Mauro Santayana: O megaespeculador George Soros e a “falida” Petrobras

George_Soros01

Mauro Santayana

Enquanto, no Brasil, aplicadores correm da Petrobras, grandes investidores estrangeiros, confiantes em fatos como a inauguração da Refinaria Abreu e Lima, com capacidade para processar 230 mil barris de combustíveis e derivados por dia, já no primeiro trimestre de 2015, e a constante expansão da produção do pré-sal, estão aproveitando os baixos preços das ações da empresa, para fazer compras maciças que poderão lhes render bilhões de dólares em ganhos no futuro.

George Soros, um dos homens mais ricos do mundo, aumentou em 84% a compra de ações da Petrobras, de junho para cá. Será que ele, com uma fortuna pessoal de mais de US$24 bilhões, está errado ao apostar na Petrobras?

Na época da campanha para a última eleição, espertos fizeram fortunas, da noite para o dia, “jogando” com o sobe e desce das bolsas, ao ritmo da divulgação das pesquisas e das notícias dos jornais, enquanto incautos se desfaziam de ações de primeira linha, deixando de usar a cabeça, para se deixar influenciar pelo comportamento de “manada” e pela desinformação.

Ao contrário do que muita gente acha, a campanha contra a Petrobras que está em curso – que não pode ser confundida com as investigações de corrupção na empresa – não vai quebrar a maior companhia brasileira nem tirar o atual governo do poder.

Ela irá, apenas, aumentar a participação de estrangeiros na Petrobras, aproveitando a queda de preço das ações, já que eles não se deixam contaminar pelo “clima” reinante em alguns segmentos da opinião pública.

Como exemplo dessa contradição entre alguns investidores brasileiros e estrangeiros do ponto de vista da confiança no Brasil, vale lembrar a recente decisão da Jaguar e da Land Rover de instalar suas primeiras fábricas fora da Inglaterra por aqui; ou a da Nestlé Mundial de construir sua primeira indústria de cápsulas de café das Américas em Montes Claros, Minas Gerais.

Se as perspectivas no mercado brasileiro estão tão ruins, por que não foram para a Colômbia, por exemplo, que oficialmente está crescendo muito mais neste ano e é membro do conhecido “factoide” Aliança do Pacífico?

Por falar em Aliança do Pacífico, nos oito primeiros meses deste ano, segundo a Cepal, o Investimento Estrangeiro Direto caiu em 18%, no México, para pouco mais de US$9 bilhões, enquanto aumentou 8%, para quase US$50 bilhões, no Brasil.

Pesquisa divulgada recentemente pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan) mostra que 47% dos empresários entrevistados vão manter seus investimentos em 2015, e que outros 41% pretendem aumentá-los no ano que vem.

6 Respostas to “Mauro Santayana: O megaespeculador George Soros e a “falida” Petrobras”

  1. pintobasto Says:

    João F.O. Rodrigues, temos a mesma opinião que todos os brasileiros patriotas pisando firme em nossa terra sagrada.

  2. Rodolfo Villanova Says:

    Já vi um filme bem parecido com esse, aquele chamado Bolha do Alicate, só que no sentido inverso, o de inflar artificialmente a cotação das ações da empresa durante os pregões.
    http://exame.abril.com.br/revista-exame/edicoes/1039/noticias/o-crime-compensou

  3. João Fernando de Oliveira Rodrigues Says:

    É INADMISSIVEL VER,OUVIR E ATÉ TESTEMUNHAR SE POSSÍVEL FOR,PESSOAS, SERES HUMANOS SEREM CONTRA SÍ MESMO, CONTRA SUA PRÓPRIA (CASA),NAÇÃO,PAÍS. ATÉ ONDE VAI ESSE ÓDIO VULGAR;PROSTITUTO E NOGENTO POR ESSES QUE QUEREM TUDO PARA SÍ E NÃO QUEREM OU NÃO SABEM REPARTIR OS BENS COM SEUS SEMELHANTES. PURO EGOÍSMO MACABRO. SERTAMENTE TERÃO UM FIM MARAVILHOSO. QUE DEUS OS CONVERTA EM SERES HUMANOS A SUA IMAGEM E SEMELHANÇA.. JOÃO FERNANDO DE OLIVEIRA RODRIGUES

  4. pintobasto Says:

    António da Cruz, é isso mesmo que temos a fazer! Comprar ações da Petrobras nas mãos de estrangeiros e brasileiros traidores!

  5. Antonio Cruz Says:

    Vamos sim, comprar ações da PETROBRAS. Esta na hora de o povo dizer aos megafofoqueiros, frustrados do terceiro turno, e ressentidos do passado que a Petrobras vai fiar mais forte no momento certo que os derrotados, perseguidos pela paranoica depressao, resoolverem colocar suas ultimas açoes no mercado. Nessa hora, o povo sairá para comprar o que for possível com seus trocados que restaram na conta apos o Natal. Vamos apreciar o maior fenomeno de brasilidade depois da campanha o Petroleo é Nosso!
    Antonio Cruz, Salvador, Bahia

  6. José Jésus Gomesde Araújo Says:

    É o caso de perguntar: que está por trás dessa campanha contra a Petrobrás e da queda das ações? E da campanha dos jornais? E o governo? Não se pôs a comprar o maior número possível de ações, para aumentar a participação do Estado? Seria lamentável se não o fizesse. Teme as críticas e censuras da oposição por investir em uma empresa quebrada?

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: