Gestão Fernando Haddad fará em 4 anos o que o PSDB não fez em 20

Haddad_Blogueiros01

Fernando Haddad em conversa com jornalistas e blogueiros no Barão de Itararé. Foto de Aparecido Luiz da Silva.

Na quinta-feira, dia 23/7, o prefeito Fernando Haddad participou de bate-papo no Barão de Itararé com jornalistas e blogueiros. Na pauta, conjuntura política, balanço da gestão em São Paulo e os desafios que se avizinham.

Joanne Mota, via Vermelho

Ao longo da conversa Fernando Haddad mostrou porque sua gestão faz a diferença em São Paulo. Os dados apresentados revelam que sua gestão fez mais em 4 anos do que o PSDB fez em 20.

Ao refletir sobre a conjuntura política, Haddad destacou que existe uma certa autonomia para o debate das questões locais frente a conjuntura nacional. E salientou como uma das fragilidades da oposição sua estratégia de atirar para todos os lados, o que muitas acaba acertando neles mesmo.

Ao debater a questão do avanço conservador, Fernando Haddad destacou que não acha que São Paulo seja uma cidade conservadora, mas sim que em São Paulo atuam forças conservadoras que se enraizaram, controlam os meios necessários e disseminam seu posicionamento. “Há espaço para o jogo”, afirmou o prefeito de São Paulo.

A afirmação do prefeito se amparou nos dados apresentados. Avanços em todos os setores sociais em que atua a Prefeitura.

Além da renegociação inédita da dívida deixada pelos governos tucanos, Haddad pontuou como marco histórico da Prefeitura o combate à corrupção. “Não há Secretária e contrato que não tenha sido revisto na minha gestão”, afirmou. É bom lembrar que Fernando Haddad enfrentou o maior esquema de corrupção da Prefeitura de São Paulo, a máfia do ISS.

No campo da mobilidade, além da redução da velocidade, política aplicada em diversas cidades na Europa e com retornos muito positivos para a sociedade, Haddad ainda citou os investimentos em transporte, ciclovias, ciclo faixas, corredores, terminais, linhas etc.

Sobre Saúde, destacou que a Prefeitura segue firme nos prazos para entregar os 3 hospitais propostos no seu plano de governo.

Sobre educação, informou os bons resultados do programa UniCéu, destacou os dados positivos da cidade nas metas do Plano Nacional de Educação e informou que, no quesito creches, os esforços caminham para um cenário bem favorável. Segundo ele, os investimentos já sinalizam uma redução da fila de espera para vagas em creches – em 2014, era 80 mil; 2015 deve cair para 40 mil; e, em 2016, ficará perto de zero.

“Avalio que em quatro anos temos uma Prefeitura muito melhor do que recebemos”, ponderou Haddad ao final da apresentação de alguns dados do avanço desse projeto inaugurado em 2013. Ele ainda frisou que há um longo caminho, vencer as distorções de décadas continua a ser o grande desafio.

Oposição
Ao refletir sobre a onda conservadora, o prefeito de São Paulo afirma que desde 2005 está em curso um trabalho de cultivo de um sentimento, no subterrâneo da sociedade, que é contraditório ao processo de mudanças que o Brasil vive desde 2003.

Ano a ano, ele elencou como agendas da oposição pautas complexas e que encontram no senso comum a liga para se posicionar no debate. É bom lembrar que entre 2003 e 2009 o debate socioeconômico era um debate vencido pelo governo. De modo que restaram à oposição consolidar sua linha no campo do comportamento e da cultura.

Fernando Haddad destacou que esse movimento não foi por acaso. Porém, a oposição não venceu todas as investidas, mas semeou uma nova postura no seio social.

Ele enumerou tais investidas. “A primeira tentativa foi com os programas de transferência de renda, eles perderam; políticas afirmativas, eles perderam; em 2010 [eleições presidenciais], foi o debate do aborto, eles perderam; em 2012 [eleições municipais], foi a vez da questão LGBT, eles perderam; e agora [2015] o ataque vem com a questão da juventude e a defesa da PEC 171. Não teve tema que o lado de lá não abordasse. Eles não tiveram êxito eleitoral, mas influíram no subterrâneo da sociedade”.

Redução da velocidade
Ao final, o Fernando Haddad concedeu entrevista a TV Carta Capital e desconstruiu os argumentos negativos contra a redução da velocidade em algumas vias da cidade. Ele acredita que a redução da velocidade traz mais segurança e, consequentemente, mais fluidez ao trânsito.

Desde segunda-feira, dia 20/7, a velocidade máxima nas marginais está menor: 50km/h na pista local, 60km/h na pista central e 70km/h na expressa, no caso da Tietê; na Pinheiros, a velocidade é de 70km/h na expressa e 50km/h na local.

“O que nós queremos é chegar mais cedo em casa. Isso tem de ser garantido por uma velocidade média mais elevada. E por que quando se reduz a velocidade máxima, aumenta a média? Pela diminuição dos acidentes. Basicamente, é isso”, explica Haddad.

Leia também:
Fernando Haddad: “O monotrilho de Alckmin custou R$6 bilhões e está há um ano em testes.”
A histeria patética em torno da redução da velocidade nas marginais de São Paulo
Depois de ontem, São Paulo não será mais a mesma
Ciclovia da Avenida Paulista é inaugurada
Depoimento de quem foi na inauguração da ciclovia da Avenida Paulista
Entrevista: Haddad expõe sua ousadia e as limitações que o cargo lhe impõe
Ciclovias de Haddad são premiadas nos Estados Unidos
Não vai dar na Globo: Domingo, dia 28 de junho, será inaugurada a ciclovia da Avenida Paulista
“São Paulo tem hoje o prefeito que deveria ter tido há mais de uma década”, diz urbanista
Haddad ironiza crítica de “coxinha” às ciclovias
Prefeito Fernando Haddad e a virtude de governar sem mídia
Programa Braços Abertos: “Antes dele, 9 em cada 10 viciados desistiam.”
Fernando Haddad aperta o cerco à corrupção e ao enriquecimento ilícito
Fernando Haddad: “A cidade de São Paulo é um desafio para qualquer político.”
Crack, Fernando Haddad e o jornalismo da Folha de S.Paulo
O dia em que Haddad deu uma aula para Sheherazade e Marco Antonio Villa
Enquanto Alckmin some, Haddad faz o trabalho do governador
Fernando Haddad: “Não aumentar a tarifa de ônibus seria demagogia, puro eleitoralismo.”
Fernando Haddad fala sobre Marta, Chalita, a lógica do MPL e o “caipirismo” do PSDB
O plano para as finanças da cidade de São Paulo
Não é pelos cinquenta centavos: Haddad desmonta manifestação do Passe Livre
Em 2015, Fernando Haddad voltará a dar aulas na USP
Fernando Haddad eleva piso e abre 3,5 mil vagas de professor
2016 já começou em São Paulo e Haddad é o alvo
Haddad: “PT está muito mais maduro do que em 2003.”
Secretário de Educação de Haddad desmonta factoide da Folha
Fernando Haddad e a derrota do cinismo
O que não se fala sobre o IPTU da cidade de São Paulo
A lógica inatacável do aumento do IPTU em São Paulo
O falso escarcéu sobre IPTU
Haddad diz que não vai tolerar “terrorismo do monopólio da comunicação”
Prefeitura de São Paulo isenta 3,1 milhões de famílias de pagamento do IPTU
● Fernando Haddad já pode alçar voos mais altos
Em rede social, Fernando Haddad critica policiamento na Cracolândia
Fernando Haddad quer aumentar o salário de médicos e ampliar fiscalização das OSSs
Como Fernando Haddad venceu a corrupção que outros não combateram em São Paulo?
Para professor da USP, gestão de Fernando Haddad pode virar marco em São Paulo
Em ato histórico, prefeito Haddad prioriza minorias no Programa Minha Casa, Minha Vida
Haddad assina decreto para notificar imóveis que não cumprem função social
Entrevista: Haddad, ano 2
Bob Fernandes: Descoberto outro propinoduto da máfia dos fiscais de São Paulo
MP investiga gestões de Serra e Kassab por desvio de R410 bilhões do IPTU
Fernando Haddad: “A elite de São Paulo é míope e pobre de espírito.”
Entrevista com Fernando Haddad: “A Prefeitura estava tomada por corrupção.”
MP abre inquérito civil contra Kassab por receber fortuna da Controlar
Kassab recebeu uma “verdadeira fortuna” da Controlar, diz testemunha da máfia do ISS
Máfia demotucana: A lista dos corruptores do ISS
Máfia demotucana: Planilha aponta que 410 empreendimentos pagaram propina a fiscais
Receita do município de São Paulo sobre R$30 milhões com o fim da máfia dos fiscais
Fernando Haddad: “A máfia não seria descoberta sem a ajuda de Donato.”
Antônio Lassance: Arroubo tucano é pânico
Máfia demotucana: Investigação de propina em São Paulo avança sobre a gestão Serra
Máfia demotucana: Haddad desmente Folha sobre repasse de informações à Polícia Civil
Paulo Moreira Leite: Cardoso, Donato e a fábula da classe dominante
A máfia dos fiscais quer pegar Haddad
Máfia demotucana: Secretário ligado a José Serra será convocado a depor em São Paulo
“Não há como recuar, e não haverá recuo”, avisa prefeito Haddad
Máfia demotucana: Como a mídia protege Serra e Kassab
Máfia demotucana: Quadrilha zerou ISS de 107 prédios em São Paulo
Máfia demotucana: Situação era de degradação, diz Haddad sobre a quadrilha do ISS
MP/SP mira Kassab para livrar José Serra
Máfia demotucana: A dama do achaque abre o jogo
Máfia demotucana: “Arquiva”, manda Kassab
Máfia demotucana: A Folha se considera só um papel pendurado na banca
Máfia demotucana: Líder da quadrilha diz que Kassab sabia do esquema e esperava que ele “ganhasse a eleição”
“O implacável braço direito de Serra” e o caso de corrupção em São Paulo
Seus problemas acabaram: Filie-se ao PSDB
Braço direito de José Serra mandou arquivar denúncias de pagamento de propina para construtoras
Prefeito Haddad e a lição de ética
Após investigações, Haddad manda prender ex-funcionários da gestão Kassab/Serra
Há mais envolvidos no esquema de corrupção do governo Kassab/Serra, diz Haddad
Só depois da posse de Haddad, a Veja percebeu que a cidade de São Paulo está um lixo
Para atacar Haddad, “Estadão” usa foto da guerra do Congo para ilustrar matéria
Desespero: Cabo eleitoral de Serra, Soninha xinga Haddad de “filho da p…” e diz que odeia o povo

3 Respostas to “Gestão Fernando Haddad fará em 4 anos o que o PSDB não fez em 20”

  1. Dayse Silva Says:

    Haddad é uma ótima opção política para a sociedade brasileira, inclusive para a presidir o nosso Brasil.
    É político sério, jovem e muito muito inteligente.
    O seu trabalho à frente Prefeitura de São Paulo comprova isto.

  2. Rita Says:

    Também acho!

  3. bene bugrao Says:

    FERNANDO HADAD, UM DOS POLÍTICOS MAIS INTELIGENTES DO PÁIS…

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


<span>%d</span> blogueiros gostam disto: