É a crise: Embraer bate novo recorde e encomendas atingem R$87 bilhões

Embraer01_E195E2

Mais de 100 jatos foram pedidos pela China, Estados Unidos e Brasil no segundo trimestre, somando um total de quase 2,4 mil encomendas.

Márcio de Morais, via Agência PT em 16/7/2015

Em pleno período de retração na economia internacional, a fabricante de aviões brasileira, Embraer, bate um novo recorde de negócios, com uma carteira de encomendas no valor de R$87,93 bilhões, no encerramento do segundo trimestre de 2015.

Ao final de junho, a Embraer tinha em carteira um total de 1.668 pedidos firmes e 721 em opções. As informações foram divulgadas em comunicado da empresa ao mercado, emitido na quarta-feira, dia 15/7.

No trimestre anterior, de janeiro a março, a carteira de pedidos da fabricante nacional de aviões de treinamento e de passageiros, comerciais e executivos, somava R$63,85 bilhões.

O resultado avançou mais quase R$8,1 bilhões nos três meses seguintes – um crescimento de 12,7% em pedidos firmes, também conhecidos no segmento industrial como backlog (termo em inglês para “estoque de encomendas”).

Entre abril e junho, a Embraer fez a entrega de 60 aviões, dos quais 27 jatos comerciais (22 do modelo 175; três, do 190; e dois, do 195) e 33 de aviação executiva (26 jatos leves e sete grandes). Foram duas aeronaves a mais que no mesmo período do ano anterior (2014).

China e Estados Unidos
Os pedidos do segundo trimestre à Embraer atendem a companhias de aviação dos Estados Unidos e China, mas também da brasileira Azul Linhas Aéreas. A chinesa Guizhou Airlines encomendou sete E190, a americana SkyWest, oito E175 (para operação da Alaska Airlines); e a United Express, outros 10 E175; além de 15 unidades do modelo E190-E2 e 10 do E195-E2.

A Embraer havia anunciado, em maio, 22 pedidos da Tianjin Airlines, sendo 20 do modelo E195 e dois E190­E2, tornando-se a primeira chinesa a adquirir os E2. O contrato com a Azul, formalizado no mesmo período, também prevê a venda firme de 30 jatos E195-E2.

Leia também:
Pablo Villaça: “Apesar da crise”, procure isso no Google
Dívida pública: A verdadeira pedalada fiscal não aparece nos jornais
Antonio Lassance: Governo federal financia mídia cartelizada para falar dele mesmo
O controle do que vemos, ouvimos e lemos
As máquinas de vender intolerância e preconceito
Comparando as crises de 1998 e 2015
Crise alimentada pela oposição pode se voltar também contra ela
Luis Fernando Verissimo: Estranho, os brasileiros lotam a Broadway. Cadê a crise?
Dilma: “Muito do que chamam de crise ocorre sistematicamente.”
Quando a criação de 1,1 milhão de empregos é crise: O governo invisível não quer Dilma
Natal: Como a “grande mídia” transformou em crise 5% de crescimento nas vendas
Norte-americanos “não estão nem aí” para crise, diz assessor da Petrobras
O tamanho da crise da Petrobras
Um recorde após outro: E a Petrobras está em crise?
Mídia golpista: A disputa entre Davi e Golias pela narrativa da crise
Danuza é o emblema da crise estrutura da “grande mídia”
A crise e as receitas do PSDB para o Brasil
Emir Sader: A crise de credibilidade da velha mídia
Mídia golpista escondeu o lado obscuro dos protestos
Suiçalão: A mídia golpista está envolvida até o pescoço
Mídia golpista: A disputa entre Davi e Golias pela narrativa da crise
Com medo de 2018, Lula vira alvo número 1 da mídia golpista
Por que a criminalização da política interessa à mídia golpista?
Luciano Martins Costa: A mídia golpista está atirando para todos os lados
Mídia golpista prepara o bote
Stanley Burburinho: Entenda o motivo de a mídia golpista atacar a Petrobras
Mídia golpista: O inútil esforço para destruir um mito
“Grande imprensa” não sabe a diferença entre privatização e concessão
Vídeo: Lula diz que “grande imprensa” tenta incriminá-lo, mas ele é bom de briga
A maior perdedora de 2014 foi a “grande imprensa”
“Grande imprensa” × governo Dilma: Por que tanta má vontade?
Lula: “A internet pode furar bloqueio da grande imprensa à esquerda.”
Lista de Furnas: O caso de corrupção que a mídia mais esconde
Dilma paga pelo golpe: Globo, Veja e UOL lideram fatias da publicidade do governo federal
Leandro Fortes: Publicidade governamental, um caso de crime de responsabilidade?
A liberdade e a proteção de usuários da internet estão no Marco Civil
As agências de publicidade e o modelo de financiamento à informação
Regula Dilma: 72% da publicidade do governo federal na web vai pro PIG
Se não for regulada, a mídia privada corrompida destruirá o Brasil
Regulação da mídia não é censura, dizem especialistas
Como será a regulamentação da mídia
Franklin Martins: No Brasil, tentam demonizar a regulação da mídia e interditar o debate
Como funciona a regulação de mídia em outros países
FHC sobre regulação da mídia: “Não vou falar mal de meus amigos.”
“Se presidir a Câmara, engaveto a regulação da mídia”, diz o “aliado” Eduardo Cunha
Venício Lima: Marco regulatório é a gota d’água
Reforma política e marco regulatório da mídia ganham destaque na pauta de Dilma
Venício Lima: Os donos da mídia expuseram-se. E agora?
Magoado, Joaquim Barbosa adere à regulação da mídia
Franklin Martins: “Todas as concessões são reguladas. Só rádio e televisão não.”
Inglaterra aprova novo sistema regulador da imprensa
O temor dos donos da mídia e a “regulação” defendida pelo Globo
Mídia: A autorregulamentação fracassou espetacularmente no Brasil
Regula Dilma: Inglaterra aprova novo marco regulatório da imprensa
Regula Dilma: 72% da publicidade do governo federal na web vai pro PIG
PT pede ao governo reforma do marco regulatório da comunicação
João Brant: A mídia como exército regular
Beto Almeida: A regulamentação da mídia e o golpismo
Marco regulatório da mídia no Reino Unido pressiona a discussão no Brasil
Regulação da mídia: A síndrome Jango, aos 50

2 Respostas to “É a crise: Embraer bate novo recorde e encomendas atingem R$87 bilhões”

  1. Paulo Moreira Says:

    Pessoal reclamando de “buxo cheio”. Não ver que o Brasil é custeado pela indústria aeronáutica e que não existe arrocho fiscal feito pelo governo. Tudo invenção da mídia golpista. #sqn

  2. bene bugrao Says:

    AO QUE PARECE A CRISE DA GLOBO/VEJA/FOLHA… VAI FICAR DENTRO DA GLOBO/VEJA/FOLHA… E NA CABEÇA “OCA” DOS IDIOTIZADOS PELO PIG…

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: