Abril as pernas: Explicando o ataque de Veja a Romário

Del_Nero01_VejinhaVia Viomundo em 30/7/2015

ABRIL AS PERNAS
O lado sujo do futebol, 24 de março de 2015

A revista Veja São Paulo desta semana é um escândalo. Marco Polo Del Nero, novo presidente da CBF e nada neófito nos negócios do futebol, foi homenageado pela revista do Grupo Abril.

Na capa, ao lado do sugestivo título “O novo dono da bola”, Del Nero posa com uma reluzente chuteira dourada com um enorme símbolo da Nike, patrocinadora máster da CBF e motivo de inúmeras denúncias no mundo do futebol (destrinchadas em nosso livro).

A “reportagem” é descaradamente favorável ao dirigente. Clique aqui para ler a matéria, se tiver estomago.

A capa da Vejinha lembra a histórica edição da IstoÉ de julho de 2004, quando Rosinha Garotinho era governadora do Rio de Janeiro.

Para quem não se lembra, segue trecho de matéria da própria Veja em ataque à concorrente:

“A capa da edição da revista IstoÉ que chegou às bancas no dia 24 de julho, intitulada ‘Rio trabalhador’, trouxe evidências de que a publicação entrega a seus leitores material publicitário disfarçado de reportagem.

O informe publicitário com 21 páginas de elogios ao desenvolvimento do Estado do Rio de Janeiro chamou a atenção de dois jornalistas de veículos diferentes: Milton Coelho da Graça, do site Comunique-se, e os responsáveis pela coluna de Monica Bergamo, na Folha de S.Paulo.

O primeiro, em artigo veiculado no dia 26 de julho, pergunta: ‘Como uma revista pode ter credibilidade em suas reportagens investigativas enfiando no meio delas matérias pagas desse tipo?’.

Uma semana depois, a coluna de Monica Bergamo informou que a ‘reportagem’ de IstoÉ teria sido paga pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan).

Em carta a Veja, a Firjan explica o episódio, mas não melhora em nada a situação de IstoÉ. Fica claro que a revista usa métodos heterodoxos: a redação faz e o comercial cobra pelas reportagens.

A Firjan diz que um repórter de IstoÉ solicitou entrevista com seu presidente, Eduardo Eugênio Gouvêa Vieira, para uma ‘reportagem especial sobre o Rio de Janeiro’ e que, ‘depois da entrevista, o comercial da IstoÉ procurou a área de marketing da Firjan oferecendo espaço publicitário para apoiar a publicação’. O ‘jornalismo’ praticado por IstoÉ já rendeu à revista, em círculos bem informados, o apelido de QuantoÉ”.

Sobre o anúncio da Nike na capa da Vejinha, fica a pergunta: QuantoFoi?

PS do Viomundo: Pergunta que não quer calar, será que a capa lá atrás tem relação com o ataque mais recente da Veja a Romário, o presidente da CPI da CBF? Ou seria mera coincidência?

Leia também:
Repórteres da Veja saem do Facebook após serem desmascarados por Romário
Lula processa Veja por capa criminosa
A Veja é um partido político disfarçado de revista
Pedido de recuperação judicial: Editora Abril está agonizando
Paulo Villaça: A revista Veja e a magnitude da estupidez humana
Em 2014, Lauro Jardim, “colonista” da Veja, já achava que Eduardo Cunha era meio esquecido
A Editora Abril agoniza em praça pública
Marta desembarca do PT e vai direto para as páginas amarelas da Veja
Veja: Numa conversa entreouvida por um servidor…
Ricardo Melo: O linchamento de José Dirceu
Joaquim Barbosa é responsável pelos crimes da Veja
Depois de morto, Luiz Gushiken derrota Veja: o caso das falsas contas no exterior
Veja acusou o filho de Lula. E agora?
Diretor de Veja revela “acordo” com Valério e farsa contra Lula
A Veja entregou o milionário tucano Álvaro Dias sem querer
A guerra da Veja contra o retorno de Lula
Recordar é viver: Quando FHC trouxe cubanos, Veja aplaudiu
FHC e a reeleição comprada: Por que a Veja não consulta seus arquivos?
O povo idolatra Chavez e Veja vê herança maldita
Morte de Chavez: “Época” e “Veja” entre facciosismo e demonização
Dublê da Globo é o herói da Veja
Denúncia da Veja contra Lula não passa de tática eleitoral
Entrevista exclusiva com Maycon Freitas, o muso revolucionário da Veja
A Editora Abril traiu Aécio?
O dia em que Haddad deu uma aula para Sheherazade e Marco Antonio Villa
O jeito é Jânio: Operação Barbosa tem a Veja como porta-voz
A Globo, a Folha e a Veja × José Genoíno
O doutor Joaquim Barbosa, a Veja, o domínio do fato e o apartamento em Miami
Se ainda tinha algum, Veja perde o pudor e prega vaia contra cubanos
Gilmar Mendes e o pitbull da Veja
Os 30 anos de ódio ao MST nas páginas de Veja
Revista Veja é a Mãe Dinah do PIG: Erra todas as previsões
E agora, Civita? Até a oposição pede a Veja que divulgue fita com Valério
Diretor de Veja revela “acordo” com Valério e farsa contra Lula
Em sua capa, Veja desenha golpe contra Lula e Dilma
Quem vai dar o golpe no Brasil?
Novas denúncias ferem a credibilidade da Ação Penal 470 e da mídia conservadora
Veja confessa: Não há entrevista
Advogado de Valério nega entrevista de seu cliente à Veja
Veja: O “jornalismo” ficcional mau caráter para leitores boimate
Veja produz seu segundo caso Boimate
Veja descobre que Brasil não acabou e pede: “Sorria!”
Resposta à Veja: Onde está o Brasil? Acorrentado ao poste, como aquele negro. A corrente é a mídia
Demóstenes da Veja vai para a cadeia?
É guerra: Veja manda recado cifrado ao PT
A Veja vendida a preço de banana mostra a agonia das revistas no Brasil
Novo rei da Veja deve R$55 mil de IPTU
A Veja São Paulo e o “Rei dos Coxinhas”
Veja abandona o crime e vai dedicar-se ao humor
Alckmin torra R$3,8 milhões da educação em assinaturas da Folha, Estadão e Veja
Em 1999, no (des)governo FHC, a Veja comemorou a vinda dos “doutores de Cuba”
Resenha desmonta livro de repórter da Veja contra José Dirceu
Jornalismo Wando: Entrevista exclusiva com Maycon Freitas, o muso revolucionário da Veja
O canibalismo comunista da Veja
Até a Forbes sabe que Veja se envolve em corrupção no caso Cachoeira
Breve explicação sobre como funciona nossa mídia
Assassinato de reputação: Erenice Guerra foi inocentada. Com a palavra a Folha e a Veja
Reinaldo Azevedo, o rola-bosta da Veja, faz previsões para as eleições 2014
Morte de Chavez: Época e Veja entre facciosismo e demonização
Só depois da posse de Haddad, a Veja percebeu que a cidade de São Paulo está um lixo
Para atacar Haddad, “Estadão” usa foto da guerra do Congo para ilustrar matéria
TJ/SP confirma direito de resposta a Luis Nassif contra Veja
Renan, o candidato da Globo e da Veja
PSDB usa Folha, Estadão, Globo e Veja para justificar ação contra Dilma
Veja lamenta a criação de 1,3 milhão de empregos em 2012
Luciano Martins Costa: A “barriga” de alto custo da Veja
O futuro da Abril e das grandes empresas de mídia
Associação de historiadores repudia “matéria” da Veja sobre Eric Hobsbawm
Niemeyer é homenageado pelo mundo, mas a Veja o chama de “idiota”

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: