A “revelação” de Mariana Godoy sobre os apresentadores da Globo

Mariana_Godoy01

Agora ela pode fazer perguntas.

Paulo Nogueira, via DCM em 31/5/2015

As pessoas pareceram surpresas, nas redes sociais, com uma declaração da jornalista Mariana Godoy, ex-Globo, sobre os apresentadores da emissora.

Numa entrevista, ela se disse feliz com seu novo emprego na Rede TV porque, finalmente, pode fazer perguntas, e não simplesmente ler as que os outros fazem por ela.

Outros não. Outro: Ali Kamel, diretor de jornalismo da Globo.

As pessoas achavam que os apresentadores da Globo tinham luz própria para fazer alguma coisa além de declamar.

Não.

Mariana fez questão de incluir Bonner na lista dos que são papagaios de Kamel.

Numa discussão entre jornalistas no Twitter, alguém ponderou que, a rigor, não havia novidade. Mas outro notou que era a primeira vez que alguém, com autoridade, dizia tão cruamente isso.

A primeira constatação é que Kamel não é um grande perguntador, dado o nível de entrevistas da Globo. A segunda é que ele é um centralizador doentio. Um chefe inspirador recruta ou forma apresentadores capazes de fazer perguntas a quem quer que seja.

Se seus comandados não são capazes de conduzir uma conversa, o problema está em você, e não neles. Ensine-os a pescar, em vez de dar-lhes os peixes.

Outra coisa é como é ruim trabalhar na Globo. A emissora dá visibilidade, mas não oferece as coisas que realmente tornam atraente uma atividade, a começar por autonomia. Você pode miseravelmente pouco quando não é um Marinho na Globo, ou alguém de seu círculo mais próximo.

O que Mariana não disse, por ir além do que ela via, é que as perguntas de Kamel são devidamente aprovadas previamente por João Roberto Marinho, o irmão que cuida do conteúdo da Globo.

Não me refiro, obviamente, às perguntas triviais, mas às que verdadeiramente contam. Por exemplo, as que foram feitas no Jornal Nacional aos candidatos à Presidência.

O que os apresentadores devem saber fazer é lidar com as respostas. Patrícia Poeta, pelo que se noticiou, não foi aprovada na maneira como encaminhou, ou desencaminhou, a entrevista com Marina, e foi tirada do JN. Mas o mais relevante, no debate, é que o que ocorre na Globo é um lugar comum nas corporações de mídia. Só quem manda são os donos.

Na Veja, o diretor de Redação Eurípides Alcântara executa, apenas, as vontades dos Civitas.

Em outros tempos, você tinha um certo equilíbrio no jornalismo brasileiro. Os donos, compreensivelmente, eram de direita. Mas as redações eram, também compreensivelmente, progressistas.

Na Folha, Cláudio Abramo puxava o jornal para um lado e Octavio Frias para o outro, e o resultado era um conteúdo frequentemente instigante. O equilíbrio se perdeu a partir de 2003, com a ascensão de Lula.

Os donos buscaram obsessivamente chefes de redação afinados com eles, ou ao menos completamente submissos, como Eurípides na Veja ou Kamel na Globo. Para facilitar seu trabalho, estes também se cercaram de replicantes.

Na Globo, ascenderam, por essa lógica, jornalistas como Erick Bretas, diretor de Mídias Digitais da empresa – e com um viés antipetista tão intenso que, em março, ele convocou seus seguidores no Facebook para uma manifestação contra o governo. Avisou, é claro, que estaria na rua.

Ainda na Globo, outro jornalista que cresceu sob tal ambiente é Diego Escosteguy, que fez da Época uma Veja, como se uma não bastasse. Semanalmente, sob Escosteguy, a Época, como a Veja, se dedica a semear denúncias “bombásticas” contra Lula e o PT que não dão em nada.

A Época não se detém diante de nada. Na campanha presidencial, publicou uma pesquisa de um certo Instituto Paraná pela qual Aécio hoje estaria na presidência, tamanha a vantagem que lhe davam.

Mais recentemente, o mesmo instituto foi usado pela revista para dizer que, se fossem hoje as eleições, Aécio levaria. O leitor poderia responder: se fosse pelo instituto e pela revista, Aécio já teria sido eleito em outubro.

Esta, enfim, é a mídia brasileira. Se não é a pior do mundo, disputa esse título acirradamente. Mariana Godoy apenas mostrou, para os iludidos, como é o ambiente dentro das redações: péssimo, como o jornalismo que sai delas.

Leia também:
Globo mente sobre o programa Ciência sem Fronteiras
Allianz Parque: O dia em que a Globo e a CBF censuraram um estádio
Lula encara os Marinho: “Olhem para o próprio rabo.”
O dia em que a Globo bateu continência para o ditador Videla
Enciclopédia norte-americana afirma que Globo é subsidiada pelo Tio Sam
Na versão 2015 de seus donos, Globo é quase uma vítima da ditadura
Uma pequena história da mídia brasileira, nos 50 anos da Globo
O torcedor não é bobo e derruba a audiência da Globo
Globo é escrachada no dia de seu aniversário
Vídeo: Vinheta de descomemoração dos 50 anos da Globo
Aniversário da Globo: 10 motivos para descomemorar
Vídeo: O documentário sobre o escândalo de sonegação da Globo
Terrorismo, mentiras e pedofilia na pedagogia das Organizações Globo
O caso de sonegação da Globo e o escândalo HSBC
50 anos da TV Globo, o principal legado da ditadura militar
O declínio do Jornal Nacional é irreversível
Repórter da Globo resolve ser sincera: “A ordem é ouvir só o Paulinho da Força.”
Imperdível: Vídeo sobre o jornalismo da Globo e o golpe militar
Globo se desculpa pelo passado. Mas e o presente?
Golpe de 1964: A Globo devolverá o dinheiro que ganhou com ele?
O controle remoto pela qual a Globo comanda o Brasil
MP/SP é contra doação ao Instituto Lula, mas a favor de doação à Globo?
TV Globo: Desfiles e Fantástico têm as piores audiências da história, dentre outros programas
O Brasil é o paraíso dos milionários
Como a Globo manipula a Justiça brasileira por meio do Instituto Innovare
Jornal Nacional: William Bonner é corrigido ao vivo
Como o dinheiro público vem patrocinando a Globo há décadas
Globo orienta jornalistas a evitar “pautas positivas” sobre a Copa
Rede Globo tem contratos sigilosos com Marcos Valério
Andrea Hass, esposa de Pizzolato, pede o Darf para repórter da Globo
PF confirma abertura de inquérito contra sonegação da Globo
Uma aula de Venezuela e uma dura na Globo, em plena Globo
Metodologia da Rede Globo e sua “imparcialidade”
Globo: Eles foram contra o 13º salário
Globo abre o jogo: É contra o pobre
Os bilionários da Globo
Credores norte-americanos pedem falência de empresa da Rede Globo nos EUA
Allianz Parque: O dia em que a Globo e a CBF censuraram um estádio
O caso de sonegação da Globo e o escândalo HSBC
PF confirma abertura de inquérito contra sonegação da Globo
Rede Globo sonega milhões de reais em impostos
A Globo e a ditadura militar, segundo Walter Clark
Estarrecedor: Por sonegação, Receita Federal notificou a Globo 776 vezes em dois anos
Rede Globo tem os bens bloqueados pela Justiça
Ex-funcionária da Receita que sumiu com processos contra TV Globo é condenada à prisão
Leandro Fortes: O povo não é bobo
João, Irineu e José, os filhos de Roberto Marinho: Os bilionários donos do BV
Rede Globo: Quem planta terrorismo, colhe caos
Por que a Globo faz o que faz
Como a Globo manipula gente simples para defender sua visão predadora de impostos
Forbes: A famiglia Marinho tem fortuna de R$52 bilhões
Leandro Fortes: A TV Globo e a ópera bufa no Panamá
Apoio da Globo ao golpe de 1964 foi comercial, não ideológico
Ministério Público no DF abre apuração sobre o caso de sonegação envolvendo a Rede Globo
Rede Globo: Só falta o cadáver
Funcionária da Receita foi condenada por sumir com processo contra a Globo
Rede Globo é alvo de uma CPI na Câmara
Sonegação fiscal da Globo fica em segundo plano, agora o caso é de polícia
Processos contra a Globo podem reaparecer no Congresso
Dublê da Globo é o herói da Veja
Professor demonstra manipulação de “O Globo” sobre a Venezuela
Dia Nacional de Lutas: Trabalhadores ocupam as ruas com atos em todo o País
“Grande mídia” tenta abafar protestos contra a Globo
Baba-ovo: TV Globo fará série sobre a mãe de Joaquim Barbosa
Ligações suspeitas entre Globo e Banco Rural, mas ninguém investiga
A ingratidão da Globo
Na lista da máfia do ISS, Globo nega e diz que paga todos os impostos
Por que a Globo é contra os venezuelanos
MPF denuncia coronel Ustra por ocultação de cadáver na ditadura militar
Ditadura militar: O algoz e o crematório
“Coronel Ustra comandava a tortura”, diz ex-sargento
Marco Aurélio Mello: Ministro que defende o golpe de 1964 pode ter lisura para julgar a AP470?
Mauro Santayana: O golpe da informação
O golpe de 1964 em filmes, livros e artigos
O golpe de 1964: Ranieri Mazzilli, o político Modess
O PIG apoiou a ditadura militar: As manchetes do golpe de 1964
Documentos da ditadura estarão disponíveis na internet
31 de março é um dia para lamentar
Dirigentes do PSOL acham que a Globo desempenha papel de vanguarda
Cadu Amaral: A Globo, o complexo de vira-lata e a Copa do Mundo no Brasil
STF paga viagem de jornalista de “O Globo”
Ação Penal 470: Globo dá sinais de que, se farsa reunir, Barbosa é quem vai pagar a conta
A Globo e Joaquim Barbosa são um caso indefensável de conflito de interesses
Série do DCM sobre a sonegação da Globo, 1ª parte: “Injusto é pagar imposto no Brasil.”
Série do DCM sobre a sonegação da Globo, 2ª parte: Como o processo sumiu da Receita e sobreviveu no submundo do crime
Série do DCM sobre a sonegação da Globo, 3ª parte: A história da funcionária da Receita que sumiu com o processo
Vídeo: O documentário sobre o escândalo de sonegação da Globo
Vazou tudo: Sonegação da Rede Globo está na web
A sonegação da Globo, o Ministério Público e a PEC 37
Como a Globo deu o golpe da barriga em FHC e enviou Miriam para Portugal

4 Respostas to “A “revelação” de Mariana Godoy sobre os apresentadores da Globo”

  1. Joaquim Caldas Says:

    Basta dizer que todas as emissoras midiáticas tem os símbolos da maçonaria!!!!! “O Olho”, que tudo vê?

  2. Jackson Roberto Says:

    Muito providencial o seu comentário.

  3. Bene Nadal Says:

    Há cinquenta anos que a globo, não passa de dois ou três chefes(asnos) vomitando, e um bando de papagaios(jornalistas) repercutindo… Portanto não é de hoje que a globo é esse lixo que se mostra hoje, e que é confirmado por essa jornalista! O Brasil só tem uma chance de ser uma democracia “de verdade”, é aprovando uma “lei de meios”, todavia com esse Congresso de “hienas” e achacadores, fica bem difícil!!!

  4. pintobasto Says:

    Sempre gostei do jeito da Mariana Godoy e agora, depois de suas declarações, passou a ser a minha musa inspiradora! Pena que eu já esteja velho porque se fosse há 30 anos atrás, ia atrás dela até o fim do mundo!

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: