Obama continua espionando Dilma. Pode isso?

Dilma_EUA07

Apesar do breve afastamento diplomático do Brasil após as primeiras denúncias de espionagem por parte dos Estados Unidos, o governo norte-americano seguiu e segue espionando Dilma Rousseff.

Líderes de Brasil e México “aparentemente” continuam sendo espionados pela Agência de Segurança Nacional, afirma o New York Times. Ângela Merkel foi retirada da lista.

Via Deutsche Welle e lido na CartaCapital

Os programas de espionagem da Agência de Segurança Nacional (NSA) dos Estados Unidos no Brasil e no México “aparentemente” continuam, segundo reportagem publicada pelo jornal The New York Times na terça-feira, dia 3/2. A publicação informa que, no entanto, nomes – entre eles a chanceler alemã, Ângela Merkel – foram removidos da lista de líderes estrangeiros cujas conversas são monitoradas pela agência.

A referência ao Brasil está numa reportagem sobre as novas regras para a coleta de dados pelos serviços de inteligência, a serem divulgadas pelo governo do presidente Barack Obama na próxima terça-feira. As regras devem institucionalizar uma revisão periódica do monitoramento de líderes estrangeiros feito pela NSA. A revisão ficará a cargo da Casa Branca.

Segundo o jornal, até as revelações do ex-analista Edward Snowden não havia uma avaliação contínua, por parte da Casa Branca, para verificar se o monitoramento vale a pena diante do constrangimento que uma possível revelação pode causar.

“Temos agora um processo, executado pelo Conselho Nacional de Segurança”, afirmou um funcionário da administração Obama ao jornal. Mas os resultados desse processo, em especial os nomes de líderes que a Casa Branca planeja continuar monitorando, continuarão secretos.

4 Respostas to “Obama continua espionando Dilma. Pode isso?”

  1. Marcos Pinto Basto Says:

    Os yankees resolveram ser os xerifes do mundo, mas esqueceram que um xerife para ser respeitado tem que respeitar os cidadãos e eles respeitam muito os cidadãos do mundo distribuindo bombas na cabeça de gente inocente, intrometendo-se na vida interna das nações onde semeiam intrigas para derrubar governos e mil uma manobra de modo a conseguir o que lhes interessa. Só querem vantagens. No Brasil têm vasta rede de espionagem montada da qual fazem parte grande número de traidores brasileiros. D.dilma já deveria ter organizado um serviço secreto nos moldes da CIA para fazer frente a tanta espionagem.

  2. N Gomes Says:

    Os serviços secretos americanos são os verdadeiros inimigos dos USA. Com suas políticas conspiracionistas, golpistas, inttervencionistas e imperiais incentivam e alimentam o surgimento de grupos e estados terroristas. Vejam o caso da Al Qaeda, criada pelos “mujahedin”, braço militar dos americanos no Afeganistão para combater os russos… e o Estado Islâmico… criado após o banho de sangue que Bush promoveu no Iraque. Não será diferente na Ucrânia, onde a semeadura do terror já está sendo jogada….

  3. Dayse Silva Says:

    É simplesmente absurdo, que um País possa se auto-atribuir papel de polícia do mundo sobre outros Países, tão livres quanto ele e que têm uma organização política, econômico e social contida em sua Carta Constitucional, outorgada democraticamente pelo seu próprio Povo, neste caso,o Povo Brasileiro.
    Eu esperava muito muito mais do governo Obama.
    É lamentável.

  4. pintobasto Says:

    D.Dilma necessita de assessor militar com vastos conhecimentos da geo-política mundial e atuação de serviços secretos. Não lhe ficaria mal se adquirisse da Rússia o sofisticado sistema de segurança anti-aérea que fabricam!

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: