A conexão Serra-Matarazzo no caso do jornal anti-Haddad e no blog Implicante

Serra_Andrea_Matarazzo01

Kiko Nogueira, via DCM em 21/5/2015

O caso do panfleto anti-Haddad produzido pelo vereador Andrea Matarazzo, prefeiturável do PSDB em São Paulo, obedece a um modus operandi de seu mentor e melhor amigo José Serra.

Segundo a Folha, foram gastos, oficialmente, R$13 mil para imprimir 55 mil exemplares de um tabloide com oito página denominado “Nova Cidade”. O dinheiro foi tirado da verba anual de R$239.062,56 destinada a “serviços gráficos, assinaturas e materiais de escritório”.

Segundo as normas da Câmara Municipal, esse tipo de material precisa ter “caráter educativo, informativo ou de orientação social”. É permitida a criação de um jornal para divulgação de atividades institucionais “desde que não haja promoção pessoal de qualquer dos vereadores por meio desse veículo de comunicação”.

O pasquim autopromocional tem fotos de Matarazzo triunfante em todo lugar. O editorial, assinado por ele, diz que “nos últimos dois anos, a vida na cidade piorou muito, graças a uma gestão ineficiente e sem noção de prioridades”.

Uma das matérias denuncia que São Paulo tem número recorde de queda de árvores, para emendar que Matarazzo propôs um projeto de lei para diminuir os processos de poda. Sobra também para as “ciclovias do absurdo”. O expediente traz o nome de cinco jornalistas, quatro repórteres e uma editora, todos eles lotados no gabinete do peessedebista.

A gráfica é a do Estadão. O repórter do DCM Pedro Zambarda fez um orçamento de uma publicação nos mesmos moldes. O valor foi de R$4,1 mil, quase R$9 mil a menos. Esse montante teria pago o trabalho do time.

A assessora de imprensa de Andrea, Bia Murano, editora do panfleto, acha que não há “nenhum problema ético” e que, pelo chefe ser de oposição, é natural que ele seja “mais crítico com o prefeito”.

Andrea_Matarazzo09_Nova_CidadeÉ um uso espúrio de dinheiro público. As digitais de AM estão também em outra história recente: a do Implicante, o site de difamação feito pela agência Appendix, contratada por Alckmin por R$70 mil mensais para “serviços de comunicação da Secretaria da Cultura”.

Ex-subprefeito da Sé na gestão Serra e secretário de Kassab, Andrea foi secretário estadual de Cultura entre 2010 e 2012, quando saiu para a vereança, mas deixou sua equipe (ganha um sorvete quem souber o nome do atual secretário). Eles eram chamados, segundo um peessedebista histórico, de “menudos”.

Uma destas pessoas é Cristina Ikonomidis, que também passou pela Secretaria de Cultura, foi secretária-adjunta de Comunicação Institucional do governo Serra e hoje é sócia da Appendix. Bia Murano gravou em 2010 um depoimento sobre Serra no YouTube, afirmando que o conhece “desde a infância” e que guarda “com carinho um presente muito especial que recebeu dele” – um autógrafo numa cópia da Constituição.

Em setembro do ano passado, Andrea Matarazzo organizou uma coletiva de Aécio Neves com donos de mais de 80 jornais de bairro da capital. “Na semana seguinte, todos eles tinham anúncios da Secretaria de Cultura”, disse um desses empresários ao DCM.

O jornal detonando a Prefeitura, que o contribuinte paulistano ajudou a lançar, é um aperitivo do que Matarazzo ainda fará até 2016. José Serra, o homem do “Pó pará, governador?”, fez escola.

* Com reportagem de Pedro Zambarda.

Leia também: Serra*
Na surdina, José Serra apresenta projeto que desobriga Petrobras de participar do pré-sal
Os acertos de Serra com a Chevon para entregar o pré-sal
Trensalão: Depoimentos ligam José Serra ao propinoduto tucano do Metrô
Trensalão tucano: Promotor vê indícios de ação de Serra no cartel
Trensalão tucano: Andrea Matarazzo arrecadou junto à Altom para a campanha de FHC
Justiça quebra sigilo do tucano Andrea Matarazzo
Trensalão tucano: Matarazzo quer habeas corpus para não ser investigado
José Serra gastou R$2 bilhões na compra de trens para CPTM sem pesquisar preços
Trensalão tucano: As pegadas recentes do cartel de Mário Covas, José Serra e Geraldo Alckmin
Trensalão tucano: Novos documentos da Alstom incriminam ainda mais Serra e Alckmin
Trensalão: Pessoas envolvidas no caso Alstom também aparecem entre correntistas do HSBC
Os melhores piores momentos de José Serra
Serra jogou no lixo quatro anos de obras antienchente
Adib Jatene: “FHC é um homem sem palavra e Serra, um homem sem princípios.”
Laudo da PF engavetado no governo FHC ligava Youssef à caixa de campanha de Serra e do próprio FHC
Trensalão tucano: Alstom tentou Quércia, mas fechou com PSDB
MP abrirá as cinco primeiras denúncias criminais no cartel do trensalão
José Serra gastou R$2 bilhões na compra de trens para CPTM sem pesquisar preços
Metrô/SP: A grande quadrilha
Trensalão tucano: Novos documentos da Alstom incriminam ainda mais Serra e Alckmin
Por onde andou o dinheiro do trensalão tucano
Trensalão tucano: Descoberta a conta secreta do propinoduto na Suíça
Trensalão tucano: Saiba o nome dos deputados paulistas que foram contra a CPI da Corrupção
Trensalão tucano: Entenda as denúncias contra o PSDB
Todos os homens do propinoduto tucano
Propinoduto tucano: Os cofres paulista foram lesados em mais de R$425 milhões
Propinoduto em São Paulo: O esquema tucano de corrupção saiu dos trilhos
MP investiga gestões de Serra e Kassab por desvio de R410 bilhões do IPTU
Após investigações, Haddad manda prender ex-funcionários da gestão Kassab/Serra
Há mais envolvidos no esquema de corrupção do governo Kassab/Serra, diz Haddad
Só depois da posse de Haddad, a Veja percebeu que a cidade de São Paulo está um lixo
Para atacar Haddad, “Estadão” usa foto da guerra do Congo para ilustrar matéria
Desespero: Cabo eleitoral de Serra, Soninha xinga Haddad de “filho da p…” e diz que odeia o povo
Serra, Gilmar, Demóstenes e Dantas: Operação Banqueiro revela as duas maiores fábricas de dossiês do Brasil
Em 2009, Serra foi alertado para a crise hídrica de 2015. E não fez nada

Uma resposta to “A conexão Serra-Matarazzo no caso do jornal anti-Haddad e no blog Implicante”

  1. bene nadal Says:

    FERNANDO HADAD! O MELHOR PREFEITO QUE SÃO PAULO JAMAIS TEVE ANTES!!!

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: