Países ricos bloqueiam, de novo, luta contra evasão fiscal

ONU_Ban_Ki_Moon01

Ban Ki-moon, secretário-geral da ONU, e Nkosazana Dlamini-Zuma, presidente da Comissão da União Africana, em Adis Abeba, Etiópia.

Em conferência da ONU na Etiópia, EUA e Reino Unido lideram sabotagem a proposta que puniria sonegação de impostos pelas multinacionais.

Karim Lebhour, via Outras Palavras em 16/7/2015

As fortes pressões do Norte fizeram com que os países do Sul desistissem de criar um organismo apoiado pela ONU (Organização das Nações Unidas) para lutar contra a evasão fiscal, no último dia da conferência internacional sobre financiamento do desenvolvimento realizada em Adis Abeba, na Etiópia.

Essa evasão fiscal priva os países todos os anos de bilhões de dólares em rendas.

A criação desta nova instância, que teria por missão fixar novas regras fiscais internacionais na luta contra os fluxos ilícitos e a evasão fiscal, em particular das multinacionais, dividiu o Norte e o Sul durante esta terceira conferência.

Os países ricos acham que a OCDE (Organização de Cooperação e Desenvolvimento Econômico), que agrupa os 34 países mais desenvolvidos, é o fórum adequado para debater este assunto e fixar as regras e que um novo organismo patrocinado pela ONU implicaria na perda de agilidade do processo.

Mas os 134 países em desenvolvimento reunidos no grupo G77, liderados pelo Brasil e a Índia, e inúmeras ONGs discordam desta posição.

Seu objetivo era colocar fim às práticas das multinacionais que não pagam impostos nos países onde operam, geralmente refugiando-se em paraísos fiscais.

Estas práticas privam todos os anos esses países de US$100 bilhões, segundo a Conferência das Nações Unidas sobre o Comércio e o Desenvolvimento (CNUCD).

Ante a inflexibilidade dos países do Norte, com os Estados Unidos e o Reino Unido à frente, os países abandonaram sua reivindicação, principalmente devido aos insistentes pedidos da Etiópia, país anfitrião da conferência, que temia um fracasso do encontro.

O texto final, aceito pelas partes e cuja cópia foi obtida pela AFP, afirma que os especialistas do modesto Comitê sobre Cooperação Internacional em Matéria Fiscal, que já existe dentro da ONU e que desempenha um papel meramente consultivo, “sejam designados pelos governos e selecionados segundo uma distribuição geográfica equilibrada”.

Milhares de delegados e centenas de ministros e chefes de Estado de países doadores e em desenvolvimento se reúnem desde segunda para encontrar formas de financiar uma erradicação duradoura da pobreza.

Após as cúpulas de Monterrey em 2002 e de Doha em 2008, a reunião de Adis Abeba servirá para comprovar a vontade dos Estados na hora de colocar em andamento a nova agenda de desenvolvimento das Nações Unidas.

A meta é encontrar financiamento para os 17 objetivos de desenvolvimento sustentável que a ONU está fixando para 2015-2030 e que devem ser adotados em setembro em Nova Iorque.

As Nações Unidas desejam erradicar a pobreza e a fome no mundo até 2030, enquanto controlam as mudanças climáticas. Um desafio enorme para o qual serão necessários US$2,5 bilhões de ajuda adicional por ano, segundo a Conferência da ONU sobre Comércio e Desenvolvimento.

A escolha da Etiópia como país anfitrião mostra a importância do tema para o continente africano.

Leia também:
HSBC, o paraíso da fraude
CPI do HSBC decide blindar empresários que mantêm recursos não declarados no exterior
Comparando as crises de 1998 e 2015
Para a “grande mídia”, crime de sonegação não é notícia
Os documentos da sonegação da Globo
Lula mostrou o Darf. Quem falta mostrar?
Fora PT! Fiscos investigam 50 escolas de São Paulo por sonegação de impostos
Como o HSBC “ajudou” milionários a sonegar impostos
HSBC anuncia que pretende encerrar atividades de sua lavanderia no Brasil e na Turquia
Sonegadores protegem sonegadores: Como a mídia enterrou o caso Swissleaks
Por que não taxar os ricos? Ora, porque isso é “proibido”
Empresários que apoiaram o golpe de 64 construíram grandes fortunas
Imposto sobre grandes fortunas tem apoio de 59,8% dos deputados
Corrupção é escândalo, sonegação é detalhe
Sonegação dos ricos rouba R$200 bilhões em cinco meses
Leão vai pra cima dos sonegadores do futebol
Sonegação no país alcança a marca de R$415 bilhões no ano
Sonegação de imposto em São Paulo chega a R$132 bilhões por ano
Ricos brasileiros têm 4ª maior fortuna do mundo em paraísos fiscais
Saiba como os ricos evitam impostos
Empresários brasileiros sonegam 10% do PIB
Sonegação no Brasil é 20 vezes maior que gasto com Bolsa Família
Paul Krugman e Banco Mundial avaliam o Brasil apesar da sonegação
No Brasil, rico é menos taxado do que na maioria do G20
Cadê os indignados?: Sonegação de impostos no Brasil supera orçamentos de Educação e Saúde
Edir Macedo é o pastor mais rico do Brasil com uma fortuna de US$950 milhões
Álvaro Dias, o Tio Patinhas do Paraná, há anos omite sua fortuna
Os 400 mais ricos do mundo aumentaram fortuna em US$92 bilhões em 2014
Forbes: A famiglia Marinho tem fortuna de R$52 bilhões
Governo responde editorial do Financial Times sobre economia brasileira
Luciano Martins Costa: O inexorável peso dos fatos
Desigualdade social: 124 pessoas concentram 12,3% do PIB brasileiro
Sonegação dos ricos é 25 vezes maior que corrupção nos países em desenvolvimento
Sonegômetro vai calcular quanto o país deixa de arrecadar com sonegação de impostos
O PIG se cala: A importância didática do sonegômetro
Ali Kamel processa blogueiro que denunciou sonegação de impostos da Globo
Estarrecedor: Por sonegação, Receita Federal notificou a Globo 776 vezes em dois anos
Rede Globo sonega milhões de reais em impostos
Áecio Neves é denunciado por ocultar patrimônio e sonegar imposto
Rede Globo sonega milhões de reais em impostos
Mexeu com o Itaú, mexeu com a Marina: Banco é autuado por sonegar R$18,7 milhões
Áecio Neves é denunciado por ocultar patrimônio e sonegar imposto
O caso de sonegação da Globo e o escândalo HSBC
PF confirma abertura de inquérito contra sonegação da Globo
Estarrecedor: Por sonegação, Receita Federal notificou a Globo 776 vezes em dois anos
Rede Globo tem os bens bloqueados pela Justiça
Ex-funcionária da Receita que sumiu com processos contra TV Globo é condenada à prisão
Tributação dos ricos: O debate interditado
De onde surgiu a fortuna do ministro Toffoli do STF?
PF desmonta mais um esquemão gigante de sonegação
Governo federal aumenta taxação sobre lucro de instituições financeiras
Manipulação da cotação do real pode deixar Lava-Jato “no chinelo”. E o BC, vai agir?
Cotação do real sofreu manipulação em esquema internacional
O homem que “inventou” a atual instabilidade econômica
Operação Zelotes: O abafa começou. Como evitar?
Suiçalão: A mídia golpista está envolvida até o pescoço
Suiçalão: Revelações sobre um sistema de fraude fiscal internacional
Pela intervenção do Banco Central no HSBC Brasil
Paulo Pimenta: “Caso HSBC pode ser maior esquema já detectado de corrupção do mundo.”
Informante do caso HSBC diz que ainda há “um milhão” de dados por vir
SwissLeaks o caramba! O nome do negócio é Suiçalão do HSBC
Suiçalão: Jornal cede a pressões, abafa as denúncias e colunista pede demissão
Paraná: Suiçalão desvenda transação nebulosa entre Bamerindus e HSBC no governo do PSDB
HSBC e Beto Richa: Mídia esconde o que não lhe interessa
Petrobras e HSBC: Não precisam explicar, só queremos entender
Bancos pagam menos impostos que os assalariados
Suiçalão: Quem são os brasileiros com contas secretas no HSBC?
Quem nos governa?
Suiçalão: Governo federal vai pedir lista de brasileiros com conta no HSBC da Suíça
Suiçalão: Cinco perguntas para o HSBC, um banco fora de controle
Suiçalão: Amaury Jr., autor de A Privataria Tucana, deixa o ICIJ devido à cobertura tendenciosa das contas do HSBC
HSBC pagará quase US$2 bilhões aos EUA por lavagem de dinheiro
O relatório do Senado norte-americano sobre o Suiçalão
Paraísos fiscais, o preço que as democracias pagam
Por que 8 mil contas de brasileiros em paraíso fiscal não são notícia no JN?
Itaú e Bradesco deixam de pagar R$200 milhões em impostos com operações em paraíso fiscal
Trensalão: Executivo da Siemens foi instruído a destruir papéis de conta em paraíso fiscal
Sonegação: Ricos brasileiros têm a 4ª maior fortuna do mundo em paraísos fiscais
Império britânico comanda offshores e paraísos fiscais do planeta
Muito mais que bucólicos são os paraísos fiscais
Repórteres de todo o mundo se juntam para expor contas secretas dos paraísos fiscais
Estarrecedor: Por sonegação, Receita Federal notificou Globo 776 vezes em dois anos
Chipre: Um paraíso fiscal que virou pesadelo para toda Europa
O caso de sonegação da Globo e o escândalo HSBC
Série do DCM sobre a sonegação da Globo, 1ª parte: “Injusto é pagar imposto no Brasil.”
Série do DCM sobre a sonegação da Globo, 2ª parte: Como o processo sumiu da Receita e sobreviveu no submundo do crime
Série do DCM sobre a sonegação da Globo, 3ª parte: A história da funcionária da Receita que sumiu com o processo
Vídeo: O documentário sobre o escândalo de sonegação da Globo
Vazou tudo: Sonegação da Rede Globo está na web
A sonegação da Globo, o Ministério Público e a PEC 37
Em 2014, sonegação deve atingir R$500 bilhões no Brasil
Sonegação no Brasil supera orçamentos da Educação e Saúde
Sonegação dos ricos é 25 vezes maior que a corrupção nos países em desenvolvimento
Sonegação de impostos em São Paulo chega a R$132 bilhões por ano
Bastou Zelotes chegar para a zelite achar ideias de Moro “perigosas”
Evasão fiscal anual no Brasil “equivale a 18 copas do mundo”
Operação Zelotes envolve bancos, grandes empresas e afiliada da Globo
Operação Zelotes: Procurador diz que Justiça dificulta investigações
O plano terrorista de Aécio e Armínio
Abaixo intermediários: Armínio “Gordon” Fraga para presidente
Como Armínio Fraga acabou com a economia brasileira em 2002
Cynara Menezes: 10 perguntas que queria fazer para Armínio Fraga, mas ele não quis responder
Armínio Fraga, o guru de Aécio, quer acabar com o BNDES, CEF e Banco do Brasil
Os bons tempos de Armínio Fraga, o “futuro” ministro de Aécio
Um escândalo chamado Armínio Fraga
Operação Zelotes envolve bancos, grandes empresas e afiliada da Globo
Operação Zelotes: Procurador diz que Justiça dificulta investigações
Folha de S.Paulo ataca quem investiga a Operação Zelotes
Réus graúdos levam Zelotes para longe dos holofotes
Não precisa desenhar: Divisão dos impostos entre os governos federal e estadual

Uma resposta to “Países ricos bloqueiam, de novo, luta contra evasão fiscal”

  1. gustavo_horta Says:

    Olha só.
    Por quê será que os países ricos não querem qualquer punição aos canalhas que tiram dinheiro de seus países, espoliam seus povos? Por que seria?
    Talvez a razão esteja no fato de que os ditos “paraísos fiscais” são sempre controlados pelos países ricos. Será que é por isto?
    Ou será que é porque os cretinos que sonegam são parceiros confiáveis dos ricaços para esculhambar, esculachar, arregaçar os ânus dos povos surrupiados da forma mais cretina, canalha e covarde?

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: