Auditor comprova verba de corrupção em campanha do tucano Beto Richa

Beto_Richa22_Propina

Via Brasil 247

O auditor Luiz Antônio Souza, que em acordo delação afirmou ter repassado R$2 milhões de propina à campanha de Beto Richa (PSDB), apresentou notas fiscais ao Ministério Público para comprovar uso de verba de corrupção no comitê tucano.

Nos documentos, ele diz que usou R$20 mil para comprar 70 unidades de compensados na Gmad Complond Suprimentos para Móveis.

Procurado, o PSDB/PR alega que a “a coordenação da campanha eleitoral do PSDB não encomendou o referido material, não autorizou e nem recebeu qualquer nota fiscal referente ao alegado serviço.”

Souza está preso desde janeiro sob acusação de enriquecimento ilícito e de exploração sexual de menores.

Ele também é acusado de participar de esquema de cobrança de propina de empresários para reduzir ou até anular dívidas tributárias.

Segundo seu advogado, Eduardo Duarte Ferreira, ele tem “mais duas ou três notas” comprovando outros pagamentos com a verba de corrupção no comitê do PSDB.

Leia aqui reportagem de Carlos Ohara sobre o assunto.

Beto_Richa20_Propina

Beto_Richa21_Propina

Leia também:
Massacre: Polícia do tucano Beto Richa deixa centenas de servidores públicos feridos no PR
Após mais de 200 feridos, Assembleia do PR aprova confisco de dinheiro dos servidores
O relato de um jornalista de Curitiba sobre a pancadaria policial de 29 de abril
“Beto Richa não tem mais condições de governar o Paraná.”
Desenhando: Protestos contra o PT × protestos contra o PSDB
O assaltante de banco Aloysio Nunes justifica massacre de Curitiba: PM cumpriu seu papel
Com saldo de mais de 200 servidores feridos, governo do Paraná culpa manifestantes
Paraná: “Ajuste fiscal” na porrada e na bala
A história dos PMs que se recusaram a bater nos professores era boa demais para ser verdade
Em vídeo, governo do Paraná comemora o massacre contra professores
Hei de vencer, mesmo sendo professor
Guilherme Boulos: A legitimidade da greve dos professores
Luciano Martins Costa: O “confronto” de Curitiba
O infame Beto Richa, o governador do Paraná
Paraná: Genealogia de um massacre
Após uma semana do massacre, Alep condecora Richa com título de “Governador dos Trabalhadores”
Após repercussão negativa, Alep cancela título de “Governador dos Trabalhadores” a Richa
Paraná: Cai o responsável pelo massacre de Richa
República do Paraná tenta cartada final
Bandeira de Mello: Beto Richa tem de responder pelo massacre; a sanção natural é seu impeachment
Beto Richa recebeu R$2 milhões em desvio da Receita, diz jornal

3 Respostas to “Auditor comprova verba de corrupção em campanha do tucano Beto Richa”

  1. bene nadal Says:

    Não duvido nada!

  2. Bene Nadal Says:

    O material é importante sim, mas… Que Judiciário vai julgar? Se o brasileiro funciona mais como um partido político de extrema direita do que como um judiciário? Se o Beto fosse um político do PT, ou mesmo de algum outro partido de esquerda, com certeza seria julgado e preso, mesmo sem provas, como no famigerado mensalão. E, em sendo político do PSDB, deita e rola na corrupção, e nada acontece, principalmente quando temos juízes e ministros, comprometidos com a política de extrema direita, com no Brasil.

  3. pintobasto Says:

    Se o Beto Richa fosse do PT, já tinham enforcado ele na meio da praça!

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: