Sérgio Moro, um juiz a serviço da TV Globo e do PSDB

Sergio_Moro26_Globo

Moro, ao lado de outros globais, recebe prêmio da emissora dos Marinho.

Os principais interessados na Operação Lava-Jato são o PSDB e as multinacionais do petróleo. Ambos clientes da esposa de Sérgio Moro.

Emanuel Cancella, via Carta Maior em 18/6/2015

A esposa do juiz Sérgio Moro, que está à frente da Operação Lava-Jato, advoga para o PSDB do Paraná e para multinacionais de petróleo. A denúncia foi publicada no WikiLeaks.

O fato já seria suficiente para inviabilizar a participação do juiz Moro no processo que apura a corrupção na Petrobras (Operação Lava-Jato). O Código de Processo Civil, em seu artigo 134, manda arguir o impedimento e a suspeição do juiz: “IV – Quando nele estiver como advogado da parte o seu cônjuge ou qualquer parente seu, consanguíneo ou afim, em linha reta: ou na linha colateral até o segundo grau”.

Mais claro impossível. Ora, quem são os principais interessados na Operação Lava-Jato, que afeta diretamente a Petrobras? O PSDB e as multinacionais do petróleo, clientes da mulher de Moro! São eles os grandes beneficiados com essa Operação.

Na véspera da eleição presidencial, a revista Veja estampou uma foto da então candidata Dilma, afirmando: “Dilma e Lula sabiam da corrupção na Petrobras”. A TV Globo repercutiu no Jornal Nacional.

A capa da Veja – um panfleto pró-Aécio – e o noticiário da emissora de maior audiência (ainda que decadente) manipularam até o final e certamente conseguiram arrancar alguns milhões de votos da presidenta, embora não o suficiente para derrotá-la.

Depois do estrago causado, a farsa montada pela Veja e pela Globo foi desmentida. O próprio advogado do doleiro Alberto Youssef (suposto delator) assegurou que “o seu cliente não fez declaração alguma envolvendo os nomes de Lula e Dilma”. Quem provavelmente “sabia” da manipulação montada, era o juiz Sérgio Moro.

Parcialidade e blindagens se revelam como um novo escândalo
A sociedade não deve nenhum respeito a um juiz que extrapola suas funções e, sem nenhuma base jurídica, destrata a autoridade máxima do país. É o que aconteceu no segundo turno das eleições presidenciais, quando foram veiculadas as acusações – depois desmentidas. Por esse fato, o juiz Sérgio Moro deveria se desculpar publicamente.

Por mais que os brasileiros queiram ver na cadeia corruptos e corruptores – também me incluo entre os indignados – não é possível aceitar que a Justiça tenha dois pesos e duas medidas. O juiz Sérgio Moro mantém preso o tesoureiro do PT, mas não mandou prender os tesoureiros dos demais partidos citados em delação premiada, dentro da mesma operação, dentre os quais havia políticos do PSDB, PMDB, PP e outros. O tesoureiro do PSDB, Márcio Fortes, que foi tesoureiro de campanha de FHC e de José Serra, além do envolvido com o PSDB na Lava-Jato é titular de conta para lavagem de dinheiro no HSBC da Suíça. Mas continua solto.

A parcialidade de muitos juízes se revela como um novo escândalo, tão grande quanto aqueles que apuram. Pior é a blindagem de personagens, como o atual presidente da Câmara de Deputados, Eduardo Cunha. Será ele refém ou artífice de um projeto conservador em andamento que pratica uma verdadeira devassa, derrubando conquistas históricas da sociedade civil e dos trabalhadores?

Por que não são investigados e punidos os empresários de comunicação que falam e escrevem o que bem entendem, contra tudo e contra todos, sem nenhuma regulamentação?

Por que esses escândalos não têm a mesma repercussão na mídia? O que se diz é que órgãos de comunicação também estariam envolvidos, em escândalos bilionários, como o suiçalão, Zelotes e trensalão.

A lei determina que todos os envolvidos em corrupção, corruptos e corruptores, depois da ampla defesa e, se condenados, sejam presos e os bens adquiridos por meio da corrupção sejam ressarcidos. Mas a regra deveria valer para todos os partidos!

A TV Globo deu ao juiz Sérgio Moro o título de personalidade do ano. A TV Globo apoiou e cresceu à sombra da ditadura, foi contra as eleições diretas e, no governo de FHC, na década de 1990, fez campanha pela privatização da Petrobras, comparando a estatal a um paquiderme e chamando os petroleiros de marajás.

A Globo e o PSDB sempre defenderam a privatização da Petrobras. O seu projeto de país tem sido derrotado nas urnas. Mas, por vias transversas, está sendo retomado. É o que aponta o projeto do senador do José Serra que retira a Petrobras como operadora única do pré-sal e acaba com o regime de partilha, retornando ao pior modelo, que é o de concessão, instituído em 1997 pelo entreguista FHC.

Como funcionário da Petrobras e brasileiro não posso aceitar calado essa tramoia contra a empresa que é o maior patrimônio da nação e a única que pode pagar a dívida social que temos com nosso povo. A sociedade não pode permitir que a Globo e o PSDB destruam a Petrobras.

Emanuel Cancella é coordenador do Sindicato dos Petroleiros do Estado do Rio de Janeiro (Sindipetro/RJ) e da Federação Nacional dos Petroleiros (FNP).

13 Respostas to “Sérgio Moro, um juiz a serviço da TV Globo e do PSDB”

  1. Ivânio Lima Martins Says:

    Resumindo… Quem perde, com toda essa sacanagem partidária é a PETROBRÁS.
    Na verdade a estatal sempre foi roubada por todos os que por ela passaram em sua administração!!!
    Isso não é coisa exclusiva de um único partido…
    O Brasil precisa é se renovar urgente!!!
    O povo precisa aprender a votar e não trocar o seu voto por um quilo de favores… A corrupção já começa por ai…
    REFORMA POLITICA E PARTIDÁRIA JÁ!
    Há! E veja se não vota novamente errado, tá?

  2. pintobasto Says:

    Davi qual a necessidade de insultar o autor do artigo? Emanuel tem razão quando menciona que o juiz Sérgio Moro não deveria chefiar a operação Lava Jato porque sua esposa advoga para o PSDB e companhias estrangeiras do petróleo. Tem mais, o Moro já é conhecido pelo lindo trabalho que fez no caso Banestado, livrando todos do PSDB. No caso da Petrobras já mostrou sua parcialidade. Os maiores beneficiários da corrupção foram os do PSDB.
    A terminologia que usas não é própria para um debate, desacredita-te, depois se estivesses frente a frente com o Emanuel Cancella, não terias coragem de o insultar

  3. David Says:

    Deixa eu ver se entendi bem o que este Energúmeno escreveu: porque a mulher do Juiz advoga para o PSDB ele não pode julgar.
    Ah entendi, e acho que este FDP deve entender de lei também pois até citou artigo do código de processo, então ô pilantra, me diga o que o Piriguetue do Tofoli faz na nossa corte maior?
    Não precisa responder, para os cegos do PT.
    Para eles tudo pode.
    Emanuel, vai caçar uma rola, vai

  4. pintobasto Says:

    Rajid, mencionar Moro como juiz sensato não casa nada bem com determinadas medidas que adotou e muitas que ignorou, pelo andar da carruagem, a operação Lava Jato vai dar um prejuízo maior à Petrobras que a corrupção.
    Depois, considerar o trabalho do Quinzão como excelente, é mostrar desconhecimento da AP 470, caso que ainda não morreu porque Henrique Pizzolato, condenado a 12 anos de prisão sem provas condenatórias, refugiado em Itália, tem farta documentação que prova sua inocência.
    Se o STF já estava muito emporcalhado pelo Gilmar Mendes, ficou imundo com a cagada do Quinzão em condenar José Dirceu a pena de prisão maior sem provas acusatórias materiais ou testemunhais.

  5. Rajid Jidar Says:

    Radicalismo e fanatismo extremo é o grande problema do PT. Diante de tantos erros administrativos e atos de corrupção apurados (já tem várias pessoas presas) ainda insistem em querer justificar o que é injustificável. Pretendem justificar seus erros garimpando erros de governos passados. Se eram erros, como dizem, porque não consertaram? Estão há doze anos no poder e nada fizeram? Então são coniventes com os erros porque eles os favorecem? Ora, quando aparece um juiz sensato como é o SR MORO, que começa a desvendar toda a bandalheira querem desmerecer o trabalho dele.
    O exelente trabalho do juiz Joaquim Barbosa, que colocou de forma irrefutável, grandes figuras do PT na cadeia não foi suficiente? Errar faz parte da atividade humana isso é compreensível; agora persistir no erro e no fanatismo radical como justificativas é ignorância e imoralidade.

  6. Antonio Says:

    Com tudo isso acontecendo no Brasil, só tem um prejudicado que não sabe em quem acreditar, O POVO.

  7. pintobasto Says:

    A Elza teve um xelique, coitadinha! O Sérgio Moro é malandro e o Brasil inteiro necessita saber que a mulher dele advoga para o PSDB e empresas estrangeiras petrolíferas! Sérgio Moro tem que ser preso porque está prejudicando muito a Petrobras e como é um burraldão da mamãe, ainda não se tocou que vai sobrar pra cima dele, coitadão!

  8. bloglimpinhoecheiroso Says:

    Fique à vontade, Elza.
    Faça o que achar melhor.
    Até mesmo levar essa informação à justiça (“j” minúsculo mesmo).
    Assim, quem sabe, veremos um tucano preso, coisa que só em zoológico os brasileiros veem.
    Abraços e continue prestigiando o blog. Opiniões contrárias são bem-vindas.

  9. Elza A. Says:

    É MESMO??? A MULHER DELE ESTÁ ADVOGANDO EM PROCESSO QUE ELE JULGA??? É BOM ESCLARECER ISSO AÍ, SEUS ESPERTINHOS, SENÃO ESTA REVISTINHA PETISTA VAI FICAR EM MAUS LENÇÓIS… OLHEM BEM A MÁ INTENÇÃO DE QUEM NÃO CONHECE AS LEIS “O Código de Processo Civil, em seu artigo 134, manda arguir o impedimento e a suspeição do juiz: “IV – Quando nele estiver como advogado da parte o seu cônjuge ou qualquer parente seu, consanguíneo ou afim, em linha reta: ou na linha colateral até o segundo grau”.” EM QUE PROCESSO que ele julgue a mulher dele está como advogada??? CUIDADO COM A HIPOCRISIA E COM A ATRIBUIÇÃO DE MALFEITOS A QUEM AGE CORRETAMENTE! QUEM É SALAFRA, AQUI, É O PT!

  10. pintobasto Says:

    Que os corruptores e corruptados sejam condenados para que não se repita a história, mas pelo que estamos vendo, não e essa intenção do Sérgio Moro que de juiz tem apenas o título com respetivo salário. Justiça ele não está fazendo! E o CNJ não interfere em nada! Não temos justiça neste Brasil e a Petrobras é que paga o pato!

  11. Dayse Silva Says:

    Tudo estranho.Muito estranho!!!!!!

  12. alex Says:

    Cortar a cabeça do paciente para curar a enxaqueca é a filosofia da Lava a Jato nada contra a limpeza nas empresas publicas entretanto ao meu ver estão politizando o crime comum. Acredito que existam mecanismos de limpeza mais eficientes e que não comprometam a macroeconomia de um país.

  13. pintobasto Says:

    O governo e o PT nada têm feito para desmascarar esta tremenda farsa! Nós aqui em baixo a estamos vendo há muito tempo e não podemos esperar por novas eleições para mudar esta situação porque o sistema político é grande culpado disto tudo. Nós não temos voz ativa no governo, nem quem nos represente!

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: