Vídeo: Lula diz que “grande imprensa” tenta incriminá-lo, mas ele é bom de briga

Lula_1Maio02

Via Jornal GGN em 1º/5/2015

Em ato unificado do Dia do Trabalhador convocado por centrais sindicais e movimentos sociais no centro de São Paulo, na sexta-feira, dia 1º/5, o ex-presidente Lula (PT) reagiu às reportagens das revistas Época e Veja que tentam arrastá-lo para o centro da Operação Lava-Jato. Em tom espinhoso, Lula disse que é “bom de briga” e que não vai ficar acuado diante das “insinuações” que fazem com seu nome. Ele disse que, durante seu governo, ajudou a salvar muitos empresários da comunicação que estavam falindo, inclusive com recursos do BNDES, e nunca pediu nada em troca.

“Vejo nas revistas brasileiras, que são um lixo, as insinuações. Eles querem pegar o Lula, mas me chama para a briga que eu gosto”, afirmou para as milhares de pessoas presentes no Vale do Anhangabaú, segundo informações do Instituto Lula. “Quero dizer aqui, na frente das crianças: pega 10 jornalistas da Veja, da Época, e enfia um dentro do outro que não dá nem 10% da minha honestidade”, disparou o ex-presidente.

Lula ironizou a pressão que os veículos exercem para que os empresários citem seu nome nos depoimentos feitos às autoridades da Operação Lava-Jato. “Poderiam convocar um congresso de empresários e dar um prêmio para quem citar o meu nome. Quem sabe seria mais fácil resolver o problema. Porque eu vou dizer uma coisa: não tem um cara da elite brasileira que não tenha recebido favor ou que não tenha sido salvo pelo Estado brasileiro. Eu conheci muitos meios de comunicação falidos e ajudei porque a comunicação tem que ser forte. Quando diziam que o BNDES não poderia financiar prédio de editora, eu disse que podia. Que dono de jornal deveria ser tratado como qualquer empresário, sem ser obrigado a falar bem do governo, porque ninguém está pedindo isso.”

Lula_Veja_Lava_Jato01A fala de Lula aconteceu no mesmo dia em que a revista Época publicou uma reportagem sobre suspeitas do Ministério Público Federal de que ele teria praticado tráfico de influência internacional ao ajudar a Odebrecht – também citada na Lava-Jato – em contratos no exterior.

“Eu estou notando, todo santo dia, insinuações. Ah, lá na Operação Lava-Jato estão esperando que alguém cite o nome do Lula. Ah, estão tentando fazer com que os empresários citem o nome de Lula. Eu estou quietinho no meu lugar. […] Mas que cada um olhe para o seu rabo. Se alguém acha que eu cheguei onde cheguei, que fiz o que fiz por esse país e agora vou baixar a minha crista por conta de insinuações… Olha aqui, meus filhos, eu estou quietinho no meu lugar, mas não me chamem para a briga, porque eu sou bom de briga”, rebateu o petista.

Na semana passada, mais uma vez, a revista Veja mirou no empresário Léo Pinheiro, a OAS, para sugerir que Lula poderia ser arrastado para a Operação Lava-Jato caso o ex-presidente da empreiteira decidisse assinar um acordo de delação premiada com o Ministério Público. Dias depois, o Supremo Tribunal Federal concedeu uma série de habeas corpus aos executivos que estavam sob custódia da Polícia Federal de Curitiba, incluindo Pinheiro, o que reduziu as chances de cooperação.

Segundo Lula, as tentativas de incriminá-lo soam como uma provocação que ele tende a aceitar e responder em caravanas, conversando diretamente com a população. “Aos meus detratores: eu vou andar este país outra vez, e vou conversar com os desempregados, os camponeses, os empresários. Vou começar a desafiar aqueles que não se conformaram com o resultado da democracia”, acrescentou, segundo informações do G1.

Terceirização, redução da maioridade e governo Dilma
Lula voltou a criticar o Projeto de Lei 4.330, que permite a terceirização da atividade fim e a redução da maioridade penal. “Os terceirizados trabalham em média três horas a mais por semana e ganham menos”, disse. “Apoiar a maioridade penal para jovens no Brasil é crime. Não podemos punir juventude se jovens não tiveram oportunidade de estudar”, falou, em outro momento.

O ex-presidente também fez uma defesa do governo Dilma Rousseff, pedindo “paciência” à militância. “Temos que ter paciência com a Dilma como temos com a mãe da gente. Na hora da dificuldade devemos dar a mão a Dilma. Não tenho dúvidas que daqui a quatro anos vamos comemorar o êxito do mandato da Dilma”, afirmou, segundo relatos do Estadão. “Se tentarem mexer com a Dilma vão mexer com milhões de brasileiros”, finalizou.

Leia também:
1º de Maio: Com pronunciamento de Dilma pela internet, governo federal economiza mais de R$90 mil
Mensagens da presidenta Dilma no 1º de Maio
Dilma desprezou o velho modelo da tevê para chegar à Nação. E chegou!

2 Respostas to “Vídeo: Lula diz que “grande imprensa” tenta incriminá-lo, mas ele é bom de briga”

  1. Dayse Silva Says:

    O ato de divulgar notícias é ato que requer alta responsabilidade e respeito com os leitores, com a sociedade, enfim.
    Sem isto não há imprensa.

  2. Jose Ferreira (@LiderCalux) Says:

    Estamos no momento agudo das denuncias de irregularidades cometidas pelos políticos e empresários corruptores e corrompidos no Brasil, desda descoberta, não tivemos em nenhuma possibilidade da população ter ciência de nomes do “ladrões do patrimônio da queles/as que trabalham e pagam os autos impostos que temos”. A aproximadamente dois anos o Governo Federal liberou através de leis a policia Federal para investigar quem quer que fosse o suspeito, e resultou em uma privada sem descarga a céu aberto aberta, com isso resultou na descoberta de nomes protegidos pela justiça envolvidos na roubalheira ai presente, desde o mais auto escalão da justiça se sentiram incomodados, e o mais grave, a imprensa está literalmente comprometida com os nomes que ela se sentiu na obrigação de proteger. Na atual situação eles não tem muito por onde correr, está ficando cada vez mais difícil denunciar e julgar inocentes para que possam postergar os seus que estão denunciados. Já esgotou o que tinham para condenar no PT; e agora? vão ou não, julgar os paladinos da moralidades…Não conseguiram o afastamento da Presidenta Dilma Rousseff, não vão conseguir encontrar culpa no LULA, acorda MORO! #NãoFicaraPedraSobrePedra

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: