Sérgio Moro, o justiceiro da Globo, foi patrocinado pela CBF

Sergio_Moro22_Globo_Yousseff

Miguel do Rosário, via O Cafezinho em 2/6/2015

Essa vai para a série: ironias da vida.

Sabe aquele novo justiceiro da Globo e da coxinhada? Aquele que manda prender sem provas. Condena sem provas. E persegue até cunhada inocente.

Pois bem, foi patrocinado pela CBF corrupta de Ricardo Teixeira.

Claro que Moro não tem culpa nenhuma disso, nem poderia saber que a CBF era tão corrupta.

Mas é uma ironia daquelas!

E diz muito sobre o comportamento dos setores tucanos da PF.

Não investigaram a CBF, receberam R$300 mil da CBF, e usaram o dinheiro para convidar o juiz-justiceiro para falar de… corrupção.

***
Moro deu palestra sobre crime organizado em congresso da PF patrocinado pela CBF
Via Jornal GGN

Em reportagem publicada na sexta-feira, dia 29/5, a Folha de S.Paulo indicou ligação de delegados da Polícia Federal com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e seu ex-presidente Ricardo Teixeira. Na matéria, são apontados 13 inquéritos contra a entidade que, em 15 anos, não foram concluídos e que, neste período, a ainda teria patrocinado congressos, viagens e cedido campo para torneio de futebol de delegados.

A Associação Nacional dos Delegados da Polícia Federal (ADPF) esclareceu, em nota, que o arquivamento de investigações não cabe, exclusivamente, à polícia, mas também ao Ministério Público Federal e à Justiça Federal, que todos os patrocínios e eventos realizados pela ADPF estão dentro da “transparência e legalidade” e que nenhum dos delegados citados na reportagem faz parte da atual gestão da Associação. A ADPF frisou que sempre se pautou “nos princípios da independência, ética, moralidade e transparência”.

Entre os casos apontados pelo jornal, está a liberação de R$300 mil da CBF para o 4º Congresso Nacional da Associação, em Fortaleza (CE), em 2009. Na ocasião, além do patrocínio, Ricardo Teixeira foi um dos palestrantes, onde falou sobre a Copa do Mundo de 2014, no Brasil. Curiosamente, outro panelista do mesmo evento foi o juiz federal Sergio Moro, para falar sobre Combate à Corrupção e ao Crime Organizado.

Na sua apresentação, Moro tinha como tema “a investigação de crimes do colarinho branco e a sensação de impunidade no Brasil”. Na descrição da programação, o juiz federal representaria “a eficiência das Varas Federais especializadas no combate a crimes contra o sistema financeiro a administração pública e à lavagem de dinheiro”.

“Os bons resultados da 2ª Vara Federal Criminal da capital paranaense mostraram que o desempenho positivo do Judiciário é fruto também de um trabalho harmonioso entre policiais, procuradores e juízes”, diz a descrição do evento, lembrando o caso do Banestado, então julgado por Sergio Moro.

A apresentação de Sérgio Moro no 4º Congresso Nacional de Delegados de Polícia Federal estava disponível no YouTube. Por algum motivo, o vídeo foi retirado.

Leia também:
As razões profundas da guerra movida contra o Brasil
Mais um boimate da Veja: “Atentado” contra Lava-Jato era problema no fogão
Leandro Fortes: Sérgio Moro em seu labirinto
O perigoso deslumbramento de Sérgio Moro
Vídeos: As delações e o poder dos infográficos
Lobista joga a Operação Lava-Jato no colo de FHC
“Coincidências tucanas”: Informante da Lava-Jato é suplente de Dias, parente de Moro e dono da Globo/PR
Mídia concentra foco na Lava-Jato, mas ignora empreiteiras na Castelo de Areia e no trensalão
Trensalão: Empreiteiras do Lava-Jato e o buraco do Metrô em São Paulo
Discussão entre Moro e Cerveró alerta juristas para erros na Lava-Jato
Moro não teve resposta para Cerveró
Excessos de Sérgio Moro são discutidos no STF e no CNJ pelo menos desde 2005
Lava-Jato na hora de mensalão tucano
Hei de vencer, mesmo sendo professor
Após derrota na justiça, aliados de Moro tentam o marketing
Delator de Anastasia já é considerado foragido
Sérgio Moro entre a legalidade e um jogo de truco
O golpe do juiz Sérgio Moro contra o PT
Lobista joga a Operação Lava-Jato no colo de FHC
Tucanice: Moro volta atrás e libera cunhada de Vaccari após constatar erro
Mídia concentra foco na Lava-Jato, mas ignora empreiteiras na Castelo de Areia e no trensalão
Trensalão: Empreiteiras do Lava-Jato e o buraco do Metrô em São Paulo
Operação Lava-Jato confirma que financiamento privado nas eleições faz mal à democracia
Lava-Jato: Quando os vídeos mentem
Bastou Zelotes chegar para a Zelite achar ideias de Moro “perigosas”
Sérgio Moro, o novo operário-padrão da Globo
Paraná: Quando Moro trabalhou para o PSDB, ajudou a desviar R$500 milhões da Prefeitura de Maringá
“Coincidências tucanas”: Esposa de Sérgio Moro, juiz da Lava-Jato, trabalha para o PSDB do Paraná
Juristas põem em suspeita procedimentos usados por Sérgio Moro em delação
Juiz Sérgio Moro monta a segunda garra da pinça do impeachment
PSDB recebeu 42% das doações das empreiteiras da Lava-Jato. E agora, Moro?
Guilherme Boulos: A legitimidade da greve dos professores
Lava-Jato: R$78 milhões de empreiteiras. Cadê o PSDB?
República do Paraná tenta cartada final
Jornal Nacional atua como assessor de imprensa de Eduardo Cunha
Imprensa e corrupção: Ao som de Roberto Carlos
Em vídeo, advogados enfrentam Moro e procuradores em audiência da Lava-Jato

6 Respostas to “Sérgio Moro, o justiceiro da Globo, foi patrocinado pela CBF”

  1. Joaquim Caldas Says:

    Moro deu palestra à Polícia Federal do PT e não à PF da União,do estado democrático de direito.De quem é a culpa? CBF?

  2. Bene Nadal Says:

    Em épocas turbulentas, quase sempre provocadas por setores reacionários de direita, a informação “propriamente dita”, fica camuflada entre os entulhos, propositadamente jogados “em cima”… E é nesses momentos de “desalento” das pessoas honestas que os energúmenos, traíras, e mercenários, passam para a glória, mesmo que seja apenas a glória financeira, paga com dinheiro “sujo”… E assim andam as sociedades “dominadas” pelo capital e pela malandragem, transformados em “heróis” por um sistema de mídia, que funciona muito mais como um “câncer em metástase” do que como órgãos de informação e entretenimento… Oxalá um dia nossa sociedade se liberte; e quem sabe nossos descendentes, mesmo que seja daqui a algumas dezenas de gerações possam desfrutar de um meio social, com menos semelhança, gosto e aparência “de estrume”…

  3. gustavo_horta Says:

    “Moro deu palestra sobre crime organizado em congresso da PF patrocinado pela CBF”
    he he he
    Para os brancos, psdbostas, fascistas, tudo pode, tudo é permitido e nada pode ser discutido.
    Os coxinhas de merda logo logo aparecem na defesa de tamanha ostentação fraudulenta.
    Hipocrisia e mato nascem em todo canto. Não precisa cultivar.
    Cretinos e canalhas nascem sem pais e sem país.
    Covardes abundam neste meio de hipócritas.
    Uma orgia, uma suruba, um bacanal onde os ânus são sempre e unicamente os nossos. Não se engane não.
    Um dia a casa cai. Ah!, um dia cai sim.

  4. Giordano Says:

    Quanto ao moro, não vem ao caso, como diria PHA. Agora, se os manos aí do jaleco branco fossem do PT, a Dilma já estaria inapelavelmente impichada !!!

  5. Marcos Pinto Basto Says:

    Mencionou Sérgio Moro, tratou de porcaria! É mais um farsante que nem o Quinzão! Está ali só para perseguir o PT!

  6. eliana batista Says:

    Alguem sabe quanto Moro cobrou pela “palestra” sobre crime do colarinho branco e a sensação de impunidade dos criminosos?

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: