Prefeito morre em queda de avião, quando jogava bombas em acampamento do MST

MST_Prefeito_Molotov01

Via Brasil 247 em 15/7/2015

Duas pessoas morreram na queda de uma aeronave na tarde de terça-feira, dia 14/7, em Tumiritinga, na Região do Vale do Rio Doce, em Minas Gerais. O prefeito do município de Central de Minas, Genil Mata da Cruz (PP), de 39 anos, estava no avião junto com um funcionário particular, identificado apenas como Douglas, de 28 anos.

O 8º Comando Regional da Polícia Militar informou que o avião sobrevoou um acampamento conhecido por conflitos recentes entre integrantes do Movimento dos Sem-Terra (MST) e fazendeiros.

De acordo com o MST, o prefeito jogava bombas caseiras nos barracos. Funcionários da prefeitura dizem que o avião foi abatido a tiros. Mas a perícia ainda não confirmou nenhuma versão para o conflito fundiário.

A moradora da ocupação, Neurilane de Souza Alves, de 35 anos, afirmou que duas aeronaves começaram a sobrevoar a fazenda no fim da tarde. “Elas sobrevoaram por aproximadamente uma hora o acampamento jogando bombas de coquetel molotov sobre as casas. Durante a ação, uma delas caiu e a outra foi embora”, disse, conforme relato do Estado de Minas. Um militar que esteve no local disse que uma das asas da aeronave se quebrou antes da queda.

Leia também:
30 anos do MST e o ódio da mídia
Folha mente sobre protesto do MST
Os 30 anos de ódio ao MST nas páginas de Veja
Stédile: “Moro tem-se prestado a alimentar o ódio da classe média contra os petistas.”
Cadê o ministro da Justiça: “Stédile vivo ou morto”
“Grande mídia” esconde encontro de Stedile com o papa Francisco
João Pedro Stédile: “O Brasil não será democrático se não democratizar a terra.”
João Pedro Stédile: “O capital dominou as cidades.”
João Pedro Stédile: As mentiras paraguaias das elites brasileiras
João Pedro Stédile: O golpe no Paraguai foi armação contra o Mercosul
MST: Se houver golpe, movimentos vão às ruas defender Dilma
MST propõe um novo modelo de luta para alcançar a reforma agrária no Brasil
Lula visita escola do MST e apoia iniciativas dos movimentos sociais
Com método cubano, MST busca erradicar analfabetismo no sul da Bahia
Intervozes: Pesquisa prova que mídia criminaliza o MST
MST ocupa terras de moinho que incinerava corpos de presos políticos
MST ocupa fazenda de Cachoeira no Distrito Federal

2 Respostas to “Prefeito morre em queda de avião, quando jogava bombas em acampamento do MST”

  1. Sérgio Ubiratã Alves de Freitas Says:

    Que maravilha menos dois filhos da puta no mundo.

  2. Marco Sousa Says:

    A reportagem foi falha, “Limpinho e Cheiroso” deveria, antes, ter se certificado de que partido esse prefeito era, provavelmente: PSDB ou DEM. A impunidade é tão grande para eles que, se sentem até com coragem de BOMBARDEAR com explosivos acampamentos onde ficam pessoas, sejam de que movimentos político-sociais for.

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: