O sigilo total sobre Ricardo Teixeira e Rossell, ex-Barça. A grana se foi, doutores do MP.

Ricardo_Teixeira_Barcelona_Pres

Teixeira e Rossell, amigos para sempre.

Fernando Brito, via Tijolaço em 3/6/2015

Lê-se no Estadão a seguinte pérola sobre a discrição do Ministério Público Federal, aquela instituição que vaza tudo, real ou imaginário, quando o acusado é de esquerda:

“O Ministério Público Federal do Rio de Janeiro abriu procedimento investigatório para aprofundar as investigações sobre o envolvimento dos ex-presidentes da CBF, Ricardo Teixeira, e do Barcelona, Alexandre Rosell e outras três pessoas em esquema de corrupção dando seguimento ao indiciamento feito pela Polícia Federal que encontrou crimes praticados pelo grupo. O procedimento tramita com grau máximo de sigilo, quando nenhuma informação sobre o andamento está disponível nem mesmo os nomes das partes.

Não é possível saber quem é o juiz do caso, o procurador responsável ou a vara federal onde tramita. Esse tratamento torna a tramitação do processo oculta, como se não existisse e impede que a sociedade tenha conhecimento sobre se o MPF apresentou denúncia contra os indiciados, além de outras movimentações. O MPF não explicou porque garantiu sigilo máximo ao caso.

Conforme o Estado revelou na terça-feira, dia 2/6, o inquérito na PF que culminou com o indiciamento e a investigação do MPF/RJ foi concluído em janeiro deste ano. As investigações duraram dois anos. Além de Teixeira e Rosell, foram indiciados: Claudio Honigman (descrito como parceiro comercial de Teixeira e Rosell e sócio do ex-presidente do Barcelona na 100% Brasil Marketing), Vanessa Almeida Precht (sócia da Alianto Marketing Ltda.) e Claudio Abrahão (irmão de Wagner Abrahão, presidente do Grupo Águia, que realiza as viagens da CBF).”

Fifa_Barcelona01

Será que o MP sabe que Sandro (como é conhecido) Rossell já levou a grana embora? Se não sabe, é só ler o post deste Tijolaço (em agosto de 2013!), mostrando que a Alianto, empresa com que fazia negócios com a turma de Ricardo Teixeira, reduziu seu capital de R$12 milhões para R$120 mil?

Para colaborar, repito a imagem publicada há quase dois anos! E com a esfarrapadíssima desculpa de que, em apenas quatro meses, descobriram que “entenderam estar o capital social da sociedade excessivo em relação ao seu objeto social”, como está na ata registrada na Junta Comercial do Rio de Janeiro e publicada no Diário Oficial?

Uma redução de 100 vezes no capital “excessivo”? Quer dizer: eu tinha R$100,00 para comprar bananas e descubro que só preciso de um real?

É óbvio que a manobra visa cobrir a responsabilidade da empresa de Rossell e da “laranja” de Ricardo Teixeira, Vanessa Precht e ainda liberou Rossell para “extraditar” seu rico dinheirinho.

A PF só indiciou a turma em janeiro deste ano, como mostra o Luiz Carlos Azenha no Viomundo. E em seguida o MP decreta “sigilo total”!

Fica minha sugestão a Eduardo Cunha e a Renan Calheiros: em lugar de elegerem-se presidentes da Câmara e do Senado e terem investigação sem sigilo no STF, candidatem-se a presidente da CBF para ter o “foro privilegiado” que o MP dá a Rossell e, por tabela, a Ricardo Teixeira.

Leia também:
Em ação contra Ricardo Teixeira no STF, Joaquim Barbosa pulou fora
Luciano Martins Costa: Futebol e o ninho de ratazanas
Acordo com ditadura possibilitou eleição de Havelange à Fifa
A Receita Federal tem medo de falar na Globo?
Ricardo Teixeira é o homem-bomba que a Globo não quer ver denunciado
A CBF e a cara do Brasil
Paulo Moreira Leite: A síndrome de Pelé
Fifa: Saiba por que o silêncio de Ronaldo e Pelé está ligado a J.Hawilla e aos EUA
Como os editores escolhem a capa da Veja
Por uma lei que obrigue os candidatos a usarem a logomarca de seus patrocinadores
Globo silencia sobre a corrupção em seu quintal
De dono do futebol brasileiro a delator: A ascensão e queda de J.Hawilla
Por que a Polícia Federal se sentou em cima das fraudes da CBF nestes anos todos?
Corrupção na Fifa: Quais são os negócios do réu confesso com a Globo
Como o homem que tentou eleger Marina Silva virou escudo de Del Nero na CBF
Especialista de Harvard alerta sobre interesses dos EUA em crise na Fifa
Leão vai pra cima dos sonegadores do futebol
Fifa: Globo esconde que J.Hawilla é sócio de filho de João Roberto Marinho
Golpe imperialista: EUA pedem cancelamento da Copa na Rússia e o afastamento de Blatter
Será que tem alguém que ainda quer alguma coisa padrão Fifa?
Prender Dirceu e Genoíno é fácil. Difícil, no Brasil, é prender Marin
O escândalo da Fifa “é só o começo”, diz polícia norte-americana
Recordar é viver: Marin e Aécio Neves, uma tabelinha impagável
Vídeo: A prisão de José Maria Marin e a compra de resultados no futebol
Recordar é viver: Dilma quer Marin fora da CBF
O jornalista que expôs a corrupção da CBF
Jornalista que investigou Ricardo Teixeira é condenado sem conhecer acusação
É intolerável ver Marin na abertura da Copa 2014, diz filho de Herzog
Futebol e ditadura: Filho de Vladimir Herzog cria petição online para tirar Marin da CBF
Após denúncias, Marin, presidente da CBF, garante R$100 mil por mês a Teixeira
Comissão da Verdade pode citar José Maria Marin pela morte de Herzog
José Maria Marin foi o responsável pela prisão de Herzog
CBF: Alguém explique pra Globo a diferença entre comissão e propina
CBF: A Globo está envolvida no suborno de Havelange e Ricardo Teixeira
Tremei TV Globo: João Havelange e Ricardo Teixeira recebiam propina
Depois das denúncias vindas da Suíça, a Globo vai blindar Havelange e Teixeira?
Globo não revela seus codinomes no relatório da propina a Ricardo Teixeira
Allianz Parque: O dia em que a Globo e a CBF censuraram um estádio
O caso de sonegação da Globo e o escândalo HSBC
PF confirma abertura de inquérito contra sonegação da Globo
Rede Globo sonega milhões de reais em impostos
A Globo e a ditadura militar, segundo Walter Clark
Estarrecedor: Por sonegação, Receita Federal notificou a Globo 776 vezes em dois anos
Rede Globo tem os bens bloqueados pela Justiça
Ex-funcionária da Receita que sumiu com processos contra TV Globo é condenada à prisão
Leandro Fortes: O povo não é bobo
Série do DCM sobre a sonegação da Globo, 1ª parte: “Injusto é pagar imposto no Brasil.”
Série do DCM sobre a sonegação da Globo, 2ª parte: Como o processo sumiu da Receita e sobreviveu no submundo do crime
Série do DCM sobre a sonegação da Globo, 3ª parte: A história da funcionária da Receita que sumiu com o processo
Vídeo: O documentário sobre o escândalo de sonegação da Globo
Vazou tudo: Sonegação da Rede Globo está na web
A sonegação da Globo, o Ministério Público e a PEC 37
Saiba como funcionava a empresa de fachada das Organizações Globo nas Ilhas Virgens

Uma resposta to “O sigilo total sobre Ricardo Teixeira e Rossell, ex-Barça. A grana se foi, doutores do MP.”

  1. gustavo_horta Says:

    Depois tem gente que reclama quando eu afirmo que os quatro poderes convivem em uma orgia, uma suruba, um bacanal onde os ânus são sempre os nossos. À noite, ali na Avenida Paulista, tomam uísque com canapés de ovas de esturjão, tudo às nossas custas, é claro.
    Não me enganei não, são mesmo quatro os poderes desta nossa república infeliz – Executivo, Legislativo, Judiciário e Imprensa.
    Amor, compaixão, solidariedade.
    Felicidade. Sempre.
    Gustavo Horta

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: