Os extremistas “descobriram” quem orquestrou os ataques a Maju Coutinho: seu marido

Maju01_Marido

Maju e o marido Agostinho.

Kiko Nogueira, via DCM em 5/7/2015

Começou com um tuíte do blogueiro da Veja Felipe Moura Brasil. Em 4 de julho, ele insinuou que havia algo por trás dos ataques racistas à jornalista Maju Coutinho, do Jornal Nacional.

A sequência de sacadas geniais é a seguinte: “Majustamente agora… Sei.” Depois: “Se eu fosse um esquerdista e visse a casa caindo, eu mandava os robozinhos fazerem ataques racistas a uma negra da TV para culpar a direita.”

Na sequência: “Entidades petistas já ‘reagem a manifestações de preconceito contra Dilma e Maju’… Vitimização feita. Dilma = negra atacada por racistas”.

E o coup de grâce: “Ligue os pontos”.

Ligou?

Moura Brasil atirou um pedaço de pau no terreno baldio para seus seguidores se divertirem babando e abanando o rabo. Em meia hora de elucubrações, extremistas de direita concluíram que MAVs – sigla para “mobilização em ambientes virtuais” – xingaram a moça do tempo para criar uma “cortina de fumaça”.

Não se sabe quem são os donos das contas que xingaram Maju. Mas os fanáticos já têm indícios fortes de que não são manés quaisquer. O bom português é uma pista. Para um certo Wagner Rastelli, “a correção gramatical é muito estranha. Nem random trolls de internet e nem racistas ignorantões escrevem assim”.

Um tal Delator Sapiens respondeu a Joaquim Barbosa depois que o ex-presidente do STF se solidarizou com Maju: “Foi um ataque orquestrado, do tipo false flag.” Mas orquestrado por quem?

Ora, pelo marido de Maria Júlia Coutinho, o publicitário Agostinho Paulo Moura, segundo alguém que se esconde sob o pseudônimo Dona Encrenca no Twitter. Numa apuração rigorosa, detetives como ela, chegaram ao Facebook de Agostinho. Ele é diretor de criação da agência Pepper, de São Paulo.

Há uma empresa chamada Peppr, em Brasília, que está sendo investigada na Operação Acrônimo. Não têm nada a ver uma com a outra –, mas quem se importa com isso? Para os afanásios, Agostinho orquestrou toda a farsa. E não foi a primeira vez. “O marido da Maju Coutinho é da turma que soltou boatos sobre Aécio Neves na rede sobre ser cheirador de cocaína”, garante AryAntiPT.

Há outras “provas” da responsabilidade de Agostinho: ele compartilhava textos de Paulo Moreira Leite e até do DCM. Trata-se de um criminoso, além de petralha ou, na melhor das hipóteses, um esquerdopata.

Para fechar com categoria, Fernando Holiday, o negro que mais se odeia no Brasil de acordo com nosso colunista Marcos Sacramento, membro de estimação do MBL, fez um de seus vídeos devastadores. “Com frequência o PT usa desse artifício para manipular o que a mídia publica e a opinião popular”, afirma, a bocarra torta cheia de dentes vomitando ódio.

A insanidade dos jihadistas poderia ficar num pântano distante. Mas muitos deles foram até a página de Agostinho Paulo Moura para “desmascará-lo”. Ele foi obrigado a fechar o acesso.

Ou seja, dias depois de sua mulher ser reduzida a uma macaca, uma preta imunda e uma cotista, o sujeito é acusado, julgado e condenado por um tribunal de energúmenos que querem provar que a direita é incapaz de fazer um linchamento virtual.

Estes são os democratas que querem salvar os brasileiros de uma ditadura bolivariana. Se vivêssemos num estado de direito, seriam acionados na Justiça.

Opa. Vivemos num estado de direito. Ligue os pontos.
***

Maju defende o marido dos direitistas: “A empresa dele não tem nada a ver com a da Lava-Jato.”
Via DCM em 5/7/2015

Maju Coutinho divulgou uma nota da agência de publicidade em que seu marido trabalha, a Pepper, dizendo que ela não tem relação com a empresa homônima em Brasília que está sendo investigada pela Lava-Jato.

O marido de Maju, Agostinho Moura, foi hostilizado por direitistas fanáticos que acreditam que ele é autor de um “factoide”: orquestrou ataques racistas a sua mulher para criar uma “cortina de fumaça” para o PT.

Leia também:
Ação de fascista contra Dilma nos EUA foi montagem?
A influência de Danilo Gentili no caso de racismo contra Maju Coutinho
500 anos de perversidade geraram o povo mais ignorante do mundo
Três respostas sobre a direita brasileira
A moça do tempo, o racismo e o ódio nas redes sociais
A direita abraça as redes sociais
Verônica Serra, Mercado Livre e a punição para quem fez adesivo misógino contra Dilma
Como alguém pode fazer um adesivo tão ofensivo contra Dilma e não ir pra cadeia?
Luis Fernando Verissimo: O ódio está no DNA da classe dominante
Leandro Fortes: “O discurso do ódio foi construído pela mídia e pela oposição que ela tenta colocar no poder.”
Conservadores dos EUA financiam a nova direita latino-americana
“O pior analfabeto é o analfabeto político”: A atualidade de Bertold Brecht
Kim Kataguiri, o “defensor da democracia”, quer uma arma
Os “defensores da liberdade de expressão” atacam novamente
No Brasil, há um surto de hipocrisia
A ficha suja dos defensores do impeachment de Dilma
A “imparcialidade” do procurador do TCU que pediu a rejeição das contas de Dilma
Descolados e coxinhas 2.0 gourmetizam festas juninas
Líder do Revoltados Online quer “pegar Lula” na Bahia
Marcelo Rubens Paiva: O movimento coxinha micou
Analista alemã confirma: EUA manipulam “protestos” em todo mundo
E não é que o bandido que humilhou o haitiano era mesmo bandido?
Guilherme Boulos: A direita e a falácia do caviar
Marcha pela “paz”, alma de Herodes
Racismo: A cria do ovo da serpente
A mão que ajuda o facismo
Leandro Fortes: A balada de Kim Kataguiri
Bandidos da facção Revoltados Online atacam com deputados petistas na Câmara
Kim, você é contra o Estado, mas ainda bem que o Samu te socorreu, né?
Marcha dos coxinhas: O mico da “coluna Aécio”
A cultura do ódio na internet e fora dela
Na marcha dos coxinhas a Brasília, quem andam são os carros e o ônibus de apoio
Parecer entregue por Reale Jr. a Aécio descarta impeachment de Dilma
Vai vendo o nível: Musa do impeachment serve champanhe e caviar ao próprio cachorro
Quem inspira os jovens conservadores que protestam contra Dilma e a esquerda?
Pesquisa confirma: Quem foi às ruas não foi “o povo”, mas leitores reaças da Veja
Vitória (ES): Líder do “Vem Pra Rua” batia o ponto na Câmara e ia para casa
Apoiadores de Dilma emplacam hashtag #AceitaDilmaVez entre mais usadas do mundo
O fracasso dos protestos encerra, enfim, o terceiro turno
Protestos de 12 de abril: Esvaziamento de público e de pautas
Paneleiro contra a corrupção vende pontos da CNH
Lula deu uma surra no panelaço
Tremei, paneleiros. Lula está de volta às ruas!
A neodireita preconceituosa e as eleições
Nasce uma nova classe: A lumpemburguesia!
Vitória (ES): Líder do “Vem Pra Rua” batia o ponto na Câmara e ia para casa
É preciso “coragem” para chamar uma mulher de “vaca” da janela do prédio
O panelaço da barriga cheia e do ódio da elite branca
Paulo Moreira Leite: Panelaço virou panelinha
A revolta da varanda: Onde estavam os paneleiros antes?
Só pra quem tem estômago forte: Ecos das manifestações de 15 de março
Brasil surreal: O corrupto Agripino foi protestar por um Brasil melhor e sem corrupção
Por que a presidenta é execrada e os governadores são poupados?
O que está por trás da contagem de pessoas nos protestos?
Afinal, do que se trata? Simples: destituir Dilma e liquidar o PT.
Manifestações da middle class: Polifonia e ódio de classes dos “filhos da mídia”
“Nunca subestimem o ódio, o medo e a ignorância.”
Ricardo Melo: Dilma, a hora é agora
Os coxinhas, Paulo Freire e a ONU
Suiçalão: Lista do HSBC inclui artistas, cineastas e escritores do Brasil
Os reais motivos do inconformismo da elite reacionária
Propaganda: Reaça, a cerveja do coxinha homofóbico e reacionário
Suiçalão: Aécio lidera doações de donos de contas secretas do HSBC
Comportamento de coxinhas paulistanos é tema de análise sociológica
Manual de Ouro do Manifestante Idiota
Dicas para não pagar mico em tempo de manifestações
A revolução dos coxinhas e seus estranhos amigos
O futuro dos coxinhas do Leblon e dos Jardins
Neofascismo coxinha tenta virar ideologia
Mentira do Revoltados On-line: Viúva de Che Guevara recebe aposentadoria no Brasil há 10 anos
Golpe: Deputado denuncia o grupo fascista Revoltados Online
Revoltados Online: Hélio Bicudo se junta à extrema-direita
Saiba quem são os nazifascistas do grupo Revoltados Online
Ao calar Faustão, Marieta Severo deve ser a próxima global a receber ameaça de morte
Quanto tempo até que um crime de ódio como o da Carolina do Sul ocorra no Brasil?
Kim Kataguiri, o “defensor da democracia”, quer uma arma
Por que o assassinato de 9 negros não é considerado um ato de terrorismo?
O ódio continua: Petista Maria do Rosário foi ameaçada de morte em shopping
Neodilmismo: A súbita conversão de Jô Soares
O tamanho do ódio por Lula, Dilma e PT
Os “defensores da liberdade de expressão” atacam novamente
Os 30 anos de ódio ao MST nas páginas de Veja
Joaquim Barbosa é o grande expoente do ódio
Vinda de médicos cubanos reforça ódio ideológico ao PT
A Petrobras é o alvo do ódio, mas fingem que a defendem

3 Respostas to “Os extremistas “descobriram” quem orquestrou os ataques a Maju Coutinho: seu marido”

  1. Neusa Munhoz de Avila Says:

    As pessoas julgam sem terem provas,parem de julgar pois um dia vocês tbm serão julgados. Parem de apontarem o dedo a s pessoas sem provas ,gente!!!

  2. Aurea Trigo Says:

    Sem moral! Tem LEI e Justiça para este marido?
    E eu, me compadeci dela! E ela e a Globo sabiam!

  3. gustavo_horta Says:

    O erro foi em identificar quem produziu a cortina de fumaça, pois foi isto mesmo que houve.
    Contudo produzida pela própria GBOBO Gboebbels inspirada pela enorme repercussão e publicidade obtida pelo Boticário com sua propaganda com cores não homofóbicas.
    A GBOBO Gboebbels teria embarcada nesta onda, eventualmente escamoteando também a discussão de temas importantes.

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: