Em 2014, Lauro Jardim, “colonista” da Veja, já achava que Eduardo Cunha era meio esquecido

Em 8 de novembro de 2014, Lauro Jardim, “colonista” da indefectível revista [da] marginal, já achava que Eduardo Cunha possuía uma memória seletiva, pois desconhecia quem era Fernando Baiano. Mas ele não disse nada sobre Júlio Camargo.

Eduardo_Cunha_PMDB09_Veja

Leia também:
Recordar é viver: Furnas pagou R$73 milhões a mais por ações vendidas a empresários ligados a Eduardo Cunha
Lobista descreveu o caminho do dinheiro até Eduardo Cunha
Deputado pede afastamento imediato de Cunha: “Não tem condições morais.”
Sob “barulhaço”, Eduardo Cunha vai a tevê exaltar “independência” e não cita corrupção
Eduardo Cunha é como cão bravo: Sob pressão, parte para o ataque
Em defesa do banditismo, da corrupção e da família cristã tradicional
Chega ao fim a presidência de Eduardo Cunha
Vídeo mostra como Eduardo Cunha exigiu os US$5 milhões
Eduardo Cunha e os Três Poderes
Emenda de Eduardo Cunha livra Soares e Malafaia de dívida milionária
O que Eduardo Cunha quer com sua proposta de parlamentarismo?
O Globo começa a “apertar” Cunha. E a lembrá-lo que seu papel é de coadjuvante, não de líder
Guilherme Boulos: Assim dissolve-se a democracia brasileira
“Padrão Fifa” elegeu Congresso “padrão Blatter”. Não eram só R$0,20. Era o pré-sal…
Jornal O Globo acusa Eduardo Cunha de corrupção
Eduardo Cunha diz que OAB é cartel e não tem credibilidade
Cada preso é um cliente: O que se esconde por detrás da redução da maioridade penal
Quando vão bater panelas contra Eduardo Cunha?
Luciano Martins Costa: O que há por trás desse empenho em aprovar a redução da maioridade penal?
Gilson Caroni Filho: Além de reduzir a maioridade penal, Cunha reduziu a democracia
As máquinas de vender intolerância e preconceito
Maioridade penal: A lista de deputados vira-casacas
#CunhaGolpista: Em menos de 24 horas, 20 deputados mudam voto e redução da maioridade é aprovada
Derrota de Eduardo Cunha: Câmara rejeita redução da maioridade penal
Financiamento público: Deputados são office-boys de empresas na hora de apresentar emenda parlamentar
Brizola previu: O aparelhamento do estado pelos evangélicos e a ascensão de Cunha
As falcatruas de Eduardo Cunha na Telerj e na Cehab/RJ
O Congresso Nacional tem dono. E, definitivamente, não é o povo
Reforma política do Eduardo Cunha é um deboche com o povo brasileiro
Eduardo Cunha desengaveta projeto que legaliza o jogo do bicho
A reforma política de Eduardo Cunha
A dobradinha Gilmar Mendes-Eduardo Cunha
Paulo Moreira Leite: A síndrome de Pelé
Paulo Moreira Leite: Marco Aurélio Mello deu uma aula de Constituição e democracia
Fifa: Saiba por que o silêncio de Ronaldo e Pelé está ligado a J.Hawilla e aos EUA
Financiamento privado: Um caso claro de violação da Constituição
“Assisti, mas deletei”, diz deputado que viu vídeo pornô no plenário da Câmara
Shopping do Eduardo Cunha: Saiba o nome dos deputados que foram comprados para aprovar financiamento empresarial
Golpe: Eduardo Cunha consegue a aprovação do financiamento privado
Financiamento de campanha e distritão: Numa só noite, Eduardo Cunha teve duas derrotas
A trama de Eduardo Cunha para privatizar o SUS
Terceirizada, mulher de Eduardo Cunha ganhou ação contra Globo e foi contratada
Eduardo Cunha, o falsificador
A ficha de Eduardo Cunha, o homem que falta para “moralizar a política”
Cavalo não desce escada: PMDB não sai do governo
A rica biografia de Eduardo Cunha, o herói da oposição
Eduardo Cunha, o sabotador da República
Na lata do lixo da História, há um lugar especial para o PMDB atual
Entenda como funciona a oposição “extraoficial” de Eduardo Cunha
Presidência da Câmara: As diferenças entre Arlindo Chinaglia e Eduardo Cunha
Chinaglia avança após novo indício de cumplicidade entre Eduardo Cunha e doleiro
Cinismo não tem limite: Eduardo Cunha e Antônio Anastasia se queixam de vazamentos sem provas
Jornal Nacional atua como assessor de imprensa de Eduardo Cunha
Terceirizada, mulher de Eduardo Cunha ganhou ação contra Globo e foi contratada
Eduardo Cunha vendeu aos empresários o compromisso de aprovar a terceirização
Terceirização: Como ficará seu emprego se Eduardo Cunha cumprir a promessa que fez aos empresários
STF autoriza buscas em gabinete de Eduardo Cunha
Mesmo envolvido no escândalo da Petrobras, Cunha continuará o queridinho da mídia?
Depoimento de ex-diretor complica ainda mais a situação de Eduardo Cunha
Doleiro diz que Eduardo Cunha era “destinatário final” de propina
Eduardo Cunha e Renan Calheiros são a cara do Brasil
Eduardo Cunha, o senhor do caos
R$1 bilhão: Eduardo Cunha consegue a aprovação de shopping para deputados
Quem se atreverá a dar um “rolezinho” no shopping de Eduardo Cunha?
A democracia, o financiamento empresarial e a corrupção
Financiamento público de campanha: #PanelaçoGilmarDevolva
Operação Lava-Jato confirma que financiamento privado nas eleições faz mal à democracia
Miguel Rossetto: “Financiamento empresarial corrói a transparência dos partidos.”
“O financiamento privado de campanha nada mais é que um empréstimo, pago depois com dinheiro público.”
Gilmar Mendes justifica por que engavetou ação do financiamento de campanha
O engavetador tucano Gilmar Mendes acusa OAB de ser laranja do PT

5 Respostas to “Em 2014, Lauro Jardim, “colonista” da Veja, já achava que Eduardo Cunha era meio esquecido”

  1. pintobasto Says:

    Dayse, falou tudo!

  2. Dayse Silva Says:

    Eu sou mais a verdade, doa a quem doer.
    Que cada um pague pelas suas iniquidades, se as cometeu.
    Tudo ou quase tudo está regrado no ordenamento jurídico brasileiro. E, por lei, é presumível que todos sabemos o que diz a nossa Constituição e demais leis deste País
    Portanto, é simples: só fazemos ou devemos fazer aquilo que lei o permite ou não veda.
    Deste modo, em todo ato devemos, antes, verificar o que diz o “Livrinho”, para usarmos a forma como o Presidente Dutra referia-se carinhosamente a Constituição Brasileira.

  3. pintobasto Says:

    Sandra, tu és mais Eduardo Cunha? Tens a certeza do que afirmas? Eduardo Cunha tem uma ficha corrida de crimes que têm sido ocultados desde os tempos do PC Farias lacaio do Collor. Aprendeu a usar a política para escapar da lei, mas tanto aprontou que seus inimigos estão lhe dando o troco.

  4. Sandra Tea Roussenq Says:

    Eduardo Cunha pode ter cometido erros, mas era sua a governabilidade, perante a inoperância e incompetência da PresidentA.. sozinho conseguiu e desengavetou projetos importantes. Sempre foi desafeto de Dilma, mas tinham uma “coexistência pacífica”. A ameaça na Reviosta Veja do maior empreiteiro se seu filho permanecesse preso, foi contra Dilma e Lula. ..quem quer fala, não anuncia. Deu tempo para os dois agirem. Educardo Cunha se fez “falcatruas”, são vistas como “traquinagem” perto bos bilhões em mãos de grandes corruptos e corruptores. Uma pena ele ter agido de cabeça quente e falado no calor do momento, quando se for inocente pode sair incólume. Penso que deveria silenciar e agir na calada da noite como fazem os mais contaminados. Penso também que o proprietário da empreiteira devidamente instruído, voltou-se contra Cunha. conseguiram virar o jogo.. Embora o processo já esteja adiantado, tem muita água a passar debaixo da ponte. Documentos e provas robustas…Eduardo Cunha é passional, demais deveria controlar-se mais, mas já imaginou que os dois ameaçados virariamo jogo pois ele é um impecilho grande para o Governo. Uma pedra no seu caminho. Logo após recompos-se e falou como um parlamentar que não quer obstruir a governabilidade. Mas a estratégia “do outro lado” funcionou. Esperamos que o partido não rache. Precisamos de oposição, não de brigas pessoais.
    Sou mais Eduardo Cunha.

  5. Rita Says:

    Bah para o colonista (rsrs) e para o cunha.

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: