Gregório Duvivier: Uma carta de Jesus para Malafaia

Jesus_Cristo07_Petralha

Gregório Duvivier, lido no DCM em 22/6/2015

Querido pastor,

Aqui quem fala é Jesus. Não costumo falar assim, diretamente – mas é que você não tem entendido minhas indiretas. Imagino que já tenha ouvido falar em mim – já que se intitula cristão. Durante um tempo achei que falasse de outro Jesus – talvez do DJ que namorava a Madonna – ou de outro Cristo – aquele que embrulha prédios pra presente – já que nunca recebi um centavo do dinheiro que você coleta em meu nome (nem quero receber, muito obrigado). Às vezes, parece que você não me conhece.

Caso queira me conhecer mais, saiu uma biografia bem bacana a meu respeito. Chama-se Bíblia. Já está à venda nas melhores casas do ramo. Sei que você não gosta muito de ler, então pode pular todo o Velho Testamento. Só apareço na segunda temporada.

Se você ler direitinho vai perceber, pastor-deputado, que eu sou de esquerda. Tem uma hora do livro em que isso fica bastante claro (atenção: spoiler), quando um jovem rico quer ser meu amigo. Digo que, para se juntar a mim, ele tem de doar tudo para os pobres. “É mais fácil um camelo passar pelo buraco de uma agulha do que um rico entrar no reino dos céus”.

Analisando sua conta bancária, percebo que o senhor talvez não esteja familiarizado com um camelo ou com o buraco de uma agulha. Vou esclarecer a metáfora. Um camelo é 3 mil vezes maior do que o buraco de uma agulha. Sou mais socialista que Marx, Engels e Bakunin – esse bando de esquerda-caviar. Sou da esquerda-roots, esquerda-pé-no-chão, esquerda-mujica. Distribuo pão e multiplico peixe – só depois é que ensino a pescar.

Se não quiser ler o livro, não tem problema. Basta olhar as imagens. Passei a vida descalço, pastor. Nunca fiz a barba. Eu abraçava leproso. E na época não existia álcool gel.

Fui crucificado com ladrões e disse, com todas as letras (Mateus, Lucas, todos estão de prova), que eles também iriam para o paraíso. Você acha mesmo que eu seria a favor da redução da maioridade penal?

Soube que vocês estão me esperando voltar à terra. Más notícias, pastor. Já voltei algumas vezes. Vocês é que não perceberam. Na Idade Média, voltei prostituta e cristãos me queimaram. Depois voltei negro e fui escravizado –os mesmos cristãos afirmavam que eu não tinha alma. Recentemente, voltei transexual e morri espancado. Peço, por favor, que preste mais atenção a sua volta.

Uma dica: olha para baixo. Agora mesmo, devo estar apanhando – de gente que segue o senhor.

Leia também:
Malafaia, Boechat e o “vá procurar uma rola”. Infelizmente, “o buraco é mais embaixo”
Além do Boticário, Malafaia e sua turba também boicotarão a Coca-Cola?
Populismo penal e midiático pela redução da maioridade penal na revista Veja
“O crime organizado está gargalhando da sociedade”, diz Paulo Sérgio Pinheiro
Redução da maioridade penal: Quem são os inimigos da juventude?
Redução da maioridade penal: Perfil da juventude no Brasil
10 motivos para ser contra a redução da maioridade penal
Magistrados divulgam carta contra redução da maioridade penal
Eliane Brum: Pela ampliação da maioridade moral
A demagogia de Alckmin e a redução da maioridade penal
18 motivos para não se reduzir a maioridade penal
Ao contrário do Brasil, EUA discutem o aumento da maioridade penal
Brasil vai na contramão mundial ao debater redução da idade penal
Professor desmonta tese da diminuição da maioridade penal

3 Respostas to “Gregório Duvivier: Uma carta de Jesus para Malafaia”

  1. Igor Pocchini Says:

    Na verdade Cristo foi o maior anarquista que existiu, o único que teve algum êxito. Esquerda não representa os valores de Cristo, pois é apenas o outro lado da mesma moeda chamada sistema monetário.
    Jesus desprezou as leis dos juízes e legisladores do Estado para acatar as leis da harmonia, as leis naturais da vida. Jesus foi crucificado por ser na sua pessoa um perturbador da ordem, um corruptor da nação e um temível rival de César. Jesus Cristo foi o rebelde das massas oprimidas, a esperança e consolo de todos os explorados. Jesus foi um anarquista que combateu energicamente os credos políticos da sua época, colocou-se fora da órbita do Estado, indo ao encontro das leis escritas. Os seus ensinamentos culminam na mais completa e absoluta negação de toda a ordem politica/capitalista.

  2. pintobasto Says:

    E um cristão qualquer mandou um recado: Malafaia, seu canastrão que adultera a religião, engana tanta gente jurando que é cristão, intitula-se pastor e vai tangendo um rebanho de otários que são espoliados, coitados, pobres de espírito, sem noção, sujeitam-se a tanta enganação dum vil aldrabão que nem tu, safado ladrão, mais parecido com rato de esgoto hospitalar que adora viver na podridão.

  3. Bene Nadal Says:

    Atenção: homofóbicos, preconceituosos, hipócritas, ladrões do dinheiro suado dos pobres(falsos pastores), pastores enganadores(falsos políticos), imprensa golpista e traidora(PIG), que empurra “goela abaixo” do povo; mentiras religiosas(para amedrontar o povo), mentiras políticas(para roubar-lhes o voto), e com cargos políticos detonar o país, as pessoas e “encher as burras” com dinheiro sujo, mentiras para usurpar o suado dinheirinho dos pobres para comprar: mansões, iates, jatinhos, orgia com mulheres… Atenção políticos aproveitadores, pastores enganadores, atenção Malafaias da vida…

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: