Pimenta é só para os olhos dos outros

Pimenta_Veiga09_Aecio

Corruptos: Pimenta foi escolhido a dedo por Aécio.

O candidato do PSDB ao Governo de Minas, Pimenta da Veiga, escolhido a dedo por Aécio Neves, foi indiciado pela Polícia Federal por lavagem de dinheiro.

Saul Leblon, via Carta Maior

Antes tarde do que nunca, a Polícia Federal indiciou o tucano Pimenta da Veiga por envolvimento no mensalão tucano. Pimenta é, ou era, o candidato oficial do PSDB ao Governo de Minas Gerais – escolhido a dedo por Aécio Neves.

Pimenta foi ministro das Comunicações de FHC. Seu nome está nos anais da privataria tucana. Está também no caderninho da Polícia Federal, e já faz muito, muito tempo. Pimenta é acusado do crime de lavagem de dinheiro.

A imprensa amiga, de bico longo e grossa plumagem, não o chama de mensaleiro – isso não se faz com os amigos. Tampouco traduz lavagem de dinheiro por “corrupção” – não existe pecado no reino dos privatistas, apenas negócios.

Essa imprensa que presta bons serviços a Pimenta, a Aécio e seu partido “informa” que o candidato tucano é “suspeito” de receber R$300 mil das agências de publicidade de Marcos Valério. Quanta condescendência. Suspeito? Pimenta embolsou R$300 mil. Nem mesmo ele nega que tenha agasalhado a bufunfa.

Pimenta reconhece ter recebido tal valor e defende que mereceu, por tudo que fez às empresas de Marcos Valério, a quem prestava serviços advocatícios. O último advogado que alegou prestar serviços a empresas de Marcos Valério, Rogério Tolentino, foi condenado e já cumpre pena.

Se a defesa de Pimenta se resume a dizer que prestava serviços a Marcos Valério, não é preciso dizer mais nada. Sabedores que somos de qual era o negócio de Marcos Valério, se alguém assume que prestava serviços em prol de seus negócios, o que a Justiça está esperando pra tomar providências? Por que a Polícia Federal esperou mais de uma década para fazer o indiciamento?

Graças à demora, Pimenta está próximo de completar a idade de ouro, os 70 anos. Nessa fase, qualquer um passa a gozar do benefício da idade da inocência.

Aécio Neves, ao invés de agradecer a demora, reagiu indignado. Defendeu aquele que, ontem, era seu cabo eleitoral de luxo; hoje, é seu fardo, sua mala sem alça.

Aécio queria a ajuda de Pimenta para, juntos, de mãos dadas, garantirem, em outubro, alguns milhões a mais em Minas. Milhões de votos, bem entendido.

Inconformado com o tropeço, o presidenciável tucano pergunta por que a denúncia foi ressuscitada justo depois de Pimenta ter sido escolhido candidato.

Não ficou bem claro qual é o problema. A indignação é com a acusação ou com o fato de que, agora, Aécio já não sabe o que fazer com aquele que cuidaria de seu quintal? Como explicar que sua ajuda não é mais bem-vinda?

O filme que roda na bobina é previsível. O outrora ministro, transformado em candidato, agora é indiciado. Mais algumas voltas do rolo e será réu.

Alguém provavelmente avisará a Pimenta da Veiga que o gato subiu no telhado. Alguém, forçosamente, sugerirá que saia de fininho, para não atrapalhar o presidenciável, assim como se fez com Eduardo Azeredo, que, ao renunciar ao mandato, fugiu do STF e vê seu processo transferido para as calendas gregas.

Pimenta, assim como Eduardo Azeredo, esbarrou em Marcos Valério e caiu na teia de denúncias daquele mensalão. Pimenta é provavelmente tão inocente quanto Azeredo em sua relação altruísta com Marcos Valério.

Para a sorte de ambos, o cordão dos tucanos mineiros engarranchados com Valério é desfiado lentamente, a passos de tartaruga. Pimenta, mesmo, só nos olhos dos outros.

***

Leia também:

Corrupção tucana: Coordenador de campanha de Aécio e candidato em Minas é alvo da PF

Aécio e Eduardo Campos: Passa-se o ponto

O dedinho de FHC, o porto de Cuba e as hidrelétricas do Aécio

Aécio Neves ataca tentativa governista de incluir caso Alstom em CPI da Petrobras

Rogério Correia: Cegueira seletiva no caso da Lista de Furnas

14 de março: A sexta-feira que Aécio Neves quer esquecer

Para Aécio, alguma dessas denúncias contra a Dilma e o PT devem colar

Aécio e Eduardo: “Dois em um” empacam na mesmice

A Editora Abril traiu Aécio?

Aécio Neves sabia que seu conselheiro estava envolvido no mensalão tucano

Vamos conversar, Aécio? Problema que deflagrou o apagão em várias regiões do país foi na Cemig

Jornalista preso diz que oferta de delação premiada buscava comprometer políticos do PT em Minas

Minas Gerais: O abominável homem dos Neves, a censura e a guerrilha nas redes sociais

O Brasil de várias justiças – e injustiças

Advogados tentam liberar jornalista que divulgou Lista de Furnas

Na terra do Aécio, jornalista que fala a verdade vai para a cadeia

Aécio Neves é flagrado completamente bêbado

“Com essa imagem de pé de cana e de farinheiro?”

Aécio Neves, os 10 anos de fracasso de Minas Gerais e a porrada de Lindebergh Farias

Caso Aécio: É constitucional contratar empresa da família?

“Se Gurgel não abrir inquérito contra Aécio, está prevaricando”, afirma deputado

Tucanagem: Aécio Neves e o nióbio de Araxá

Povo brasileiro paga aluguel e condomínio de escritório de Aécio em BH

MPF: Aécio utilizou recursos ilegais também na campanha para senador

E aí Aécio? CVM investiga sumiço de R$3,5 bilhões no balanço da Copasa

Ocultação de patrimônio: “Laranja” complica Aécio Neves e sua irmã Andréa

Áecio Neves é denunciado por ocultar patrimônio e sonegar imposto

Aécio Neves fala muito, mas a realidade é outra

Dois anos depois de criado, PSDB Sindical de Aécio não decola

Aécio tem 110 razões para ter cautela com o “mensalão”

Rogério Correia: “Valério operou ao mesmo tempo para o Aécio e o PT”

A matéria que motivou a nota do PSDB mineiro

Lista de Furnas: O caso de corrupção que a mídia esconde

Por que o mensalão tucano, a Lista de Furnas e os processos contra Aécio no STF não andam?

Lista de Furnas é esquema comprovado e repleto de provas na Justiça

Tatto defende CPI da Privataria e cobra explicações de FHC sobre Lista de Furnas

Se quiser, Joaquim Barbosa já pode avocar o processo da Lista de Furnas

Lista de Furnas: Deputados do PSDB são acusados de pressionar lobista preso

Lista de Furnas: Amaury Ribeiro já tem documentos para o livro A Privataria Tucana 2

Advogado acusa réu do mensalão tucano de ser mandante da morte de modelo

Perseguido por Aécio e com medo de ser assassinado, delator do mensalão tucano está em presídio de segurança máxima

TJ/MG: Processo que incrimina governantes mineiros desaparece

Serristas abandonam Aécio. Deu chabu?

Aécio Neves e seus fakes na internet

Aécio Neves ama a Petrobrax

Aécio Neves vai para a UTI?

Tucanou o golpe: Aécio Neves chama ditadura de “revolução”. Pode isso, Arnaldo?

Aécio, o tucanato e o mundo em que vivem

Aécio Neves usa mais verba para ir ao Rio do que a BH

Ágil com ministros, há 6 meses Roberto Gurgel analisa denúncia contra Aécio

Eduardo Campos e Aécio acionam Gilmar Mendes para “fechar” o Congresso

A louca cavalgada de Aécio

Deputado denuncia conluio entre Ministério Público e o senador Aécio

Recordar é viver: Como votou Aécio na cassação de Demóstenes Torres

Aécio Neves, o “menino” do Rio

Tags: ,

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: