Cerca de 35% dos norte-americanos sobrevivem à base do vale-alimentação

EUA_Vale_Alimentacao01

Segundo a Feeding America, o fim do subsídio ao vale-alimentação afetará, principalmente, a população infantil.

Os números oficiais do governo norte-americano mostram também que pelo menos 49,5% da população dos EUA recebeu algum tipo de subsídio para sobreviver até 2012. Alguns desses subsídios retirados pelo Congresso em 2013.

Via Telesur

Na semana passada, foi divulgado nos EUA um estudo revelando que, até 2012, 34,5% da população norte-americana recebeu o vale-alimentação do governo para poder sobreviver. De acordo com a estatística, pelo menos, 109,6 milhões de pessoas foram beneficiados com esse programa.

Por outro lado, o número de pessoas que receberam alguma ajuda de programas sociais do governo norte-americano – incluindo os subsídios aos desempregados e aos veteranos de guerra – totalizou 154 milhões, o que equivale a 49,5% da população.

Estes planos, que são oferecidos aos setores menos favorecidos da sociedade – hispânicos e afro-americanos em sua maioria –, foram afetados significativamente em 2013 quando os republicanos bloquearam no Congresso o vale-alimentação que viria da Lei Agrícola. Segundo estimativas da organização Feeding America, a medida coloca em condição de insegurança alimentar cerca de 17 milhões de crianças.

3 Respostas to “Cerca de 35% dos norte-americanos sobrevivem à base do vale-alimentação”

  1. Sebastian Fernando Says:

    49,5% da população dos norte-americanos o número de pessoas que receberam alguma ajuda de programas sociais do governo norte-americano – incluindo os subsídios aos desempregados e aos veteranos de guerra , e aqui ainda falam mal da bolsa família que é uma parte mínima da população brasileira , nos acampamentos de desabrigado nos EUA tem gente comendo ate rato para sobreviver , primeiro mundo !!! o sonho americano nunca existiu ou já acabou a muito tempo

  2. Sebastian Fernando Says:

    49,5% da população dos norte-americanos o número de pessoas que receberam alguma ajuda de programas sociais do governo norte-americano – incluindo os subsídios aos desempregados e aos veteranos de guerra , e aqui ainda falam mal da bolsa família que é uma parte mínima da população brasileira , não acampamentos de desabrigado nos EUA tem gente comendo ate rato para sobreviver , primeiro mundo !!! o sonho americano nunca existiu ou já acabou a muito tempo

  3. RLocatelli Digital Says:

    Se o mundo continuar sob capitalismo, as nações “ricas” não serão diferentes, em grau de pobreza, das nações emergentes.

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: