#CunhaGolpista: Em menos de 24 horas, 20 deputados mudam de opinião e redução da maioridade penal é aprovada

Eduardo_Cunha_PMDB47_Maioridade

Deputados acusam Eduardo Cunha de golpe, por ter feito manobra irregular.

Mudança no texto, orquestrada por Eduardo Cunha, fez 20 parlamentares aderirem à proposta, de um dia para o outro.

Via CartaCapital em 2/7/2015

Com polêmica e sob protestos de parte dos deputados, a Câmara aprovou no início da madrugada desta quinta-feira 2 uma emenda aglutinativa que reduz a maioridade penal de 18 anos para 16 anos, no caso de crimes hediondos (estupro, sequestro, latrocínio, homicídio qualificado e outros), homicídio doloso e lesão corporal seguida de morte. O assunto já tinha sido analisado e rejeitado pelos parlamentares no dia anterior, mas voltou à pauta por conta de uma manobra do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB/RJ), que conseguiu, com a ajuda da oposição, fazer algumas mudanças no texto. Deputados acusam o peemedebista de golpe.

A mudança feita no texto, de um dia para o outro, retira da redução os crimes de tráfico e roubo qualificado. Com isso, 323 parlamentares votaram a favor da proposta e 155 parlamentares votaram contra. Além disso, houve quatro obstruções e duas abstenções.

Saiba como seu deputado votou.

Leia também:
Derrota de Eduardo Cunha: Câmara rejeita redução da maioridade penal
Redução da maioridade penal legalizaria pornografia e álcool aos 16 anos
Populismo penal e midiático pela redução da maioridade penal na revista Veja
“O crime organizado está gargalhando da sociedade”, diz Paulo Sérgio Pinheiro
Redução da maioridade penal: Quem são os inimigos da juventude?
Redução da maioridade penal: Perfil da juventude no Brasil
10 motivos para ser contra a redução da maioridade penal
Magistrados divulgam carta contra redução da maioridade penal
Eliane Brum: Pela ampliação da maioridade moral
A demagogia de Alckmin e a redução da maioridade penal
18 motivos para não se reduzir a maioridade penal
Ao contrário do Brasil, EUA discutem o aumento da maioridade penal
Brasil vai na contramão mundial ao debater redução da idade penal
Professor desmonta tese da diminuição da maioridade penal
Financiamento público: Deputados são office-boys de empresas na hora de apresentar emenda parlamentar
Brizola previu: O aparelhamento do estado pelos evangélicos e a ascensão de Cunha
As falcatruas de Eduardo Cunha na Telerj e na Cehab/RJ
O Congresso Nacional tem dono. E, definitivamente, não é o povo
Reforma política do Eduardo Cunha é um deboche com o povo brasileiro
Eduardo Cunha desengaveta projeto que legaliza o jogo do bicho
A reforma política de Eduardo Cunha
A dobradinha Gilmar Mendes-Eduardo Cunha
Paulo Moreira Leite: A síndrome de Pelé
Paulo Moreira Leite: Marco Aurélio Mello deu uma aula de Constituição e democracia
Fifa: Saiba por que o silêncio de Ronaldo e Pelé está ligado a J.Hawilla e aos EUA
Financiamento privado: Um caso claro de violação da Constituição
“Assisti, mas deletei”, diz deputado que viu vídeo pornô no plenário da Câmara
Shopping do Eduardo Cunha: Saiba o nome dos deputados que foram comprados para aprovar financiamento empresarial
Golpe: Eduardo Cunha consegue a aprovação do financiamento privado
Financiamento de campanha e distritão: Numa só noite, Eduardo Cunha teve duas derrotas
A trama de Eduardo Cunha para privatizar o SUS
Terceirizada, mulher de Eduardo Cunha ganhou ação contra Globo e foi contratada
Eduardo Cunha, o falsificador
A ficha de Eduardo Cunha, o homem que falta para “moralizar a política”
Cavalo não desce escada: PMDB não sai do governo
A rica biografia de Eduardo Cunha, o herói da oposição
Eduardo Cunha, o sabotador da República
Na lata do lixo da História, há um lugar especial para o PMDB atual
Entenda como funciona a oposição “extraoficial” de Eduardo Cunha
Presidência da Câmara: As diferenças entre Arlindo Chinaglia e Eduardo Cunha
Chinaglia avança após novo indício de cumplicidade entre Eduardo Cunha e doleiro
Cinismo não tem limite: Eduardo Cunha e Antônio Anastasia se queixam de vazamentos sem provas
Jornal Nacional atua como assessor de imprensa de Eduardo Cunha
Terceirizada, mulher de Eduardo Cunha ganhou ação contra Globo e foi contratada
Eduardo Cunha vendeu aos empresários o compromisso de aprovar a terceirização
Terceirização: Como ficará seu emprego se Eduardo Cunha cumprir a promessa que fez aos empresários
STF autoriza buscas em gabinete de Eduardo Cunha
Mesmo envolvido no escândalo da Petrobras, Cunha continuará o queridinho da mídia?
Depoimento de ex-diretor complica ainda mais a situação de Eduardo Cunha
Doleiro diz que Eduardo Cunha era “destinatário final” de propina
Eduardo Cunha e Renan Calheiros são a cara do Brasil
Eduardo Cunha, o senhor do caos
R$1 bilhão: Eduardo Cunha consegue a aprovação de shopping para deputados
Quem se atreverá a dar um “rolezinho” no shopping de Eduardo Cunha?
A democracia, o financiamento empresarial e a corrupção
Financiamento público de campanha: #PanelaçoGilmarDevolva
Operação Lava-Jato confirma que financiamento privado nas eleições faz mal à democracia
Miguel Rossetto: “Financiamento empresarial corrói a transparência dos partidos.”
“O financiamento privado de campanha nada mais é que um empréstimo, pago depois com dinheiro público.”
Gilmar Mendes justifica por que engavetou ação do financiamento de campanha
O engavetador tucano Gilmar Mendes acusa OAB de ser laranja do PT

6 Respostas to “#CunhaGolpista: Em menos de 24 horas, 20 deputados mudam de opinião e redução da maioridade penal é aprovada”

  1. Rita Says:

    #CunhaGolpista

  2. José Jésus Gomes de Araújo Says:

    De um dia para o outro, 60 deputados mudaram sua convicção na votação anterior; agora, 24 mudam. Que se passa com nossos “representantes”? Que ocorre nos bastidores em tão curto espaço de tempo, para os deputados mudarem os votos? No mínimo, esquisito. Um psicólogo diria paranoico.

  3. gustavo_horta Says:

    E ACABOU APROVADA!
    TRISTE FIM PARA NOSSO POVO, NOSSA NAÇÃO, NOSSAS CRIANÇAS.

  4. gustavo_horta Says:

    MAIS UMA ATROCIDADE CONTRA A SOCIEDADE BRASILEIRA!
    NÃO SURPREENDE, MAS AINDA ASSIM CHOCA E NOS DEIXA PERPLEXOS.
    “Que surpresa. Cunha vai tentar outro golpe”
    Eu nunca soube de um problema resolvido com ações tomadas sobre efeitos. Ações sobre efeitos podem ser aplicadas de forma provisória, como um ‘ganha tempo’, até que as ações sobre as causas sejam implantadas. Do contrário, reincidência é inevitável e as ações seriam para enganar, manipular. É o que cretinos querem nos convencer com a redução da maioridade penal. Ainda bem que não foi aprovada!

  5. Jackson Roberto Says:

    Concordo plenamente!
    Esse picareta já deveria ser preso há mais tempo! (que merda é essa) Virou brincadeira (mudar o regimento) desafiar o “STF”, @#$%&*+

  6. pintobasto Says:

    Têm que dar um jeito de correr com o Cunha do congresso! Esse picareta muito vendido está afim de tumultuar a vida da Nação!

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: