“Chupa Folha”: Repórter demitido do jornal deixou um recadinho

Jornalista_Chupa_Folha01

Com informações de Fatos Desconhecidos em 15/7/2015

O repórter Pedro Ivo Tomé pediu demissão do jornal Folha de S.Paulo, mas, em sua última matéria, deixou um recadinho de despedida em forma de acróstico para os Frias: “Chupa Folha”.

Leia abaixo o texto.

Therezinha Ferraz Salles (1927-2015): Assistente social vocacionada e pianista
Pedro Ivo Tomé, 13/7/2015

Chamadas aos fins de semana não tiravam a assistente social Therezinha Ferraz Salles do sério: segundo a família, cuidar dos funcionários da Caixa Econômica Federal, onde trabalhou a vida toda, era sua vocação.

Habituou-se também às ligações noturnas, para ajudar quem tinha ficado doente e precisava de cuidado, fazendo a ponte com o banco.

Uma infância tranquila era a memória que tinha de Amparo, a 133 km da capital, onde a paulistana foi criada por causa da função do pai, Octávio, promotor de Justiça.

Pianista, formou-se no antigo Conservatório Dramático e Musical de São Paulo, hoje Escola Municipal de Música de São Paulo, no centro, durante a adolescência, quando a família retornou à cidade.

Assim como as duas irmãs mais novas, formou-se professora em uma escola normal, mas deu poucas aulas.

Fez a graduação em Serviço Social na PUC/SP. Pouco depois de concluir o curso, no início dos anos 1960, começou a trabalhar na Caixa.

Ouvia muito as obras de Schubert e Chopin, executando-as para os sobrinhos quando eles iam visitá-la.

Logo depois de se aposentar, na década de 1980, passou a assistir mais concertos. Aproveitava sempre as apresentações com música clássica do Theatro Municipal.

Há alguns anos, vinha sofrendo com bronquite e asma, males que a acompanhavam desde a juventude.

Após ficar 15 dias internada devido aos problemas pulmonares, que pioraram por causa da idade, morreu no dia 2, por insuficiência respiratória, aos 87 anos. Deixa duas irmãs e sobrinhos.

Conseguiu perceber? Foram grifadas as primeiras letras para facilitar. Você percebeu, mas o editor da Folha não.

Leia também:
Adeus, jornais impressos
Jornalismo de esgoto: Para onde vai a Folha
“Rola-bosta” na Folha, fedeu!
Paulo Nogueira: Um novo slogan para a Folha de S.Paulo
A Folha noticiou a compra de votos por FHC para a reeleição, mas depois se “esqueceu”
A Globo, a Folha e a Veja versus José Genoíno
Alckmin torra R$3,8 milhões da educação em assinaturas da Folha, Estadão e Veja
Assassinato de reputação: Erenice Guerra foi inocentada. Com a palavra a Folha e a Veja

Uma resposta to ““Chupa Folha”: Repórter demitido do jornal deixou um recadinho”

  1. Rogério Guimarães Oliveira Says:

    Parabéns ao criativo repórter, cujas iniciais “PIT” sugerem um acróstico para “pit-bull” ou para “piti”. De qualquer forma, ele agora está livre da coleira editorial e pode refletir sobre como aguentou trabalhar num ambiente anti-jornalístico como o da “Falha de São Paulo”. Todavia, seu inusitado recado aos Frias só terá sentido real se ele foi “dessa para melhor”, ou seja, se ao invés de tornar-se um desempregado, conseguiu uma colocação melhor do que a que tinha na “Falha”…

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: