam a protestar pelas ruas: não aceita dialogar com a política partidária tradicional, mas se registra conforme as regras traçadas pelos demais e aspira jogar o mesmo jogo; não aceita classificações ideológicas clássicas, mas se posiciona claramente à direita da direita.

Por isso, conquistou uma grande e rápida capilaridade. Em menos de um ano, reuniu quase 500 mil certidões reconhecidas em cartório de eleitores dispostos a se filiarem na nova sigla, número suficiente para atender às exigências da legislação eleitoral. Conseguiu formar diretórios em nove estados: São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Distrito Federal, Mato Grosso, Roraima, Ceará e Rio Grande do Sul.

Seus membros não são pessoas ligadas à política partidária tradicional que se orgulham de dizer que são pessoas do mercado. Dentre os 181 membros fundadores, a maioria é de administradores, engenheiros, estudantes, advogados, médicos, economistas, empresários e arquitetos, nesta ordem. Atendem ao típico perfil coxinha: nível superior, renda superior e pouco entendimento do que é a vida para quem pega ônibus para chegar às periferias.

O presidente é João Dionísio Amoêdo, 52 anos, engenheiro civil pela UFRJ e administrador de empresas pela PUC/RJ. Trabalhou no Citibank, BBA Creditanstalt, Finaustria e Unibanco. O vice é Fábio Luís Ribeiro, 38 anos, administrador de empresas pela Faap e mestre em Economia pela Università Bocconi em Milão. Trabalhou na TAM, no iG e no Credit Agricole e foi empreendedor do setor aeronáutico. Hoje é gestor do fundo de investimentos Neptuno.

Novo_Partido01_ConstantinoComo todo partido que se preza, o “Novo” também já cuidou de conquistar o seu intelectual orgânico: Rodrigo Constantino (foto), o colunista da revista Veja que, em artigo saudando o partido, publicado no site da revista na quarta-feira, dia 16/9, afirma que o “Novo” é diferente porque todos os partidos que existem hoje no Brasil são de esquerda. “Sim, até o PSDB, caro leitor desavisado”, defende ele.

Vanguarda do atraso
A despeito do nome, o partido bebe no liberalismo que foi vanguarda sim, mas lá no século 18, nos tempos de Adam Smith e a sua obra clássica A riqueza das nações. Os filiados ao “Novo”, que preferem ser chamados de “sócios”, acreditam naquela mítica mão invisível do mercado, capaz de reger todas as relações humanas com os melhores resultados possíveis. Para eles, a defesa da propriedade privada é um valor em si mesmo. A falácia de que tudo o que é privado é melhor do que público, também.

Formado genuinamente por universitários que, desde a redemocratização, escutam o mantra neoliberal que tomou conta da academia brasileira, os “sócios” do “Novo” são favoráveis ao estado mínimo, praticamente sem nenhuma função social. Conforme o site do partido, de todos os serviços previstos como essenciais pela Constituição Federal, o único que o “Novo” concorda que fique nas mãos do Estado é a educação, e mesmo assim apenas o ciclo básico.

Contraditoriamente, porém, seu presidente afirmou, em entrevista concedida às páginas amarelas de Veja, em novembro do ano passado, que o Bolsa Família é o melhor programa social em execução no país, porque permite ao cidadão decidir como irá gastar o subsídio do Estado. Segundo ele, o ideal é que o mesmo fosse feito com saúde e educação: o Estado fornecesse o crédito e o cidadão escolhesse em qual serviço privado iria emprega-lo. Constantino aplaudiu no seu artigo semanal.

Na mesma entrevista, o presidente que odeia o Estado paternalista, mas aprova o Bolsa Família, rechaçou as cotas raciais e sociais. Segundo ele, as cotas dividem a população e estabelecem privilégios. Para o “Novo”, justiça social só se faz com meritocracia, aquele sistema no qual os que historicamente têm mais acesso e oportunidade sejam premiados por isso e se mantenham eternamente nas posições de poder. O “filósofo” do grupo, Rodrigo Constantino, chega a pregar que “desigualdade social não é problema”, já que alguns se esforçam mais do que outros.

Mas as cotas não são o único tema no terreno dos costumes que desvela o conservadorismo do “Novo”. O partido fala muito em defesa dos direitos individuais, mas sequer tem a coragem de manifestar posição sobre temas como aborto, drogas ou casamento entre pessoas do mesmo sexo. “Entendemos a importância de temas como esses, mas vamos focar, prioritariamente, na discussão de assuntos ainda mais relevantes, como, por exemplo, o papel do Estado, a eficiência da gestão, a atuação dos governantes, as políticas econômicas e outros”, justificam no site.

Leia também:
Militantes anti-Dilma são nomeados para cargos de confiança no governo federal
Pequeno guia do ódio ingrato da elite a quem a tratou muito bem
Boaventura Sousa Santos: “Classe média é ingrata e não será leal a outros governos.”
Aécio é o “pai adotivo” do advogado que ameaçou Dilma
“Impotentes e frustrados” são os mais agressivos na internet, diz psicóloga
Senso de justiça pequeno burguês
Candidato do PSDB que quer matar Dilma reitera ameaça em novo vídeo
Candidato do PSDB que prometeu “arrancar cabeça de Dilma” terá de reafirmar ameaças à PF
Faltava alguém dizer em público que vai matar Dilma e arrancar sua cabeça. Não falta mais.
As 10 frases mais polêmicas (ou idiotas) de Jair Bolsonaro
“Só por hoje” não serei analfabeto político
O estranho caso dos vários nomes do fundador do Movimento Brasil Livre
Coxinha esconde placa de carro para burlar leis de trânsito
Carlinhos Metralha: Torturador do Dops vira celebridade em ato contra o governo
Luis Fernando Verissimo: Manifestantes não sabem o que querem
Leonardo Sakamoto: Leia o texto e saiba se você precisa de um médico
Antonio Lassance: Impeachment não é recall
Aécio Neves protesta contra a corrupção estacionando carro em local proibido
Beth Carvalho aos golpistas: “Minha voz e meu samba não os representa.”
Rio São Francisco: Em discurso de ódio, internauta diz que “Dilma tem que ‘morre’ afogada sexta feira”
16 de agosto: Não era amor, era cilada
Quando a direita golpista encontra o Estado ampliado
Imperdível: Vídeo sintetiza o pensamento dos coxinhas
16 de agosto: Elite perfil Versace
Fotos mostram o nível dos “manifestantes” que querem mudança
Corrupto pede prisão aos corruptos e é atendido
Outro retardado online: Blog tem guia de como estuprar aluna da USP
A direita abraça as redes sociais
A ditadura vista da janela da escola
Marilena Chauí: A ditadura militar iniciou a devastação da escola pública
Golpistas usam mentiras na rede para inflar protesto anti-Dilma
Paulo Teixeira: Solidariedade aos haitianos
E não é que o bandido que humilhou o haitiano era mesmo bandido?
Quem está celebrando o ataque brutal contra os seis haitianos?
A escalada do ódio
Ódio: Atriz transexual que se “crucificou” em parada LGBT é esfaqueada
Flávio Aguiar: No Brasil, o buraco é mais em cima
PSTU bate panela junto com a pequena burguesia fascista
Guilherme Boulos: A política vai às ruas
E aí ministro Cardozo? Nos EUA, homem é detido por ameaçar Obama no Facebook
Só os diferenciados: Bairros da periferia de São Paulo não aderem a panelaço contra PT
Aos paneleiros: Programa do PT de quinta-feira, dia 6 de agosto
Os 11 princípios de Joseph Goebbels, o ministro da propaganda nazista
O fascismo não virá, ele já está
Não chame um nazista de nazista: A reação da extrema-direita a uma nota de jornal
Vídeo: Festival Internacional do Coxinha (Fico)
Documentário: O Negócio da Revolução
Luis Fernando Verissimo: Quando vamos acordar para a barbárie golpista que ameaça o Brasil?
Ódio: A dignidade feminina é atacada nas redes sociais
Dilma chamou golpistas pra briga. Vão encarar?
Um grupo de criminosos, chefiado por um advogado, pede a morte de Lula no Facebook
Um texto para quem respeita o Direito no Brasil
Vídeo: Não somos nazistas!
Os extremistas “descobriram” quem orquestrou os ataques a Maju Coutinho: seu marido
Ação de fascista contra Dilma nos EUA foi montagem?
A influência de Danilo Gentili no caso de racismo contra Maju Coutinho
500 anos de perversidade geraram o povo mais ignorante do mundo
Três respostas sobre a direita brasileira
A moça do tempo, o racismo e o ódio nas redes sociais
Verônica Serra, Mercado Livre e a punição para quem fez adesivo misógino contra Dilma
Como alguém pode fazer um adesivo tão ofensivo contra Dilma e não ir pra cadeia?
Luis Fernando Verissimo: O ódio está no DNA da classe dominante
Leandro Fortes: “O discurso do ódio foi construído pela mídia e pela oposição que ela tenta colocar no poder.”
Mico ou sinal dos tempos?: Jornazista, ameaçada por Chaves (o Chapolim, não o Hugo), vira madrinha do pelotão
Conservadores dos EUA financiam a nova direita latino-americana
“O pior analfabeto é o analfabeto político”: A atualidade de Bertold Brecht
Kim Kataguiri, o “defensor da democracia”, quer uma arma
Mauro Santayana: Os pilares da estupidez
Os “defensores da liberdade de expressão” atacam novamente
No Brasil, há um surto de hipocrisia
A ficha suja dos defensores do impeachment de Dilma
A “imparcialidade” do procurador do TCU que pediu a rejeição das contas de Dilma
Descolados e coxinhas 2.0 gourmetizam festas juninas
Líder do Revoltados Online quer “pegar Lula” na Bahia
Marcelo Rubens Paiva: O movimento coxinha micou
Analista alemã confirma: EUA manipulam “protestos” em todo mundo
E não é que o bandido que humilhou o haitiano era mesmo bandido?
Guilherme Boulos: A direita e a falácia do caviar
Marcha pela “paz”, alma de Herodes
Racismo: A cria do ovo da serpente
A mão que ajuda o facismo
Leandro Fortes: A balada de Kim Kataguiri
Bandidos da facção Revoltados Online atacam com deputados petistas na Câmara
Kim, você é contra o Estado, mas ainda bem que o Samu te socorreu, né?
Marcha dos coxinhas: O mico da “coluna Aécio”
A cultura do ódio na internet e fora dela
Na marcha dos coxinhas a Brasília, quem andam são os carros e o ônibus de apoio
Parecer entregue por Reale Jr. a Aécio descarta impeachment de Dilma
Vai vendo o nível: Musa do impeachment serve champanhe e caviar ao próprio cachorro
Quem inspira os jovens conservadores que protestam contra Dilma e a esquerda?
Pesquisa confirma: Quem foi às ruas não foi “o povo”, mas leitores reaças da Veja
Vitória (ES): Líder do “Vem Pra Rua” batia o ponto na Câmara e ia para casa
Apoiadores de Dilma emplacam hashtag #AceitaDilmaVez entre mais usadas do mundo
O fracasso dos protestos encerra, enfim, o terceiro turno
Protestos de 12 de abril: Esvaziamento de público e de pautas
Paneleiro contra a corrupção vende pontos da CNH
Lula deu uma surra no panelaço
Tremei, paneleiros. Lula está de volta às ruas!
A neodireita preconceituosa e as eleições
Nasce uma nova classe: A lumpemburguesia!
Vitória (ES): Líder do “Vem Pra Rua” batia o ponto na Câmara e ia para casa
É preciso “coragem” para chamar uma mulher de “vaca” da janela do prédio
O panelaço da barriga cheia e do ódio da elite branca
Paulo Moreira Leite: Panelaço virou panelinha
A revolta da varanda: Onde estavam os paneleiros antes?
Só pra quem tem estômago forte: Ecos das manifestações de 15 de março
Brasil surreal: O corrupto Agripino foi protestar por um Brasil melhor e sem corrupção
Por que a presidenta é execrada e os governadores são poupados?
O que está por trás da contagem de pessoas nos protestos?
Afinal, do que se trata? Simples: destituir Dilma e liquidar o PT.
Manifestações da middle class: Polifonia e ódio de classes dos “filhos da mídia”
“Nunca subestimem o ódio, o medo e a ignorância.”
Ricardo Melo: Dilma, a hora é agora
Os coxinhas, Paulo Freire e a ONU
Suiçalão: Lista do HSBC inclui artistas, cineastas e escritores do Brasil
Os reais motivos do inconformismo da elite reacionária
Propaganda: Reaça, a cerveja do coxinha homofóbico e reacionário
Suiçalão: Aécio lidera doações de donos de contas secretas do HSBC
Comportamento de coxinhas paulistanos é tema de análise sociológica
Manual de Ouro do Manifestante Idiota
Dicas para não pagar mico em tempo de manifestações
A revolução dos coxinhas e seus estranhos amigos
O futuro dos coxinhas do Leblon e dos Jardins
Neofascismo coxinha tenta virar ideologia
Mentira do Revoltados On-line: Viúva de Che Guevara recebe aposentadoria no Brasil há 10 anos
Golpe: Deputado denuncia o grupo fascista Revoltados Online
Revoltados Online: Hélio Bicudo se junta à extrema-direita
Saiba quem são os nazifascistas do grupo Revoltados Online
Ao calar Faustão, Marieta Severo deve ser a próxima global a receber ameaça de morte
Quanto tempo até que um crime de ódio como o da Carolina do Sul ocorra no Brasil?
Kim Kataguiri, o “defensor da democracia”, quer uma arma
Por que o assassinato de 9 negros não é considerado um ato de terrorismo?
O ódio continua: Petista Maria do Rosário foi ameaçada de morte em shopping
Neodilmismo: A súbita conversão de Jô Soares
O tamanho do ódio por Lula, Dilma e PT
Os “defensores da liberdade de expressão” atacam novamente
Os 30 anos de ódio ao MST nas páginas de Veja
Joaquim Barbosa é o grande expoente do ódio
Vinda de médicos cubanos reforça ódio ideológico ao PT
A Petrobras é o alvo do ódio, mas fingem que a defendem

Uma resposta to “TSE aprova criação do legítimo “partido coxinha” do país”

  1. Jésus Araújo Says:

    Sempre supus que o sr. Constantino fosse caolho (aquele cujos olhos olham para um lado só); agora, tenho certeza.

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: