Luis Fernando Verissimo: Quando vamos acordar para a barbárie golpista que ameaça o Brasil?

Eduardo_Cunha_PMDB75_Aecio_Paulinho

O trio golpista.

Epa
Às vezes imagino como seria ser um judeu na Alemanha dos anos 20 e 30 do século passado, pressentindo que algo que ameaçava sua paz e sua vida estava se formando mas sem saber exatamente o quê.

Luis Fernando Verissimo, lido no DCM em 16/7/2015

No filme 2001 — Uma odisseia no espaço, do Stanley Kubrick, astronautas descobrem na Lua (ou era em Marte?) um misterioso monólito, de origem desconhecida. Depois fica-se sabendo que o monólito fora posto ali como uma espécie de alarme. Quando exploradores da Terra o descobrissem, seria o sinal de que nossa civilização tinha os meios para invadir o espaço e se tornava uma ameaça para as civilizações extraterrenas que nos estudavam de longe desde que o primeiro primata acertara a primeira cacetada na cabeça de outro, e sabiam do que nós éramos capazes. A descoberta do monólito era um aviso: atenção, a barbárie vem aí, disfarçada de conquista científica.

Às vezes imagino como seria ser um judeu na Alemanha dos anos 20 e 30 do século passado, pressentindo que alguma coisa que ameaçava sua paz e sua vida estava se formando, mas sem saber exatamente o quê. Este judeu hipotético teria experimentado preconceito e discriminação em sua vida, mas não mais do que era comum na história dos judeus. Podia se sentir como um cidadão alemão, seguro de seus direitos, e nem imaginar que em breve perderia seus direitos e eventualmente sua vida só por ser judeu. Em que ponto, para ele, o inimaginável se tornaria imaginável? E a pregação nacionalista e as primeiras manifestações fascistas deixariam de ser um distúrbio passageiro na paisagem política do que era, afinal, uma sociedade em crise, mas com uma forte tradição liberal, e se tornaria uma ameaça real? O ponto de reconhecimento da ameaça não era evidente como o monólito do Kubrick. Muitos não o reconheceram e morreram pela sua desatenção à barbárie que chegava.

A preocupação em reconhecer o ponto pode levar a paralelos exagerados, até beirando o ridículo. Mas não algo difuso e ominoso se aproximando nos céus do Brasil, à espera que alguém se dê conta e diga “Epa” para detê-lo? Precisamos urgentemente de um “Epa” para acabar com esse clima. Pessoas trocando insultos nas redes sociais, autoridades e ex-autoridades sendo ofendidas em lugares públicos, uma pregação francamente golpista envolvendo gente que você nunca esperaria, uma discussão aberta dentro do sistema jurídico do país sobre limites constitucionais do poder dos juízes… Epa, pessoal.

Se está faltando um monólito para nos avisar quando chegamos ao ponto de reconhecimento irreversível, proponho um: o momento da posse do Eduardo Cunha na presidência da nação, depois do afastamento da Dilma e do Temer.

7 Respostas to “Luis Fernando Verissimo: Quando vamos acordar para a barbárie golpista que ameaça o Brasil?”

  1. ferelias Says:

    Nunca imaginei ver tamanho grau de cinismo na política.
    A coisa tá muito feia.
    Esse Eduardo Cunha pode entrar para o panteão dos criminosos contra a humanidade, onde já está FHC, por trair um país inteiro e impedir o desenvolvimento de uma nação, quando destroçou a tão ansiada reforma política.
    Concordo com José Jésus: a maior parte da população é zumbi do ódio despejado pela Porca Imprensa Golpista.

  2. Paulo Vianna da Rosa Says:

    Pára, Daysi, vc faz essa verborréia toda pra´citar eua e europa como exemplo? Em que planete vc vive? De onde saiu o nazismo, o faschismo, o franquismo e outros ismos mais repressores? E a Máfia? E a kukuxklan? E o racismo americano? E a direita republicana fanática e alcoviteira de golpes? E a assoc. nacional do rifle? Há um tipo de mentalidade no Brasil que disseca nossas mazelas históricas, crônicas, para enfatizar as diferenças, as maravilhas daquèm e d´além mar. É o cidadão culto esclarecido viajado, cosmopolita, que acha sua nação atrasada, violenta coisa e tal. Mas não faz um trabalho voluntário, não toma uma atitude cidadã, vota com a elite e em qualquer crise vai prá rua pedir golpe. Esse tipo de gente presta um desserviço ao país. E para nós que ficamos aqui e lutamos por transformações seria bem melhor que esse narizes empinados fossem para bem longe dos trópicos. Vão ser cucarachas em Miami, Toronto, Amsterdã, Tóquio, na Conchinchina . Aqui precisamos de gente que vista a camisa, não da nike, mas da cidadania, da politização, da consciência social. Vamos lutar pela democracia e por melhorias sociais mas sem achar que somos Quasímodos, aberrações como povo, nação. Somos uma ex colônia lutando contra uma elite que há séculos se acha dona de tudo e que reprime, com a ajuda dos coniventes, e esses sim me parecem um problema seríssimo e até hoje insolúvel, para proporcionar a seus cidadãos acesso a um mínimo de dignidade e conforto. Simples assim!!!

  3. alba lopes Says:

    E P A ! ! ! ! ! !

  4. Dayse Silva Says:

    A direita brasileira é uma das mais ignorantes do mundo.
    Foi essa gente que levou o País ao golpe de 64. E, em que pese isto ter ocorrido no já longínquo 1964, quando eu tinha apenas 13 anos, em que pese o que vivemos durante mais de 2 décadas, a partir daquele ano, marcadas pelos protestos da sociedade civil, pelas passeatas estudantis pelas ruas do Brasil, pelas explosões de bombas de gás lacrimogenio, pelo medo que rondava os corredores das universidades, na qual ninguém sabia quem era quem, deixando todos em absoluta insegurança e incerteza sobre quem era quem, em que pese as notícias de prisões, mortes e desaparecimentos de pessoas, eis que ressurge a direita brasileira, repetindo seus erros através de figuras da política.
    Quero crer que o povo brasileiro, a despeito das manipulações daqueles, que há anos, ainda que por concessão do Estado Brasileiro, ao invés de fortalecer a democracia brasileira, teimam em buscar o estado de exceção, através do rádio e da televisão.
    o Brasil precisa, urgentemente, buscar forma mais justa e mais rigorosa contra ação antidemocrática de certos meios de comunicação, que se acham além do bem e do mal, sobrepondo-se á própria vontade do povo e da organização democrática de direito neste nosso País.
    Este tipo de jornalismo e de “políticos” não existem na Europa nem nos EE.UU., porque são países de povo consciente de seus direito e de suas obrigações.
    Não podemos nos esquecer que Fernando Henrique, assim como, Lula, Dilma foram eleitos e governaram e esta, também, governa pela mesma razão:eleitos pela vontade soberana do Povo Brasileiro.
    Ninguém pode excepcionar aquilo que a lei, isto é, a vontade livre do Povo Brasileiro, não excepcionou.
    Ao Sr. Aécio cabe aguardar, democraticamente, por novas eleições, tentando, então, a Presidência da República.
    É simples assim.

  5. Bene Bugrao Says:

    AVISO IMPORTANTE:
    Não sou eu quem lhes manda esse aviso, mas sim nada menos que o Fernando Veríssimo!
    ESTAMOS À BEIRA DO CAOS, E SE NADA FIZERMOS, VAI HAVER “CHORO E RANGER DE DENTES”!!! Duvida? Leia a matéria…

  6. José Jésus Gomes de Araújo Says:

    Quod Deus avertat! Que os brasileiros acordem antes desse tempo. No fundo, tenho minhas dúvidas, grande parte dos brasileiros se tornou zumbi, incapaz de pensar; foram estimulados a odiar; nem aceitam conversar sobre isso, vão saindo e insultando. Anos de ataques e insultos, de acusações unilaterais através dos jornais e da tv. Hoje de manhã, uma senhora pobre reclamando que, devendo receber quatro remédios no posto de saúde, só recebeu um por falta dos outros, culpa da safada. Perguntei-lhe, fazendo-me de ingênuo, quem era a safada, e ela nomeou Dilma. Conseguiram despertar nos pobres o ódio a Dilma, a Lula, ao PT, nos pobres, que os donos do capital e da terra ignoraram durante cinco séculos, construindo esse Brasil injusto que nós recebemos. É certo que quem controla a ideologia controla a sociedade,e eles têm a mídia nas mãos.

  7. Solange Rodrigues Vasques Says:

    A PORTA ESTA SE FECHANDO SEUS CANALHAS. DEUS E BRASILEIRO SEUS PILANTRAS. VAO PAGAR CENTAVOS SEU CANALHAOCRATAS.

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: